-Eu não lhe vou pedir desculpa!-O Ashton ripostou assim que ele estacionou o carro em frente à casa do Calum.

-Não sejas mau, Ash. Tu erraste.-Eu insisti.

-Sim, mas ele também errou.-Ele disse, desligando o motor do carro.

-E ele já pediu desculpa.-Eu lembrei e ele revirou os olhos.-Tenho ou não tenho razão?-Ele olhou para mim por breves momentos.

-Sim, tens.-Ele cedeu e abriu a porta do carro, saindo do mesmo.

-Eu tenho sempre razão.-Corrigi sorrindo e fui para a beira dele, saído do carro também.

-Lá está ela e a sua previsibilidade.-Ele brincou enquanto caminhávamos lado a lado até à garagem do Calum.

-Deixa-me rir, roomie.-Eu disse e dei-lhe um murro no braço.

-Autch!-Ele gritou de dor e parou de andar, pondo a sua mão sobre o braço onde eu tinha dado um murro.-Controla a tua força, miúda!

-Desculpa, desculpa!-Pedi, aproximei-me dele e acariciei o seu braço.

-Apanhei-te!-Ele exclamou quando um sorriso enorme apareceu na sua cara e ele começou a rir-se, apontando para mim.

-Parvo.-Cruzei os braços, fingindo que estava amuada.

-Ai, que a menina fica zangada!-Ele gozou e abraçou-me de lado, com as suas mãos a envolverem a minha cintura.

-Larga-me, seu estúpido.-Eu brinquei sem me mexer.

-Gostas pouco, gostas.-Ele riu e eu sorri.-Abraça-me de volta

-Porquê? Estás carente ou esta posição é desconfortável?

-Bem, eu sei de umas posições em que nós não ficaríamos desconfortáveis de todo.-Ele sorriu para mim perversamente.

-E quais são essas posições?-Questionei e ele olhou-me incrédulo. Imprevisibilidade da Maya - 1, imprevisibilidade do Ashton - 0.

-Olha que eu digo.-Ele ameaçou e eu encolhi os ombros.-Ok, imagina-me nu em ci...

-Okay, okay! Eu abraço-te de volta!-Eu cedi e os meus braços rodearam as suas costas.-Que pesadelo! Ver-te nu!

-Muito engraçadinha, White.-Ele riu irónico.

-Gostas pouco gostas, Irwin.-Sussurrei na sua orelha.

-E dizem que não são namorados.-Ouvi o Calum a comentar a poucos metros de nós.

Desfiz o abraço e encarei-o.

-Nós não namoramos. Mas se namorássemos não era da tua conta. Ela não te traiu e não.-O Ashton desafiou e continuou a andar até à garagem assim como eu e o Cal.

-Antes que se zanguem vão ensaiar, ok?-Eu perguntei e eles assentiram.-Depois do ensaio falamos os três.

***

Sabem o sentimento que sentem quando vêm alguém crescer diante dos vossos olhos? Foi esse sentimento que eu senti em relação a estes quatro rapazes. Eles estão a melhorar de dia para dia e eu não podia estar mais orgulhosa. Eles disseram que o canal de YouTube deles tem cada vez mais subcritores e eu pude ver pelos meus próprios olhos a razão para isso: a música deles está cada vez melhor. Já não são apenas uma banda medíocre de Indianápolis ou apenas uns amadores a tentar fazer música, eu sinto que eles vão longe.

Assim que o ensaio acabou, eu, o meu meio irmão e o meu ex-namorado fomos falar para a cozinha.

-O Ash já me contou o que aconteceu.-Eu comecei mal o meu ex-inimigo se sentou na cadeira e o Calum se encostou à parede.

Roomies || 5SOS [Editing]Leia esta história GRATUITAMENTE!