-Mais uma cerveja, Lucas?-Perguntou o Calum da cozinha.

-Pode ser.-Respondeu-lhe o loiro enquanto nós nos sentávamos em círculo na sala.

Assim que o meu namorado chegou lá sentou-se à minha beira e passou a cerveja ao Luke.

-Então que jogo é este?-Perguntou o Michael.

-É simples.-Comecei a explicar enquanto pegava no baralho de cartas e na folha de papel onde tinha registado o que era necessário para o jogo.-Cada um de nós tira uma carta e consoante o número que lhe sair tem de fazer a coisa registada com esse número nesta folha. Se calhar dama, valete ou rei à pessoa que tirou a carta, ela tem de dizer alguma coisa que nunca fez e quem já fez isso tem de beber um gole da sua bebida.

-Ok. Percebi, vamos a isto.-Disse a Alison.-Eu vou primeiro.

Ela pôs a mão no baralho e saiu-lhe o número 3. Ela virou a carta para mim e eu fui ver à folha o desafio que ela tinha de fazer.

-Eu vou fazer-te uma pergunta e se tu não responderes direito tens de tirar uma peça de roupa.

-Posso fazer-lhe eu a pergunta?-Perguntou o rapaz de cabelo colorido e eu anui.-Quantas cores de cabelo é que eu já tive?

-A sério?! Essa pergunta é impossível de responder!-Reclamou ela.

-Então parece que vais ter de tirar uma peça de roupa.-O Michael sorriu vitorioso.

-Ok, Mikey.-Ela sorriu de um modo atrevido e o rapaz mordeu o lábio. A Alison leva a mão ao seu pé e tira a meia continuando com o mesmo sorriso na cara.-Feito.

O Calum só se ria com a cara de desilusão do amigo assim que percebeu que ela ia tirar a meia. Já eu, estava a tentar não rir, mas sem sucesso.

-E isto foi mais uma tentativa falhada do Michael ter uma rapariga a tirar a roupa para ele.-Disse o Luke pondo-lhe a mão no ombro.-Um dia, Mikey, um dia.

-Ok, minha vez.-A Jane tirou uma carta do baralho e mostrou-ma.

-Valete.-Disse eu.-O que é que tu nunca fizeste?

-Eu nunca fiz sexo com o Michael.-Todos os olhos se viraram para a Alison no momento em que ela disse aquilo na esperança que ela bebesse um golo.

-O quê?! Eu nunca fiz sexo com ele não me olhem assim! Ew!-Ela ripostou e o rapaz de cabelo colorido olhou para as suas mãos triste.

-O "ew" era escusado, Ali.-Ele disse sorrindo fracamente.

-Desculpa, é só que...nós somos muito amigos, sabes? Eu não me imagino a fazer isso contigo.

-Mentira!-Disse eu enquanto tossia para disfarçar a palavra.

-Podes te calar, Maya?-Perguntou-me a minha amiga que se encontrava ao meu lado.

-Eu só tossi, não fiz nada.-Menti enquanto ela retirava os olhos.

-Agora é a tua vez, Ash.-O Luke disse e o meu meio irmão tirou uma carta.

-É um cinco.-Disse ele.

-Tens de dizer um facto sobre ti que ninguém saiba.

-Eu sou um livro aberto.-Ele disse não tirando os olhos de mim, sempre sério. Como eu sinto falta das covinhas.

-Ninguém acredita nisso, Ashton.-Lembrei-o.

-Mas deviam, porque é verdade.-Ele insistiu e deu um gole na sua cerveja.

-Diz qualquer coisa, um facto sobre ti.-Insisti eu começando a ficar irritada.

Ele ergueu a sobrancelha e viu a minha expressão. Talvez para não me irritar mais ele decidiu falar.

Roomies || 5SOS [Editing]Leia esta história GRATUITAMENTE!