O Zayn destranca a porta de casa e dá-me espaço para eu entrar.

É estranho como em tão poucos dias tenho estado tanto tempo nesta casa.

"Vou por as tuas malas no meu quarto" ele avisa enquanto sobe as escadas de dois em dois.

A casa dele está sempre incrivelmente arrumada. Olho em volta tentando procurar algum coisa de diferente mas a única coisa que encontro é uma das portas de vidro escuro abertas.

É a porta para o jardim. Acho que nunca lá fui.

Oiço o barulho de uma porta a fechar e em segundos o Zayn aparece no topo das escadas.

"Aquela porta vai dar o jardim?" aponto

"Yap" ele responde mas continua no topo das escadas

"Anda cá a cima, quero que vejas uma coisa" ele pede e o meu coração palpita

Os meus ténis fazem barulho pelo soalho de madeira e a minha ansiedade faz-me crer correr mas controlo-me.

Subo as escadas numa pequena corrida e assim que chego ao inicio do corredor limito-me a seguir o Zayn.

Penso que ele me vai mostrar alguma coisa no seu quarto mas o meu coração acelera ainda mais quando passamos tanto a porta do quarto dele como a porta do quarto de hospedes onde eu tinha ficado da ultima vez.

"Entra" ele abre a segunda porta a contar do fim do corredor e eu entro

Os meus olhos percorrem todo o espaço e sinto um grande ponto de interrogação na minha cara.

As paredes são todas brancas expecto a parede onde a grande cama esta encostada que têm um tom coral. À uma secretário igualmente coral e branca de um dos lados e do outro um enorme roupeiro. Fotos e quadros enchem as paredes juntamente com algumas estantes e um pequeno sofá no canto.

"Que quarto é este" pergunto virando-me de novo para o Zayn e vejo-o encostado à ombreira da porta com os braços cruzados ao peito

"É o quarto de uma das minhas irmãs. Mas não era isto que queria que visses" ele anda até ao roupeiro e faz deslizar ambas as portas

"Quero que escolhes um e o vistas" ele faz sinal, ao que eu me aproximo

Os meus olhos encaram o roupeiro e imensos vestidos enchem o espaço quase todo.

"Para que é que queres que eu vista um?" pergunto

"Porque vou levar-te a um sitio" ele avisa

"Onde?" a minha ansiedade antecipa-se

"Vamos jantar" ele é breve

"Podias-me ter avisado eu tinha trazido qualquer coisa quando fomos a minha casa"

"Mas ias ficar a pensar nisso o resto da tarde e eu queria que fosse surpresa" ele aproxima-se de mim mas não me toca

"É melhor não Zayn, a tua irmã pode não gostar que eu mexa nas coisas de-"

"Ela não se importa" ele corta-me e aproxima-se ainda mais de mim

"Zayn tu devias ter-me-"

"Eu queria que fosse surpresa" ele soa como uma pequena criança inocente

"Eu nem trouxe maquilhagem nem nada" manifesto-me e ele sorri

"Não precisas" ele beija os meus lábios

O beijo começa por ser um simples toque de lábios mas ele intensifica-o. Os seus braços enlaçam a minha cintura e ele cola os nossos corpos enquanto cria uma dança lenta com os nossos lábios. Concedo-lhe espaço na minha boca e logo uma guerra se cria entre as nossas línguas.

As suas mãos descem para o meu rabo num toque lento e gemo contra a sua boca assim que sinto um apalpão forte. Enrolo os meus braços no seu pescoço enquanto acaricio o seu cabelo e segundos depois afastamo-nos em busca de ar.

As nossas caras estão a centímetros e consigo sentir a sua respiração misturada com a minha. Os nossos olhos encaram-se fixamente e nenhum de nós se mexe enquanto eu apenas espero que ele fale.

Mas ele não o faz. O castanho avelã que cobre os seus olhos passa agora a ser a minha cor preferida e o facto de ele ter sempre a barba perfeitamente meio feita e usar brincos mais vezes que eu intriga-me. Ele é tão lindo que chego a perguntar-me se é mesmo real.

"És tão linda" o meu coração cai com o sussurro do Zayn

As minhas bochechas coram violentamente e sinto o meu estomago às voltas.

Eu não sou linda. Os meus olhos são um verde pálido, o meu cabelo é uma confusão castanha e eu não uso maquilhagem nem qualquer tipo de produtos por isso a minha pele não é de todo perfeita. O Zayn sim é lindo, ele têm uma beleza natural, o seu cabelo sempre perfeitamente arrumado a barba meio desfeita e forma como os dentes dele ficam perfeitamente alinhados quando ele ri e os seus olhos fecham criando pequenas rugas.

Meu deus ele é perfeito de mais para estar aqui comigo.

"Estás a habituar-me mal" sussurro e ele levanta uma das suas sobrancelhas mantendo os seus braços na minha cintura

"Almoçamos fora, vamos jantar fora"

"Eu preciso de te compensar" ele responde e desta vez sou eu a levantar umas das minhas sobrancelhas

"Compensar?" pergunto e ele fica mais sério

"Sim. Eu tenho sido um merdas para ti o tempo todo. E eu quero que tu acredites naquilo que eu digo, e não quero que penses que sou um Zayn diferente dentro e fora do quarto. Eu sei que hoje agi mal contigo, e tenho que me controlar e ser menos impulsivo. Mas o Harry apanhou-me desprevenido e saber que vocês foram namorados ou o que quer que seja-" ele atrapalha-se e acaba por deixar sair um suspiro mas eu não o interrompo

"Desculpa não conseguir ser aquilo que mereces" ele finaliza e cola a sua testa à minha

"Tu és" eu asseguro e ele beija-me.

beija-me com intensidade e paixão e faz-me sentir tudo e nada.

Ele é tudo o que eu poderia crer. Sim ele pode ter um feitio complicado mas quem não têm?

Sim ele é impulsivo, reservado, teimoso, controlador, mas ele têm tantas coisas boas escondidas dentro daquela capa fria que ele veste. Ele é carinhoso, generoso, inteligente, determinado, protetor, amável, bondoso e tantas outras coisas que eu sinto que tenho que descobrir.

Ele faz-me sentir tão viva e tão feliz. Se ele puxa por mim? Sim ele leva-me aos limites. Se ele trás ao cimo o pior de mim? Sim ele trás.

Mas ele também trás o melhor de mim, e estes tempos têm sido difíceis sim, mas o Zayn consegue fazer-me deixar o mundo e todos os problemas para apenas pensar nele.

E meu deus como isto parece louco.Os seus lábios largam os meus e as nossas respirações estão ofegantes de novo.

"Eu sei que esta pergunta vai parecer estúpida" os seus olhos fogem dos meus "

"Tu ainda gostas do Harry?" a sua voz faz eco na minha cabeça 


-------------------------------------------------------------------------------------

Olaaaaaa amores

Desculpem não ter posto nota ontem mas eu preferi esperar mais um dia e juntar as notas, e eu sei que este capitulo é um bocadinho mais pequeno que o costume mas tinha mesmo de acabar aqui, por isso em principio amanha coloco outro :D

Bem o que eu queria ter dito na ultima nota de autora era basicamente agradecer todo o apoio que vocês me deram durante aquela semana que eu não postei por causa dos dentes do siso, eu pensava que conseguia ter vindo ao computador mas essa semana foi horrível eu mal conseguia olhar para a televisão quanto mais sentar-me à frente do computador e escrever, mas quero agradecer a todas as mensagens que me mandaram a perguntar se eu estava melhor e como é que me sentia, a serio muito obrigada mesmo, mas felizmente já faz hoje uma semana que fui tirar os pontos por isso já está tudo bem YEEEEYYYYY

Quanto ao capitulo espero que tenham gostado apesar de ter sido um pouco mais pequeno que o normal, mas quero expectativas para esta noite, vá lá gente quero saber como é que vocês acham que vai correr!

E por hoje é tudo como já vos disse vou tentar voltar amanhã, já sabem deixem as vossas opiniões, votem, comentem e visitem o twitter da Fire @fire_malik, e ultilizem as hashtag #selêsfire (meu deus vocês têm sido fantásticas no twitter!) 

Ly Malikiss ♥


Fire || Z.MLeia esta história GRATUITAMENTE!