P.O.V Zayn 

"A minha história é muito comprida, eu não posso nem vou puxar-te ainda mais para dentro dela, acredita que isto não te esta a custar mais a ti do que a mim" vejo que toda a cor dos seus olhos perde-se assim que eu falo e isso é como um chuto no meu estomago

Eu não posso, eu não tenho coragem. Eu sou fraco, eu não passo da merda de um cobarde.

Ela limpa as lágrimas das suas bochechas com ambas as mas as mãos e em seguida passa-as pelo seu cabelo.

Sinto uma faca no meu peito quando os olhos dela sobem e além do verde por qual eu me perdi vejo desilusão.

Queria tanto puder abraça-la agora e fingir que vai tudo ficar bem.

"Este sempre foi o nosso problema" a coz dela corta-me e sinto a minha garganta apertada e fecho os olhos

"Tu nunca confias-te em mim o suficiente" ele fala num tom irónico que me corrói por dentro

Ela não percebe que tudo, e sempre tudo o que eu fiz foi para bem dela?

Ela não entende que a única coisa que eu quero é vê-la feliz?

"Emma-" tento

"Tu escondeste-me tanto durante este tempo e eu perdoei-te. Como é que tiveste coragem de me esconder o que quer que seja?" a voz dela é como uma faca no meu peito

"Eu contei-te tudo, sempre te contei tudo, qual é o teu objetivo Zayn?" a agua que dança nos seus olhos é suficiente para colocar a minha garganta apertada

Foda-se eu estou a ser tão fraco.

"O meu objetivo sempre foi fazer-te feliz Emma" soo o mais sincero que consigo

"Não vais fazer-me feliz ao afastar-me de ti" ela engole um soluço que está preso na sua garganta e sempre que o faz perco algo em mim

Vê-la chorar deixa-me tão fraco.

"Tenta colocar-te no meu lugar" ela revira os olhos assim que eu falo mas não a deixo interromper-me

Sinto a minha voz fraca, extremamente fraca e tenho que respirar fundo antes de falar.

"Se tu soubesses que vais estar presa durante anos, e que a pessoa que tu mais amas está lá fora a viver a sua vida e a qualquer momento pode-lhe acontecer alguma coisa, e tu apenas estás presa, sem poder fazer o que quer que seja. Sem poderes defenda-la ou protege-la. Mas tens a hipótese de a afastar de ti, e se o fizeres essa pessoa não correrá qualquer tipo de perigo. O que é que tu farias?" sinto as minhas frases apanharem-na de surpresa e é como se ela embatesse com a realidade

O pai do Harry e do Stefan está lá fora. Eu não ia aguentar saber que ele matou a Emma para se vingar de mim.

Só a ideia deixa-me tonto.

Se ele pensar que a Emma foi na realidade só uma brincadeira para mim ela fica a salvo.

O que é suposto eu fazer neste momento?

"E tu Zayn. Se tu estivesses no meu lugar o que farias? Se a pessoa que tu mais amas estivesse presa e a passar talvez o pior período da vida dela o que é que tu farias? Tu deixarias? Eras capaz disso?" ela deixa uma faca no meu peito e passo ambas as minhas mãos pelo meu cabelo

É completamente diferente.

"Eu sei proteger-me Emma, obvio que eu não me ia afastar de ti" soo tão obvio que a faço dar uma gargalha sem qualquer pingo de piada e isso arrepia-me

"Então se é assim tão obvio estás à espera que eu faça o que? Que te deixe? Para sempre?" tenho que fechar os olhos quando ela fala e sinto agua queimar os meus olhos

Fire || Z.MLeia esta história GRATUITAMENTE!