Capítulo 19

3.4K 318 22
                                    

Capítulo 19

Vanessa Aguiar

Bloqueio a tela do meu celular depois de ouvir a Laura suspirar pela quinta vez. Olha para a minha melhor amiga e ela está com um semblante triste enquanto brinca com o sorvete dentro da taça. Deixo meu celular de lado, se ela precisa de mim, então tenho que estar disponível. É o que amigos fazem.

— Vai, fala o que aconteceu — Peço atraindo a atenção dela — Você está de bico desde cedo.

— Não aconteceu nada — Ela resmunga e eu arqueio a sobrancelha, está na cara que aconteceu alguma coisa.

— Eu sou sua melhor amiga, não vai doer se você me contar o que aconteceu para te deixar chateada desse tanto — Insisto mais um pouco. — mas se não quiser falar, tudo bem, eu entendo, mas eu estou aqui por você.

— É sobre o Gota — Ela confessa. Eu deveria saber que ele estava envolvido na bad dela.

Laura é sempre muito animada e de bom humor, mas quando se apaixona, qualquer vacilo do cara deixa ela triste e chateada, e visto sobre quem é ele, com certeza foi um grande vacilo.

— Me conta o que ele fez — Peço e sorrio pequeno quando ela me olha receosa, eu sei que já julguei muito essa relação, então entendo ela estar assim — Eu juro que não vou falar nada, sem críticas e sem brigas.

— Não é como se você tivesse muita moral — Ela aponta e eu rio dando de ombros.

— Todo mundo erra, faz parte da natureza humana — Desconverso, não quero falar sobre mim, ou sobre o Elfo.  Olho para ela, sabendo o que ela está tentando fazer — Não adianta tentar mudar de assunto.

— Certo, vou explicar o que houve — Ela diz arrumando a postura e largando a colher do sorvete — Do dia da festa até terça-feira estava tudo ótimo e perfeito, a gente conversava, ele respondia rápido, juro, era muito bom. Mas de terça para cá ele tá diferente. E eu não consigo pensar em nada que possa ter feito ele mudar.

— Hoje é sexta-feira, são três dias — Constato — O que você acha que está diferente?

— Tudo, ele demora para responder, não usa mais apelidos carinhosos, desmarcou nosso encontro — Ela fala, fazendo bico e suspira — eu sei que ele não vale nada, mas eu gosto dele e não tô gostando dele me tratando assim. Poxa, seria muito mais fácil se ele abrisse o jogo e manda-se a real sobre os fatos.

— Tenta conversar com ele sobre o que está te chateando, se ele não mudar, não se esforçar por você, é porque ele não queria nada sério mesmo e só queria te dispensar — Alô calma, tentando explicar para ela a situação.

— Ele seria babaca assim? Ele realmente me usou par conseguir algo e depois eu fui completamente rejeitada? — Ela questiona e eu já posso ouvir a sua voz embargada.

— Se você quiser chorar, tudo bem, você está se sentindo frustrada com essa situação — Falo compreensiva.

— Eu queria tanto que ele me dissesse o que está acontecendo, acho que seria muito melhor para nós dois — Ela resmunga limpando uma lágrima — O que eu devo fazer? Só esquecer?

— Não, eu acho que você tem que tentar resolver essa situação de maneira madura — Falo sincera.

— e como seria isso? — Ela questiona limpando mais uma lágrima desce pelo seu rosto.

— Você vai mandar uma mensagem para ele falando sobre como está se sentindo e falar que você quer conversar sobre isso e expor as coisas que estão te incomodando, se ele não se importar e for indiferente é porque ele não se importa com você, ai sim, sua única opção é esquecer — Falo a minha opinião sincera.

Anatomia do Caos - MorroOnde as histórias ganham vida. Descobre agora