-Não sei o que pretendes fazer, mas ir a um clube de strip não é propriamente a minha cena, Ash.-Disse eu assim que ele estacionou o carro em frente a um bar de alterne.

-Vem, tu vais gostar.-Ele assegurou com um sorriso na cara e eu olhei-o como se dissesse "perdeste o juízo de vez?".-Vem e cala-te, vá.-Ele pediu e saiu do carro.

Ainda que um pouco confusa eu fiz o mesmo que ele e segui-o até à porta preta que era a entrada daquele estabelecimento. Assim que lá chegámos ele bateu à porta e um senhor alto e robusto abriu a mesma.

-Estamos fechados, só abrimos à noite.-O homem disse de uma forma seca.

-Eu sei. O meu nome é Ashton Irwin.-O meu "irmão" disse e o senhor rapidamente nos deu passagem.

-Sigam em frente e entrem naquela porta ali ao fundo.-O homem que na minha opinião era assustador disse e o meu ex-inimigo começou a andar.

-Eles até já sabem o teu nome? Quantas vezes por semana é que vens aqui?-Perguntei seguindo atrás dele até à porta que o senhor nos tinha indicado e evitando olhar para as raparigas que ensaiavam a dança de varão que, provavelmente, iam fazer nessa noite.

Porque é que vieste mesmo, Maya? Estás mesmo num clube de strip com o teu meio irmão? Se alguém te dissesse que isto ia acontecer quando estavas no oitavo ano tu ias rir à gargalhada. Eu sei disso, Tribbiani.

-Roomie, pensa um bocado e percebes porque é que estamos aqui.-O Ashton bateu à porta que o senhor nos tinha indicado.

-Tu queres que eu venha para aqui fazer strip?! Boa sorte com isso, não vais conseguir obrigar-me.-Deduzi e comecei a andar em direção à saída mas a mão do meu meio irmão agarrou no meu braço e impediu-me de andar.

-Este é o clube onde trabalha a Jannet, oh inteligente. Ela disse para a encontrarmos aqui e ela ia dar-nos o vídeo com a reação do Calum.

-E ela não sabia combinar noutro sítio?-Reclamei eu, visivelmente incomodada com as raparigas que se encontravam a dançar naquela sala.

-Não sei qual é o problema deste sítio.-Ele sorriu de uma forma parva e olhou para todas as dançarinas que ali estavam.

-Pedófilo.-Comentei eu e dei-lhe um murro no braço.

-Pedófilo é um homem que gosta de crianças, por assim dizer. Eu tenho 17 anos e aos olhos da lei ainda sou uma criança, além disso estas raparigas não são crianças nenhumas o que faz de mim um não pedófilo.-Ele lembrou enquanto passava a sua mão pelo braço onde eu tinha dado um murro.

-Tarado, então.-Eu corrigi no momento em que uma rapariga abriu a porta. Rapidamente reconheci a sua cara: Jannet.

-Aqui está a pen com o vídeo, meninos.-Ela disse com um sorriso doce na cara e entregou-nos o dispositivo.-Gostava de falar com vocês agora mas tenho de me pôr pronta para hoje à noite.

-Muito obrigada.-Agradeci eu.

-De nada, Maya. Já agora, a reação dele foi hilariante! Foi um prazer ter-vos ajudado com isso.-Ela garantiu com um certo ânimo na voz.

-Acho que eu e a minha maninha vamos gostar de ver isto.-Ele sorriu para mim e eu sorri-lhe de volta.

***

-Preparada para te rires à brava?-Perguntou o Ashton enquanto ligava o computador.

-Eu nasci preparada.-Respondi eu deitando-me ao lado dele na sua cama.

-Estamos deitados na mesma cama. Quem diria.-Ele comentou e colocou a pen no seu portátil, abrindo a pasta onde o vídeo estava de seguida.

-Vamos mas é ver isto e nada comentários obscenos.

Roomies || 5SOS [Editing]Leia esta história GRATUITAMENTE!