0.7

3.6K 301 8

Não estava completamente à vontade para jogar aquele jogo com rapazes que me eram praticamente desconhecidos e com o Ashton mas ainda assim fi-lo.

As regras do jogo eram simples, se escolhesse verdade tinhas de responder a uma pergunta e se te recusasse a responder passavas à consequência; se escolhesse consequência tinhas de fazer uma de três opções.

Sentei-me ao lado do Luke e ele perguntou-me:

-Verdade ou consequência?

-Verdade. -Respondi, olhando para os seus olhos azuis.

-És tão previsível!-Comentou o Ashton alto o suficiente para eu ouvir.

-E tu não defines o que eu escolho.-Respondi, lançando-lhe um olhar mortífero por segundos.-Pergunta, Luke.

-Qual é a tua opinião sobre o Michael?-Ele questionou, apontando para o rapaz de cabelo colorido.

Olhei na direção dele e este lançou-me um sorriso enorme.

-Adorável, para ser honesta. O piercing e as tatuagens são indiferentes. Ele parece um gatinho.-Descrevi o meu ponto de vista que resultou num olhar confuso da parte do amigo do meu ex-inimigo.

-Eu sempre disse que não eras punk rock mas tu não acreditaste.-Murmurou o Ash para o Mike que revirou os olhos e me fez sinal para continuar.

-Bem, esta pergunta é para o Ashton!-Escolhi.-Verdade ou consequência?

-Verdade.-Ele respondeu e eu franzi o sobrolho.-Pensavas que eu ia escolher consequência, não era? Bem, eu sou imprevisível por isso...

Sorri ligeiramente enquanto o rapaz encolhia os ombros rindo um pouco.

-Ok, senhor imprevisível, qual destes três rapazes que estão aqui é que achas mais atraente?-Perguntei e ele parou de gargalhar.-Se te recusares a responder aviso que as consequências não vão ser fáceis.

Ele olhou-me com cara de poucos amigos e, ainda que hesitante respondeu:

-O Luke.

-Agora fiquei magoado, Ash!-Chorou o Michael a fingir.

Olhei para o loiro e reparei que este se ria à gargalhada. Decidi voltar a minha atenção para o meu meio irmão e, enquanto os meus olhos faziam o caminho para a sua pessoa, reparei que o Calum me observava. Rapidamente ele desviou o olhar na provável esperança de que eu não o tivesse apanhado. Mas eu reparei que ele me estivera a observar e, mesmo se não tivesse reparado nisso, repararia de certeza no quão corado ele estava naquele momento.

-Maya!-Disse Ashton, chamando a minha atenção. Olhei para ele.- Esta é para ti.

-Outra vez? -Questionei, erguendo uma sobrancelha.

-Sim, não te queixes. Verdade ou consequência?

-Consequência.-Respondi para variar.

Ele sorriu de lado e eu apenas permaneci com a sobrancelha erguida.

-Ou me beijas, ou beijas o Luke, ou o Calum durante 15 segundos.-Declarou relaxadamente.

-Eu fico sempre de parte, Ashton. Começar a achar que não gostas de mim.-O Mike comentou com desprezo e o rapaz de cabelo dourado riu.

-Então quem escolhes?-Ele questionou não dando importância ao comentário do seu amigo.

Eu levantei-me e dirigi-me ao Calum que se encontrava sentado à beira do Michael. Ele olhou-me surpreso e eu apenas sorri.

-Um beijo não mata ninguém.-Lembrei e ele levantou-se, trocando a sua expressão surpresa por um sorriso fechado.

Porque é que o escolhi? Porque a) ele era simpático, b) tinha-me chamado "princesa", c) apanhei-o a olhar para mim e a corar. Além disso era só um beijo não a decisão de uma vida.

Roomies || 5SOS [Editing]Leia esta história GRATUITAMENTE!