A leitura deste capítulo não influência lá grande coisa a história mas é natal e ninguém leva a mal (eu sei que isto é do canaval mas ignorem). Quero que saibam que, para mim, o fim da história é no capítulo 100, isto é apenas um acréscimo completamente desnecessário que serve apenas para matar saudades e celebrar o que é realmente importante: Mayshton. Ainda não sei se mais tarde vou eliminar este capítulo ou não (muito provavelmente sim) mas aqui está ele. Decidi fazer isto como um presente para as minhas Roomiers que são simplesmente incríveis ❤ não é nada de especial mas admito que durante estes meses tive saudades dos super-heróis das bolas xD

Desculpem desde já a quem pensou que era uma segunda temporada. Por muito que eu gostasse de a fazer, não acho que fosse boa ideia, até porque não sei de que maneira a faria sem a tornar mais uma mera fanfic.

Não sei se o capítulo está lá muito bom porque eu já não escrevo isto desde o dia 17 de julho...são alguns meses mas bem, veremos.

Ainda não revi o capítulo por isso poderá ter erros ortográficos causados pelo meu estúpido e com-a-mania-que-sabe-escrever-tudo corretor automático!

De qualquer maneira, boa leitura!

-------

E tropecei, deixando cair o meu chocolate quente que acabara de trazer da Starbucks. Olhei para o chão à minha frente na rua, ignorando os olhares desarovadores das pessoas a meu redor, pensando apenas que nunca na minha vida, jamais, nem em sonhos iria beber aquele chocolate quente duplo com marshmallows. Ok, talvez em sonhos eu pudesse beber mas vocês entenderam o que eu quis dizer.

R.I.P - Naya. O Stanley intreviu, usando o nome que o empregado tinha escrito na parte lateral do copo de papel.

Seria assim tão difícil perceber que o meu nome era Maya e não Naya? Nem sequer faz sentido.

-Não adianta chorares sobre o leite derramado, boneca.-Ouvi aquela voz familiar a dizer e rapidamente olhei para cima, revirando os olhos ao que ele me chamou, levantando-me e encontrando aqueles doces olhos cor de avelã.-Ou deverei dizer sobre o chocolate quente com marshmallows derramado?

-Duplo chocolate quente com marshmallows derramado.-Corrigi e ele pôs a sua mão no meu ombro.

-Lamento a tua perda.-Ele disse numa voz dramática.-Mas fizeste uma grande porcaria aqui no chão, Maya, francamente.-Ele advertiu sorrindo, enquanto eu olhava para o chão.

-Saímos daqui e fingimos que eu não fiz nada?-Sugeri e ele assentiu.

-Sempre tão correta, estou orgulhoso.-Fingiu limpar uma lágrima no canto do olho enquanto eu me ria e ambos começámos a andar pelas ruas de Nova Iorque.

-Não queres voltar à Starbucks e pedir outro?-Ele questionou.

-Está muito longe.-Eu apenas disse, esticando a mão e tentando alcançar a loja atrás de nós.

-É esse o espírito, mulher!-Exclamou, e depois olhou para os seus sapatos.

Olhei para ele e sorri, avaliando a sua expressão de alegria enquanto me recordava de tudo o que acontecera no ano letivo anterior.

-Estou feliz por estares aqui.-Admiti e ele desviou o seu olhar do chão cheio de neve para os meus olhos castanhos.

Ele sorriu calorosamente e, apesar de tudo o que acontecera naqueles meses em que não nos víramos, o meu coração derreteu um pouco.

Roomies || 5SOS [Editing]Leia esta história GRATUITAMENTE!