Respiro fundo tentando reaver energia.

Sinto um buraco cada vez mais fundo no meio peito.

"Tu sabes para o que é que a empresa do teu pai faz certo?" os meus olhos ardem eu esperei tanto para saber a verdade que eu pensava que iria ser bom quando a ouvisse

Mas eu tenho medo. Eu não quero.

"Exportações e importações para o estrangeiro" falo

Engulo em seco e tento afagar o meu choro

"Exato" ele é breve e sinto cada musculo do meu corpo tremer.

Ele vai contar-me tudo agora.

"À anos atrás três jovens universitários decidiram abrir um empresa de exportações e importações. Ele eram amigos, e talvez um pouco jovens de mais, mas conseguiram ter sucesso. Sabes de quem estou a falar?" ele pergunta e eu subo a minha visão turva para ele

Sinto os olhos inchados e o peito dorido do choro.

"Robert Anderson, Everton Styles e Yasser Malik" ele fala e o meu coração aperta de maneira brusca

"O teu pai, o meu pai e o pai do Zayn" o meu cérbero trava

O pai dele é o Everton Styles?

"Styles?" subo o olhar e ele sorri

"Surpresa, supresa, deves conhecer o meu irmão" o meu coração afundasse

O Harry?

Como?

Não.

"Chega Harry? Achas mesmo que chega? Estás com medo que a Emma saiba a merda que és? É isso?"

A voz do Zayn surge na minha cabeça.

Não.

Isto não pode ser verdade. Por favor alguém que me acorde e me diga que isto não passa de um pesadelo.

"Esses três jovens amigos cresceram, e uns anos mais tarde acharam que só a empresa de importações e exportações não era suficiente. Tiveram várias conversas sobre o assunto e tempo depois estavam a participar em tráfico de carros modificados para corridas ilegais" a palavra corridas ilegais estala na minha cabeça

Niall? O nome surge na minha cabeça e tento parar de sentir.

Tudo se esta a começar a ligar.

"Construíram este sitio à tua volta" ele gesticula com os braços em redor e eu fecho os olhos 

"E criaram o seu próprio espaço para corridas ilegais" olho para o espaço em redor com nojo

Sim eu tinha a perfeita noção que o meu pai estava metido em coisas ilegais, eu sei que foi por isso que a minha mãe morreu e é por isso que o meu pai supostamente contratou um segurança para mim.

Mas eu não tenho a certeza se quero continuar a ouvir.

As lagrimas nos meus olhos secaram e eu ainda tento lutar contra os meus pulmões para não parar de respirar.

"Tudo estava a correr bem. Todos encontraram uma mulher, casaram tiveram filhos até que ouve uma noite em que todos foram celebrar. Talvez tenham bebido um pouco demais, eu não estava lá para garantir a história mas a tua mãe não bebeu, ela aproveitou-se de quem tinha bebido. Atirou-se ao meu pai que inconscientemente se deixou ir" fecho os olhos por breves segundos 

"Para" rosno e abafo os meus ouvidos com as palmas das mãos.

Ele não pode estar a falar da minha mãe.

Fire || Z.MLeia esta história GRATUITAMENTE!