Julho IV

88 20 8

Ainda na noite da Festa Junina, o clima esfriou bastante. O inverno prometia ser bem menos moderado que o dos anos anteriores. Mesmo assim tive a sensação de que saí de lá com o coração mais quente e menos errático, se é que isso é possível. Pra completar o saldo positivo, quando estava de saída esbarrei numa menina levemente conhecida. Ela usava vestido curtinho e botas na altura dos joelhos, o cabelo vermelho comprido e escovados.

A reconheci da festa de aniversário dos gêmeos do ano anterior — mesmo estando bêbado, eu me lembrei imediatamente o que tinha falado pra ela na porta do barzinho em que estávamos. Se eu não me engano, o nome dela é Larissa e ela persegue o Renan desde sempre.

Nós literalmente nos esbarramos e ela me olhou com surpresa, provavelmente me reconhecendo fácil. No segundo seguinte, o Renan se materializou do meu lado pra nos despedirmos e acabou se encontrando com ela também. Larissa ficou sem graça quando o Renan passou o braço pelo meu ombro, mas não hesitou em perguntar:

— Ainda compromissado, gatinho?

O modo como ela pronunciava a alcunha era ao mesmo tempo muito depravado e cínico. E o Renan não demorou a entrar na onda, escorregando um sorriso malicioso pro canto da boca.

— Com certeza. — ele me puxou mais pra perto para compor a cena. — Mais do que nunca.

Ela captou a mensagem que ele queria passar, fez uma careta e, antes de sair trotando na direção contrária, murmurou um "nojento" que nós dois escutamos muito bem. Renan riu com satisfação e me soltou em seguida porque meus pais nos olhavam do portão da escola, me esperando para voltar pra casa. Já se passava das onze da noite e eles estavam no limite, eu sabia, então só trocamos um rápido cumprimento de mãos e ele piscou um olho pra mim, ainda sorrindo.

— Se eu sobreviver à carona com meu pai, a gente se fala amanhã, beleza? — Renan começou, mas se corrigiu: — Aliás, eu tenho que sobreviver ao fim de semana inteiro com ele pra gente aproveitar alguma coisa nessas férias.

Eu ri.

— Me mantenha informado.

***




Renan Souza: as notas saíram

(segunda-feira, 10:45)

Daniel Henrique: eu acabei de entrar pra ver

(segunda-feira, 10:46)

Renan Souza: como foi?

(segunda-feira, 10:46)

Daniel Henrique: vc primeiro

(segunda-feira, 10:47)

Renan Souza: neeeem

(segunda-feira, 10:47)

Renan Souza: não quero estragar seu dia

Renan Souza: alias, estragar o começo das suas férias né

(segunda-feira, 10:47)

Daniel Henrique: que ótimo, isso já diz muito, sabia?

(segunda-feira, 10:48)

Renan Souza: diz nada

(segunda-feira, 10:48)

Aprendendo a Gostar de Você {Aprendendo III}Onde as histórias ganham vida. Descobre agora