-É dia de Natal! Acordem dorminhocos!-Gritou o Jake batendo à porta do nosso quarto.

-Estou com sono, cala-te!-Ordenei eu.

-Voltaram a dormir juntos?-Perguntou ele ainda com a porta fechada.

-Sim!-Respondeu o Ashton.-Só há uma cama.

-Despachem-se, então!-Ele pediu.-Vamos abrir as prendas.

O meu ex-inimigo levantou-se  pegou num robe e vestiu-o. Levantei-me e, antes que ele pudesse abrir a porta e sair do quarto, abracei-o.

-Quantos dias mais é que vou ter de aturar estes comportamentos lamechas?-Perguntou ele fingindo que não gostava daqueles abraços.

-Não sei, mas tão cedo não te vês livre deles.

-Bolas!-Reclamou ele, sorrindo.

-Devias ter pensado nisso antes de me dares a melhor prenda de Natal de sempre.-Afastei o abraço e sorri. Ele sorriu de volta.

-Tens razão, da próxima não te faço surpresa nenhuma.

Fiz beicinho e ele riu-se.

-Não é por mal, Maya. É só que acho que isto anda a estragar a nossa relação de suportação/ódio.

-Suportação/ódio?

-Sim, é como amor/ódio mas nesta relação tu apenas suportas a pessoa ou odeias.

-É, tens razão, estamos mesmo a estragar a nossa relação suportação-ódio.-Disse eu fingindo que estava muito preocupada.

-Não te preocupes, boneca. Tudo se resolve.

-E lá voltaste tu ao "boneca".-Reclamei eu.

-Eu fiz de propósito, oh inteligente. Assim voltamos à nossa relação inicial.-Ele sorriu. Revirei os olhos.

-Vês, aí está ela. A minha inimiga: Maya White.

Eu ri-me e dei-lhe um murro no braço. Abri a porta do quarto, saí e fui para a cozinha com o Ash atrás de mim.

-Feliz Natal!-Disse assim que abri a porta daquela divisão.

-Estás muito animada, filha.-Comentou o meu pai sabendo que eu não me entusiasmo muito com o Natal.

-Óbvio que estou. A alegria está no ar.

-Cá para mim ela quer é receber prendas.-Disse o tio do Ashton.

-Acho que já recebi a melhor prenda de todas.-Pisquei discretamente o olho ao meu ex-inimigo e ele sorriu.

-Que prenda foi essa?-Perguntou o meu pai desconfiado.

-Deve ter sido o Calum que lhe mandou uma mensagem de Natal.-Comentou o Logan com um sorriso preverso na cara.

-Por acaso foi.-Concordei eu, mentindo. Obrigada, Logan por me ajudares a mentir sem te aperceberes.-Ele disse que me amava e que esperava que eu tivesse um feliz Natal.

-Espero que tenha sido só isso.-O meu pai ainda estava desconfiado.-Não quero que andes muito com esse rapaz. Não gosto dele.

-Isso pode ser um problema visto que ele é o meu namorado.-Lembrei eu um pouco irritada.

-Vamos abrir as prendas, então?-Perguntou o Jake tentando aliviar o ambiente que de súbito tinha ficado pesado.

-Sim!!-Disse o Ash saltando.

-Pareces uma criança, filho.-Comentou a Rose.

-Ele não parece, ele é.-Corrigi eu.

***

Roomies || 5SOS [Editing]Leia esta história GRATUITAMENTE!