P.O.V Zayn 


"Já estás despachado?" a voz faz-se ouvir do outro lado

"Não vou conseguir estar ai antes das 9:30" tento falar o mais baixo possível, não quero que ela acorde


"Zayn eu às 10 quero-te de aqui ouviste? É o máximo que eu consigo atrasar, e ai de ti que não apareças" ele sobe o tom


"O teu irmão também vai?" ignoro-o

Por favor, o Harry têm que vir. Não quero mesmo nada deixar a Emma três dias aqui sozinha com o Harry por ai. E sim prefiro levar eu com ele.

"Não" Merda.

"Vamos só nós e o Josh" a voz do Stefan volta a suar

"Okay, estou ai às 10" assim que falo vejo o pequeno corpo mexer-se na minha cama

"Não te atra-" ainda consigo ouvir mas desligo antes que ele acabe

Um suspiro frustrado sai pelos meus lábios e passo ambas as mãos pelo meu cabelo

Guardo o meu telemóvel no bolso e ando em pequenos passos até a cama sentando-me junto a ela.

As suas longas pestanas batem no topo das bochechas, o seu cabelo está espalhado pela almofada e consigo ouvir a sua respiração baixinha. 

Sou um filho da puta por não ter conseguido ficar aqui com ela.

"Pela ultima vez eu não vou a essa viagem Stefan!" grito 

"Vais sim! Tu sabes que és um dos corredores que ganha mais dinheiro em apostas e Las Vegas vai ser o sitio ideal para ficares ainda mais conhecido!" ele aproxima-se de mim 

"Stefan percebe uma coisa! Eu. Não. Quero. E eu não vou! Avisas-me a menos de 24h do avião partir tu és parvo?!" aproximo-me dele também 

"Zayn-"

"Zayn nada! Essas corridas são para além de loucas eu não me vou enfiar num carro e competir com ninguém nessas estradas!" foda-se ele está a ser tão inconsciente

"É assim Zayn eu tentei a bem. Agora tu é que pediste, eu avisei-te que-"


"Ai de ti que toques nela" rosno, só eu sei a vontade que tenho de lhe partir a cara

"Ela sai da escola agora não é?" ele ri e sinto o meu coração apertar

A voz do Stefan deixa a minha cabeça assim que o pequeno corpo se volta a mexer na cama. Eu devia obrigar-me a acordar sempre primeiro que ela, vê-la dormir acalma-me.

Sinto a pele suave da sua bochecha na minha mão assim que a acaricio. Os meus dedos passam pelo seu pescoço e a sua testa e ela mexe-se ligeiramente.

Ela é adorável a acordar.

Sinto os seus olhos abrirem lentamente e logo o seu olhar verde está em mim. Ela leva alguns segundos até acordar completamente e olha para mim com uma sobrancelha ligeiramente levantada.

"Já estás vestido?" a voz dela além de rouca e extremamente sexy soa como uma pequena criança

"Sim, estive a acabar de arrumar umas coisas mas só queria acordar-te o mais tarde possível" respondo e ela volta a fechar os olhos

"Vá lá bela adormecida" passo-lhe os dedos pelo cabelo 

"Tenho sono" ela resmunga e é inevitável não me rir

"Vá lá" tento destapa-la 

"Não" ela puxa os cobertores com força para tapar a cabeça

"Afinal quem fica com mau humor quando acorda não sou eu" brinco e oiço o riso abafado dela

Fire || Z.MLeia esta história GRATUITAMENTE!