Assim que cheguei à escola no dia seguinte com o Ashton o Luke veio a correr para a nossa beira.

-Eu não acredito! Ok, acredito! Mas ainda assim é um máximo! Mal posso esperar!-O rapaz loiro disse rapidamente e eu mal percebi o que ele disse.

-Luke, explica-te.-Eu pedi.

-No fim de semana de dia 30 e 31 de Janeiro vai haver um festival aqui na cidade. E adivinha quem é que eles convidaram para tocar?

-Os Blink-182?! Boa!-Disse o meu meio irmão.

-Não! Apesar de também ser muito fixe se eles fossem tocar lá. Os 5 Seconds of Summer! Vamos ter o nosso primeiro concerto num pequeno festival!-O rapaz de olhos azuis estava animadíssimo.

De repente a campainha tocou.

-Bem, vamos indo para a aula Luke?-Perguntei.

-Yupe.-Ele disse e começámos a andar até à sala.-Até logo, Ashton!-Ele virou-se para trás e despediu-se do meu ex-inimigo. Rapidamente voltou-se para a frente e perguntou.-Vocês ainda estão zangados?

-Também já sabes disso?

-Yupe. Ele contou-me no sábado.

-O que é que ele disse?

-Que tinhas sido uma estúpida só porque ele foi para a cama com uma gaja e disse que ele fazer isso era completamente normal.

Chegamos à sala antes que a conversa pudesse terminar e não falamos mais sobre esse assunto.

***

Não tardou a chegar esse tal fim de semana. Era dia 30, um sábado, e, felizmente, não estava a chover. O concerto ia ser no domingo por isso hoje todos os rapazes tinham conbinado encontrar-se na casa do meu namorado para ensaiar. Ele tinha feito anos na segunda-feira passada e nós tínhamos planeado uma festa surpresa para ele. Assim que ele acabasse o ensaio o Luke ia pedir-lhe boleia para casa e assim que ele chegasse à casa do loiro ia ver que tinha uma festa à sua espera.

Não, ainda não fiz as pazes com o Ashton. E sim, sinto a falta dele mais do que nunca. Quando ele disse que passou aqueles anos todos a odiar-me e que conseguiu viver eu pensei que iria conseguir fazer a mesma coisa. Mas a verdade é que me aproximei demasiado dele. E agora não, não estou a viver. Até podia estar longe dele e não lhe falar mas se apenas soubesse que entre nós estava tudo bem, acho que ficaria melhor do que estou agora.

-Podes por estes balões ali?-Perguntou o Jack acordando-me dos meus pensamentos. Ele era o irmão mais velho de Luke e estava a ajudar-nos a preparar a festa.-Rápido, eles devem estar quase a chegar.

-Claro.-Respondi pegando nos balões e colocando-os no sítio indicado.

Da família do Luke apenas os irmãos estavam em casa, mas eles iam sair assim que a festa terminasse para "deixar em paz a juventude" segundo eles. Os pais dele tinham ido numa viagem de trabalho durante o fim de semana e só iam voltar no domingo à noite.

Alguém tocou à campainha passado pouco tempo.

-Escondam-se!-Disse o Ben, o outro irmão dele, a todas as pessoas que estavam lá em casa, que eram as pessoas da nossa turma, algumas da nossa escola e alguns amigos dele.

Assim o fizemos.

-Olá, mano!-Cumprimentou ele abrindo a porta.-Olá, Calum! Fizeste anos há pouco tempo, não foi? Parabéns!

-Obrigado.-Ele agradeceu.

-Ficas para jantar?-Perguntou o meu amigo loiro.

-Claro que fica!-Respondeu o irmão dele pelo Calum.-Entrem.

Roomies || 5SOS [Editing]Leia esta história GRATUITAMENTE!