-E nisto já vais embora outra vez.-A Amy queixou-se enquanto esperávamos que o Ashton fizesse os nossos pedidos no KFC.

-Foi pena não ter visto o Liam desta vez. Quem é que lhe mandou ir de férias nestes dias?-Perguntei e ela riu.

-Quando vieres cá no verão vais vê-lo.-Eu assenti.-Então, o que é que aconteceu entre ti e o Calum para acabarem?-Ela puxou o assunto e eu respirei fundo.

-Ele traiu-me.-Eu respondi pressionando os lábios numa linha reta.-Mas está tudo bem agora.

-Eu lamento.-Ela disse, pondo a mão em cima do meu ombro.

-O pior foi que ele me mentiu por cima e ainda me fez acreditar que não me tinha traído.-Abanei a cabeça negativamente.

-Quem me dera ter estado lá para te ajudar.-Ela admitiu e eu sorri-lhe.

-Acho que fiquei bem entregue ao Ash.-Reparei e ela olhou para mim chocada.

-Primeiro curtes com ele e agora estás basicamente a destituir-me do cargo de melhor amiga. Daqui a pouco estão a namorar e a ter filhinhos. Onde é que eu fico no meio disto tudo?-Ela brincou, fingindo-se indignada.

-Nós não vamos ter filhinhos nem namorar. Além disso toda a gente sabe um eu me vou casar contigo.-Eu lembrei e ela riu.

-Acho bem, quando é que vais fazer o pedido de casamento?-Ela questionou e eu olhei-a indignada.

-Eu?! Tu é que vais fazer! Tu é que és o homem desta relação.-Eu respondi.

-Não, não sou! Estás a chamar-me homem?! Sabes que mais está tudo acabado!-Ela gozou, cruzando os braços.-Podes ir ter filhinhos com o Ash à vontade.

-Mas eu não quero ter filhos com o Ash, quero ter filhos contigo.-Eu gozei e ela riu.

-Acho que cheguei em má altura.-O meu meio irmão comentou, pousando os tabuleiros em cima da nossa mesa assim que chegou lá.

-Não, chegaste na hora certa.-Eu corrigi e peguei na minha refeição.-Estava só a dizer à minha ex-noiva que nós os dois não vamos ter filhos.-Expliquei e ele pareceu esclarecido.

-Pois não, Amy, não vamos ter filhos não te preocupes. Nós usamos sempre preservativo e eu faço questão de dizer à Maya que tome a pílula.-Ele afirmou com um sorriso na cara, fazendo a Amy rir.

-Não inventes, Ashton.-A minha melhor amiga pediu mas eu decidi alinhar na brincadeira do meu melhor amigo.

-Ele não está a inventar.-Eu afirmei com uma expressão séria, tal como a do meu meio irmão.-Temos os dois muito cuidado no que trata a essas coisas.

Ela olhou para nós com uma expressão surpreendida e por breves momentos ninguém disse nada, até, claro, eu e o meu ex-inimigo nos desatarmos a rir com a expressão da Amy.

-Devias ver a tua cara!-Eu comentei por entre risadas.

-O quê?-Ela perguntou confusa.

-Achas mesmo que nós já fizemos sexo?-Eu perguntei.

-Não fizeram?-Ela perguntou, não percebendo ainda que a estávamos a enganar.

-Não.-Respondi sorrindo.

-Ainda.-O meu meio irmão acrescentou e eu dei-lhe um murro no braço.

-Sabes, aqui o Ash há muito que não tem uma boa dose daquilo e gostava de ter uma boa dose comigo mas não vai acontecer.-Eu expliquei e a minha melhor amiga riu enquanto dava uma trinca na sua refeição.

-Maya, se eu realmente quisesse fazer sexo contigo já tínhamos ido para a cama milhões de vezes.-Ele garantiu com um pequeno sorriso.

-Modéstia não lhe falta.-A Amy ironizou alto o suficiente para nós os dois ouvirmos.

Roomies || 5SOS [Editing]Leia esta história GRATUITAMENTE!