"Porque é que tiveste de sair da loja?" o Zayn sussurra entre dentes contra o meu ouvido enquanto nos afastamos do Harry

"Iam fechar para a hora de almoço" sou breve

Os olhos do Zayn encaram-me por segundos enquanto ele anda num passo apressado e me faz acompanha-lo. Ele está tenso.

"E tu, porque é que me despachas-te lá para dentro? Não foi para atender nenhum telefonema pois não?" ele continua a andar e ignora o que eu disse

Eu juro que não entendo o estado de humor dele

"Zayn eu estou a falar contigo" insisto e ele limita-se a respirar fundo pesadamente enquanto continua acelerando cada vez mais o passo fazendo que eu estivesse quase a correr para o acompanhar

O que é que lhe deu?

"Importas-te de parar de me ignorar?" o meu tom sobe e agarro o seu braço parando-o

"Foda-se o é que foi?" ele grita soltando o seu braço do meu aperto brutalmente

Os seus olhos estão negros e o seu maxilar pressiona toda a sua expressão.

O meu corpo parece congelar e limito-me a encara-lo sem conseguir dizer nada, o que é que se passa com ele?

"Desculpa eu não queria ter falado assim contigo" a sua voz não passa de um mero sussurro

Eu pensei que ontem depois da nossa saída e depois da nossa conversa as coisas iam mudar um bocadinho, mas ele está a fazer tudo voltar ao mesmo.

Está outra vez a tratar-me como se eu não significa-se nada para ele.

Onde é que está o Zayn de há 1 hora?

"O que é que se passa contigo?" eu não percebo o porquê de ele me estar falar assim

Eu é que devia estar chateada com ele por me ter mandado para a loja quando disse que ia atender um telefonema

"Comigo? O que é que se passa contigo? porque é que tinhas de convidar o Harry para almoçar connosco?" ele ignora a minha pergunta

Não estou a perceber qual é o problema dele. Eu convidei sim o Harry mas qual é o mal nisso ele é amigo dos dois.

"Porque ele é amigo dos dois e eu pensei que pudesse-"

"Amigo? Pelos vistos tu e ele não são só amigos não é?" uma gargalhada sarcástica abandona os lábios do Zayn e a sua voz faz-me calar

"Zayn tu estás-"

"Quer dizer, o Niall, o Harry, estás a ficar com uma lista bem longa Emma! Acredito que haja mais uns quantos que eu deva saber!" a voz dele faz-me congelar

Eu não acredito que ele disse isto. Ele está a passar dos limites.

Depois da nossa conversa de ontem como é que ele é capaz de me estar a falar assim?

"Mas o que eu sei é que agora eu quero estar contigo. Tu fazes-me esquecer tudo, e fazes-me ser uma pessoa que eu nunca fui"

"Eu vou fingir que não ouvi isso ou nós vamos chatearmo-nos a sério" a minha voz não passa apenas de um murmuro

Eu não quero discutir com ele. Não outra vez.

"Tu ouviste muito bem, nós vamos sentarmo-nos a almoçar e tu vais explicar-me esta historia toda! E foi a ultima vez que convidas-te o Harry para vir almoçar connosco, porque se eu te trouxe a ti é porque quero almoçar contigo!"

"Não eu não vou almoçar contigo" digo e imediatamente ele para

Os olhos dele encaram os meus por segundos e consigo ver tudo e nada neles. O castanho avelã deu agora origem ao negro e a intensidade do seu olhar consegue deitar a baixo qualquer barreira que eu tenha construído à minha volta.

Fire || Z.MLeia esta história GRATUITAMENTE!