-Eu não percebo muito de hip-hop, mas acho que é assim que se faz.-Eu corrigi o Dylan, mostrando-lhe como achava que aquele passo se devia fazer.-Tens de dar lanço com a perna direita para depois conseguires manter o equilíbrio.-Eu conclui.

-O que seria de mim sem ti, Maya?-Ele comentou.

-Não sei. Mas a verdade é que evoluiste desde que decidiste vir treinar para aqui, há umas semanas atrás.-Eu admiti, aproximando-me da porta de saída da cave.

-É verdade, obrigado.-Ele agradeceu e eu saí da divisão.

-Hey.-Chamei, voltando atrás e espreitando para dentro da sala.-Queres lanchar?

-Pode ser.-Ele respondeu e passou uma toalha na cabeça.-Preciso urgentemente de água.

-Devias ter trazido uma garrafa.-Eu comentei enquanto caminhávamos os dois até à cozinha.

-Esqueci-me.-Ele explicou assim que chegámos ao rés do chão da casa.

-Ai!-A Rose queixou-se assim que foi contra o Dylan, quando nós entrámos na cozinha.-Desculpa.-Ela pediu.

Mas será que toda a gente vai contra o Dylan suado?

-Não tem problema, senhora Irwin, a culpa foi minha.-Ele disse, sorrindo.

-Ora essa, Dylan, chama-me Rose.-Ela pediu-lhe.-Eu e o teu pai vamos dar uma volta para não vos incomodar.-Ela disse-me, enquanto eu ia buscar pão e iogurtes à dispensa.

-Rose, eu já disse que vocês não incomodam.-Eu repeti pela milionésima vez desde o dia em que o meu amigo veio aqui pela primeira vez.

-De qualquer maneira, eu preciso de ir à lavandaria.-Ela explicou.

-Na semana passada disseste que tinhas de ir ao sapateiro, qual é que vai ser a desculpa da próxima semana?-Perguntei, pousando as coisas em cima da mesa e ela riu.

-Para a próxima semana não vai ser preciso desculpa. Eu e o teu pai vamos passar a sexta, o sábado e metade do domingo fora. É o nosso aniversário de namoro.-Ela explicou, aproximando-se da porta de saída de casa.

-Vou ficar sozinha em casa com o Ash durante dois dias?-Perguntei para confirmar.

-Sim, espero que fiquem em casa e que não saiam.-Ela admitiu.-Bem, até logo.

-Até logo.-Eu despedi-me.

-Adeus, senhora...adeus, Rose.-O Dylan corrigiu e a minha madrasta saiu.

Nos filmes a madrasta era sempre a má da fita, sempre antipática e distante, fico muito feliz por não poder dizer isso sobre a Rose.

-Hey!-Ouvi uma voz bastante familiar a cumprimentar do hall de entrada, mesmo depois de ter ouvido a porta a abrir.

-Hey, Fletcher.-Cumprimentei e ele veio até à cozinha.

-Ainda estás aqui?-O meu meio irmão perguntou assim que viu o meu amigo.

-Ainda?! Costumo estar aqui até às seis, ainda são cinco.-O Dylan reparou, enquanto comia o seu pão.-Tu é que decidiste aparecer mais cedo.

-O ensaio da banda acabou mais cedo.-Ele explicou, virado para mim e não para o outro rapaz.

-Mais cedo?-Perguntei confusa.-Vocês não precisam de treinar para o concurso na próxima sexta?

-Sim, mas hoje estávamos todos muito cansados. Acho que precisávamos de um bocado de descanso.-O meu ex-inimigo esclareceu.

-Vão a um concurso?!-O rapaz à minha frente questionou, fazendo troça.-Como se vocês pudessem ganhar.

-Tu nem sequer nos ouviste, Dylan.

Roomies || 5SOS [Editing]Leia esta história GRATUITAMENTE!