"Desculpa, desculpa" ele murmura emoldurando o meu rosto e consigo ver os seus olhos radiados de vermelho

"Zayn o que é que se-" tento mas ele cola a sua testa à minha interrompendo-me

"Eu preciso que me perdoes" oiço vozes e gritos lá em baixo

O meu coração palpita a uma velocidade nunca antes atingida e sinto-me perder o chão quando vejo um homem no topo das escadas.

"Largue-a Zayn!" o homem estica um arma na sua direção e eu sinto tudo em mim desfazer-se

"Não!" grito e vejo agua escorrer dos olhos do Zayn

"Zayn o que é que se passa"? agarro em ambos os lados da sua face mas ele continua de olhos fechados

"Não têm saída Zayn! Está cercado" dois homens aparecem ao lado do senhor que falara

"Zayn..." murmuro e sinto um tiro no meu peito quando ele abra os olhos

"Desculpa" ele sussurra e sinto o seu corpo afastar-se de mim

"Não!" agarro o seu pulso puxando-o contra mim

"Menina é melhor não complicar as coisas-" o homem fala mas eu expludo

"Não Zayn!" sinto-me ser afastada por dois braços nos meus ombros

"Eu amo-te" consigo ler nos labios do Zayn no exato momento em que ele se vira e estende os pulsos

"Zayn não! Ele não fez nada!" grito sentindo-me perder todas as minhas forças mas algo não me deixa avançar

"Stefan larga-me!" tento espernear-me mas imediatamente vejo o corpo do Harry correr na minha direção

"Parem! Larguem-me!" a minha visão fica confusa pelo peso da agua e dos dois corpos a agarrarem-me e por mais que tente não consigo ver o Zayn

"Parem!" grito e esperneei-o com tudo aquilo que consigo mas sinto-me ser puxada para trás

Por mais força que faça sinto-me inutil e desesperada por não conseguir sair dali.

Estou cega de qualquer coisa e neste momento quero bater e afastar quem me estiver a agarrar.

O meu coração parece puxar tudo de mim em cada batida e um buraco gigante toda conta de todo o meu peito.

"Zayn!" grito mais uma vez e a única coisa que vejo são as suas costas e os seus pulsos algemados

Não. Não. Não. Isto não pode estar a acontecer.

"Larguem-me" grito desesperadamente e sinto os braços do Stefan e do Harry em mim

"Zayn não!" grito deixando o meu corpo cair no chão e ultima imagem que consigo guardar para mim é da pequena Marihana no topo das escadas

Ela chora enquanto olha para mim. Mas ela não me ajuda.

Ela não solta os braços dos dois rapazes a agarrar-me.

Ninguém o faz.

"Por favor larguem-me" choro de forma desesperada e sinto lagrimas e soluços queimarem o meu corpo


***

Remexo-me na cama mais uma vês e sinto todo o meu corpo dormente.

As imagens, o som, o toque do Zayn e os seus olhos estão na minha mente por dias.

Doí-me a cabeça, sinto os olhos inchados e não há nada que faça a dor que sinto no peito diminuir por segundos.

Rodo de novo na minha cama e enrolo-me sobre a sweat dele que tenho vestido. Inspiro o seu cheiro e imagino que ele está ali. Ao meu lado. Apertar-me contra si enquanto a minha cabeça descansa no seu peito e me deixa sentir o vibrato do seu coração quando se ri.

Fire || Z.MLeia esta história GRATUITAMENTE!