*Psst* Notice anything different? 👀 Find out more about Wattpad's new look!

Learn More

Acordei de manhã animada, isto claro, antes de abrir os olhos e me aperceber da realidade.

Assim que ganhei coragem suficiente para me levantar, saí da cama e escolhi a minha roupa. Decidi levar umas leggings pretas de cintura um bocado subida, um top branco de alças, que deixava à mostra cerca de 2 centímetros de barriga, uma camisa ao xadrez vermelha e umas vans brancas. Fui à casa de banho e fiz a minha higiene pessoal. Amarrei o meu cabelo liso num rabo de cavalo. Depois pus um bocado de base, lápis na parte interior do olho e rímel e coloquei um batom cor-de-pêssego.

Saí da casa de banho e deparei-me com um Ashton de tronco nu. Um Ashton sexy de tronco nu. Não, estes pensamentos não!

-Ainda estás assim?-Perguntei-lhe sem paciência para o aturar.

-Vais dizer que não gostas?-Ele mostrou o seu tronco, passando as mãos no mesmo e eu revirei os olhos.

Ele olhou-me de alto a baixo e sorriu de forma parva.

-Já vais começar Ash?-Questionei, fazendo uma poker face.

-Não, não. -Falou ele, mudando a sua expressão para um simples sorriso e a sua postura para uma extremamente correta.-Ia só dizer que estás horrível.

-O quê?!-Ergui uma sobrancelha, confusa.

-Bem, tu não querias que eu me metesse contigo por isso não vou dizer que estás uma brasa, apesar de estares. Tu estás horrível.-Ele explicou, sorrindo ligeiramente.

Revirei os olhos.

-Tu não tens emenda pois não?-Perguntei séria.

-Nope. E não quero ter.-Respondeu ele enquanto descia as escadas.

Fui atrás dele até à cozinha. Tenho se admitir que aquela casa era um máximo. Quer dizer, para quem vem de um T2 pequeno em Nova Iorque, esta moradia era um sonho. Era das poucas coisas em Indianápolis que eu suportava.

Tomamos um pequeno almoço rápido e em silêncio. Esperei sentada no fundo das escadas enquanto ele ia vestir uma camisola ao seu quarto.

Lá vamos nós a mais um dia de escola. Pensei, tentando ganhar coragem para viver ali. Não é que eu pudesse fazer alguma coisa mas, se dependesse de mim, já estava em Nova Iorque há muito tempo, por isso, tinha de me preparar mentalmente para não estar lá.

O meu meio irmão desceu 5 minutos depois. Pegámos nas nossas coisas e entramos no seu carro.

-Então maninha? Dormiste bem?-Perguntou ele, enquanto conduzia até à minha nova escola.

-Mais ou menos.-Respondi, olhando pela janela para aquele dia nublado.

-O que é que aconteceu?-Ele questionou com um bocado de preocupação na sua voz, o que eu estranhei.

-Sabes o que é dormires na casa do teu inimigo, sabendo que vais ter de dormir lá muitas mais vezes e que ele pode de repente entrar no teu quarto sem bater à porta? Pois, foi por isso que que eu não dormi lá muito bem.-Expliquei, olhando para ele que estava focado na estrada.

-Não sabia que éramos inimigos.-Ele admitiu franzindo o sobrolho.

-Mas sabes que eu nunca gostei de ti, certo?-Lembrei, focando também a minha atenção na estrada.

-Sim, mas sei lá. Acho que inimigo é um pouco demais, não?-Sugeriu ele, olhando por momentos para mim. Apenas encolhi os ombros.-Eu não te odeio Maya, nem odiei. Na verdade eu apaixonei-me por ti no sétimo ano.

Olhei para ele perplexa.

-A sério?!-Perguntei surpreendida.

-Não!-Ele respondeu como se fosse óbvio.-Mas também nunca te odiei.

Roomies || 5SOS [Editing]Leia esta história GRATUITAMENTE!