-Contem tudo.-O Luke pediu assim que se sentou à minha frentpe e à do meu meio irmão ao almoço.

-Nós fizemos sexo.-O Ash respondeu.

O loiro olhou para mim como se esperasse uma explicação melhor e eu apenas sorri para ele.

-E?-O rapaz de olhos azuis perguntou à espera que acrescentássemos alguma coisa.

-E o Ash achou que eu fui ótima.-Eu concluí e o loiro apenas nos mandou uma poker face.

-Vocês namoram?-Ele questionou.

-Não!-Eu respondi prontamente.

-Gostam um do outro?-Ele questionou outra vez.

-Não!-O Ashton respondeu.

Talvez... Satan!

-Porque é que fizeram aquilo?-O loiro insistiu.

-Uma palavra.-Eu respondi.

-Bebedeira.-O meu melhor amigo completou.

-Até já se completam, oh meu deus.-O Luke comentou fazendo o olhar de vi-a-coisa-mais-fofa-deste-mundo.

-Gay.-O Ash tossiu.

-Olha que ele dava um ótimo amigo gay, ele até trouxe a pílula.-Eu reparei, tocando no braço do meu meio irmão.

-Tens razão. Luke tens a certeza que não tens sentimentos pelo Calum ou o Michael?-O meu ex-inimigo olhou para o louro.

-Não, não tenho sentimentos por eles.-Ele respondeu.

-Nem pelo Ashton?-Perguntei.

-Ew.-O meu meio irmão deu-me um murro no braço.

-Não tenho sentimentos pelo Ashton.-O loirinho garantiu.

-É pelo Dylan!!!-O Ash exclamou, apontando para ele.

-Parem!-O Luke pediu.-Estão a desviar o assunto.

-Ele não negou que sentia algo pelo Dylan.-Eu sussurrei alto o suficiente para o rapaz à minha frente ouvir.

-Então vocês fizeram sexo só porque estavam bêbados? Não queriam ter feito isso?-O loiro perguntou para confirmar.

Mal ele disse aquilo eu lembrei-me de mais uma coisa que aconteceu naquela noite.

*Flashback on*

-Eu vou onde eu quiser. Arranja uma rapariga que tenha mamas boas o suficientes para ti e fode com ela.-Eu disse tentando sair em vão do seu aperto.

-Não.-Ele negou.-Eu quero fazer isto contigo já há muito tempo.

*Flashback off*

As pessoas dizem que quando estamos bêbados dizemos a verdade, mas eu decidi ignorar esta recordação.

-Não, não queríamos ter feito isto.-Eu respondi enquanto o Ashton também respondia um "não".

-Ok. Eu não insisto mais.-Ele respondeu levantando-se.

Ele saiu da nossa beira, deixando-nos a almoçar sozinhos na cantina da escola. Por momentos pensei que eu e ele íamos ficar sem assunto de conversa e que ia ser um momento constrangedor, mas estava enganada.

-Ele é doido.-O Ashton comentou, continuando a comer a sua comida.

-Sim, tu podes falar muito.-Eu reparei e ele riu.

-Eu posso ser doido, mas é um doido no sentido positivo, não no sentido tarado que quer juntar dois dos seus amigos.-Ele explicou.

-Sim porque de tarado tu não tens nada, daddy.-Eu comentei comendo a minha refeição.

Roomies || 5SOS [Editing]Leia esta história GRATUITAMENTE!