93º Capitulo II

9.7K 914 286

Ele permanece ajoelhado no chão e ambas as suas mãos estão poisadas nas minhas pernas.

"Depois de descobrir o que tinha acontecido o teu pai quase cometeu uma loucura com o Everton, ainda para mais quando descobriu que a tua mãe estava grávida" o meu coração volta a apertar-se de novo

Algo que me diga que o Stefan Styles não é meu irmão.

Por favor. 

"E claro que por mais doloroso que isso fosse para a tua mãe ela nunca teve coragem de abortar e decidiu seguir com isso em frente com o apoio do teu pai" o meu coração aperta

A minha mãe deve ter passado por sabe deus o quê durante esse tempo.

E eu nunca soube de nada.

Durante todos os anos em que vivi com ela eu nunca desconfiei de nada.

E como se isso não bastasse fui ingrata o suficiente para pensar que ela fosse capaz de trair o meu pai.

"O meu pai obviamente que ficou do lado do teu quando isto aconteceu e eles passaram meses a tentar afastar o Everton de tudo. Messes esses que foram o tempo suficiente para a tal criança nascer. O Stefan" subo a minha cabeça assim que o Zayn prenuncia o nome dele e sinto a força com que o meu coração bate no meu peito enquanto espero por ouvir

"Os meus pais nunca seriam capazes de te abandonar isto não é verdade! Diz-me que isto não é verdade Stefan!"

Diz-me que isto não é verdade Zayn.

"E acho que foi ai, no nascimento do Stefan que começaram realmente os problemas. O Everton apesar de ser pai dele da maneira que foi, quis assumir o filho à força, e como deves calcular a tua mãe e o teu pai nunca iriam permitir isso" sinto as mãos do Zayn em ambas as minhas pernas e ele mantem-se ajoelhado à minha frente

O sua voz é baixa e o seu olhar é a única coisa que me segura.

Eu quero que isto acabe.

"Eles decidiram fugir para tentarem ter o bebé em paz mas o Everton não facilitou em nada a situação e raptou o teu irmão assim que ele nasceu" sinto todos os meus músculos contorcerem-se e tenho que serrar os olhos para evitar que mais lagrimas caiam deles

Uma dor e um alivio percorrem o meu peito e a voz do Stefan chega à minha cabeça.

"E como podes calcular o teu pai não reagiu bem à traição da nossa mãe e entregou-me ao meu pai como se eu fosse a merda de um objeto."

Como é que eu pude acreditar por um momento que fosse que os meus pais, aqueles que me criaram eram capaz de abandonar quem quer que fosse.

"Emma" o Zayn chama e eu volto à realidade

"Como é que os meus pais me esconderam isto todos estes anos?" a minha voz destrói toda a firmeza que tento dar à minha frase e limpo os meus olhos à manga da camisola

"Eles tentaram fazer o melhor para ti-" o Zayn cala-se a si próprio e vejo-o o peso do seu olhar

"Tu sempre soubeste desta historia toda, porque é que só agora é que me estás-"

"Porque eu não podia" ele levanta-se bruscamente e sinto o meu corpo tremer

"Eu não podia Emma, eu sei que talvez não o tenha feito da melhor maneira mas eu sempre te tentei proteger-" ele volta a ajoelhar-se à minha frente mas não o deixo terminar

"Continua com a história" a minha voz soa tão fria quanto sinto o meu coração

"Emma" ele pede mas eu ignoro passando a minha camisola de novo nas bochechas 

Fire || Z.MLeia esta história GRATUITAMENTE!