"Sim está tudo bem e contigo pai?" disse esperando que a voz dele vinda do telemóvel.

"Também filha, tens te dado bem com o Zayn?" sim pai otimamente! Conhecemo-nos a dois dias e já somos os melhores amigos sabias!!!


"tirando o facto que ele é a pessoa mais mal humorada e autoritária do mundo, sim, temo-nos dado lindamente" disse e o meu pai deu uma gargalhada rouca.


"Depois resolvemos isso. Mas eu liguei-te por outro motivo. Eu afinal vou voltar hoje para casa. Eu sei que ainda é terça-feira e eu só ia voltar no fim-de-semana mas houveram uns problemas.... E vou ter de ir ai por uns dias"


"Oh, que bom então" Tentei forçar a minha voz para parecer feliz. Não sei se ei de ficar contente ou não. Por um lado o meu pai vai voltar a casa, isso é ótimo. Por outro apenas vai voltar porque houveram 'problemas'. "A.... E a que horas chegas?


"Eu já cheguei filha, estou só a espera que o meu motorista chegue, mas eu primeiro ainda vou á imprensa, mas chego a hora de jantar." O meu pai disse eu desviei o meu telemóvel da orelha e vi as horas. Já são 19:27.


"Mas já são quase 19:30. E eu tinha convidado o Niall para vir jantar comigo. Á algum problema?"


"Claro que não filha, sabes que eu gosto muito de ter o Niall ai em casa. Então fazemos assim o Zayn deve estar prestes a passar por ai para ir buscar umas coisas ao meu escritório para me vir trazer a imprensa, mas eu vou tentar estar ai o mais tardar 20:30 sim?"


"Okay pai até logo beijos."


"Adeus filha. Adoro-te." O meu pai disse e eu desliguei.

Wooow quando o Zayn disse que o meu pai não o tinha contratado a toa não estava a brincar. O meu pai odeia. Odeia, que entrem no escritório dele cá em casa e mecham nas coisas dele. Até quando eu uma vez lá entrei em pequena e me meti a desenhar numas folhas lembro-me de ele quase gritar comigo. E para deixar o Zayn lá ir buscar o que quer que fosse, é porque confia mesmo muito nele.

Continuei o que estava a fazer e acabei de esticar o meu cabelo fazendo uns caracóis nas pontas. Acabei de colocar a minha maquilhagem e ajeitei o meu vestido. Ele era preto justo, e dava-me mais ou menos pelo meio das coxas. Não era muito decotado mas tinha um corte nas costas. Estava curiosa para saber a que sitio é que o Niall me iria levar a passear depois do jantar. Por falar no jantar, como sempre, vou ter que ir avisar a Marihana que o meu pai também janta porque aposto tudo, que o meu pai se esqueceu de a avisar.                                                                                                    

Sai do quarto e desci as escadas não me preocupando com o facto de estar descalça, porque também não fazia intenção de ir já calçar os saltos. Passei pela cozinha avisando a Marihana que o meu pai ia jantar e quando ia voltar para o meu quarto, o som da campainha fez-se ouvir.


"Eu vou!" Gritei para que a Marihana não tivesse de vir. Devia ser o Niall. Espreitei em bicos de pés belo buraquinho da grande porta e uma figura morena apareceu-me á frente. Zayn.

Abri a porta e a sua figura fez-se aparecer.

"Isso tudo para me vires abrir a porta?" ele disse olhando-me de cima abaixo dando um sorriso irónico. Eu limitei-me a revirar os olhos e ele entrou. "Eu vim cá bus-"


"Sim o meu pai já me avisou." Eu disse interrompendo-o fechando a porta. "O escritório fica no-"


"Eu conheço os cantos a casa." Ele disse interrompendo-me de igual forma. Como assim ele conhece os cantos a casa? Antes que eu lhe pudesse esclarecer a minha pergunta a campainha voltou a tocar.

Fire || Z.MLeia esta história GRATUITAMENTE!