*Psst* Notice anything different? 👀 Find out more about Wattpad's new look!

Learn More

Deitei-me na cama do meu melhor amigo assim que cheguei a casa.

-Sim, claro, podes ir para o meu quarto Maya, obrigado por perguntares.-Ele ironizou pois eu não tinha feito pergunta nenhuma.

-Estou triste.-Admiti e ele sentou-se ao meu lado.

-Eu sei que estás triste por não ires à cerimónia de formatura nem ao baile mas não te podes ir a baixo por causa disso.-Ele lembrou.

Naquela quarta-feira tínhamos recebido o papel a dizer que o baile era no domingo depois de eu me ir embora e a formatura era na segunda a seguir.

-Não é só por causa disso.-Admiti.-Vou voltar para Nova Iorque.

-Isso é bom.-Ele disse.

-Eu sei que não gostas de mim mas não é preciso seres tão óbvio, Ash.-Comentei, sentando-me na cama.

-Eu adoro-te, Maya. Não é isso.-Ele disse.-Vais estar mais tempo com a tua avó, vais concretizar o teu sonho, vais conhecer a tua família materna e vais voltar a rever os teus amigo.-Ele lembrou.

-Eu vou ter saudades dos meus amigos de agora.-Eu lembrei. Mais especificamente de ti, Ashton.

-Também tiveste saudades da Amy e do Liam que conheceste há muito tempo e sobreviveste. De certeza que ficas bem com as saudades que vais sentir de pessoas que conheceste há apenas um ano.-Ele reparou.

-Sim, mas eu não vivia com eles.-Eu reparei.

-Então tu não estás a querer dizer que vais ter saudades das pessoas. Estás a querer dizer que vais ter saudades minhas.-Ele deduziu.

-Sim, porque tu não és uma pessoa.-Eu ri e ele riu, batendo-me no braço, levemente.

-Tu percebeste, estúpida.-Ele sorriu.-Queria dizer que tu vais ter saudades minhas.

-Achei que isso fosse óbvio.-Admiti, pressionando os lábios numa linha reta.-Tenho de contar ao meu pai sobre a Tess.

-Ele está lá em baixo, podes contar-lhe.-Ele olhou para mim e eu olhei para ele.

-Não lhe quero dar mais desgostos depois do que aconteceu com a minha avó.-Eu expliquei.

-Acho que encontrar a cunhada e a sobrinha que ele nunca soube que teve não é propriamente um desgosto.-Ele disse, encolhendo os ombros.

Olhei para as minhas mãos enquanto mexia os dedos numa maneira esquisita em sinal de nervosismo.

-Eu... Eu não sei se quero conhecer a Tess.-Admiti, em parte mentindo.

-Mas eu sei que queres.-Ele olhou-me nos olhos.-Eu sei que tu sabes perdoar, Maya. É só uma questão de o fazeres com ela.

-Mas...eu...tenho receio.Não tenho a certeza de que seja isso que eu deva fazer.-Admiti, agora dizendo toda a verdade.

-Ou fazes isto, conheces a tua família e fica tudo resolvido, ou ficas mais não sei quantos meses a pensar e a massacrar-te se devias ou não contar. E a vida é demasiado curta, White, não há garantias de nada. Faz algo antes que seja tarde.-Os seus olhos fitavam cada detalhe dos meus, assim como os meus cada detalhe dos dele.-Eu vou contigo contar-lhe.

Eu assenti ainda que receosa.

-Vamos.-Acabei por dizer.

Uma das imensas coisas que eu gosto no Ashton é o facto de eu não precisar de ter a certeza quando estou com ele. Posso estar receosa das coisas mas ele faz com que o receio pareça um mero detalhe sem importância nenhuma.

Saímos os dois do quarto e descemos as escadas até à sala onde se encontrava o meu pai.

-Hey.-Ele cumprimentou.-O que se passa?

Roomies || 5SOS [Editing]Leia esta história GRATUITAMENTE!