Andrew Aka My Dad: Hoje eu e a Rose não vamos estar em casa, vamos para um hotel para celebrar a mudança. Peço imensa desculpa se isto te incomoda mas o Ash está lá por isso não estás sozinha. Voltamos amanhã à tarde.

Recebi esta mensagem do meu pai quando estava na aula de História. Mais uma vez, o meu pai não me perguntou se me importava com o facto de ficar sozinha na casa nova com o meu novo meio irmão que podia ser um desconhecido para mim, só que era pior, era meu inimigo, praticamente. Eu percebia que ele estivesse entusiasmado com o facto de viver com a Rose mas ele estava praticamente a ignorar a opinião da sua filha.

No entanto, outra parte de mim dizia-me a verdade. Ele foi infeliz durante demasiado tempo na sua vida e, apesar de poder estar a agir de uma forma um bocado egoísta, ele estava bem. Por uma vez num longo período de tempo ele estava bem, estava melhor, e eu não me sentia no direito de arruinar a sua felicidade só porque eu estava incomodada, ele não merecia isso.

A professora estava a meio de uma explicação quando a campainha tocou. A maioria dos alunos saiu toda a correr da sala nem se despendido da pessoa que estava a ensinar tudo o que há para saber sobre a história da nossa pátria. Alguns alunos, arrumavam calmamente as suas coisas enquanto outros falavam com a professora. Eu, o Calum e o Luke saímos da sala e caminhámos em direção ao cacifo.

-Então hoje à noite em tua casa, Calum?-Perguntou o loiro enquanto desciamos as escadas que se encontravam ao fundo do corredor.

-Isso soou estranho.-Comentei, olhando para o loiro com uma sobrancelha erguida.

-Eu queria dizer se hoje à noite podia ir a tua casa jogar FIFA ou assim, para celebrarmos o facto de estarmos de volta à escola.-Corrigiu o Luke e sorrindo atrapalhadamente.

-Pode ser.-Respondeu o moreno, quando alcançamos o primeiro andar daquele edifício.-Queres vir, Maya?

-Ahm...Não sei, eu tenho de desempacotar algumas coisas. Ainda por cima o meu pai e a sua namorada foram dormir fora, por isso não vou ter muita ajuda.-Expliquei, ajeitando a mochila preta que teimava em cair do meu ombro.

-Nós podíamos ir ajudar-te, isto é se tu quiseres.-O Cal sugeriu.

-Eu quero, há só um pequeno problema. O meu meio irmão. Mas sabem que mais, que ele se vá lixar. Se eu quero trazer pessoas para a minha casa, eu trago-as.-Afirmei, quando chegámos aos cacifos.

-É isso tudo, miúda!-O Luke encorajou e tirou alguns livros do cacifo que lhe estava destinado.

De repente, alguém me tocou no meu ombro e eu virei-me para trás.

-Também recebeste a mensagem do teu pai?-Era o Ash.

-Sim.-Respondi.

-Parece que vamos ser só nós os dois.-Disse ele, piscando o olho e metendo-se comigo pela milionésima vez.

-Na verdade, eu convidei o Calum e o Luke para irem lá a casa.-Expliquei, apontando para os dois rapazes que observavam a situação estupefactos e de queixo caído.

-Ah, ok. Calum e Luke, não é?-O Ash questionou, apontando primeiro para o loiro e depois para o moreno.

-É ao contrário.-O rapaz de olhos azuis corrigiu.

-Está bem, até logo.-Ele despediu-se, deu meia volta e saiu da nossa beira.

-O Ashton é o teu meio irmão?!-Perguntou o rapaz de olhos azuis, mal o rapaz das covinhas desapareceu da nossa vista.

-Sim. Vocês conhecem-se? Ele sabia os vossos nomes.-Eu reparei.

-Ele sabe quem é praticamente toda a gente. E garanto-te que toda a gente aqui sabe quem ele é.-O Cal explicou.

Roomies || 5SOS [Editing]Leia esta história GRATUITAMENTE!