Capítulo 63: Prisão se transforma em desastre

804 142 38
                                    

Li Wei Yang saiu do salão principal e lentamente soltou um suspiro de alívio. Bai Zhi estava esperando do lado de fora, quando viu Li Wei Yang saindo, ela correu apressadamente: "Xiaojie".

Li Wei Yang olhou para ela e viu lágrimas piscando nos cantos dos olhos. Ela inconscientemente suspirou e disse: "Você ainda está chateada com o que aconteceu com Zi Yan?"

Bai Zhi enxugou as lágrimas e disse: "Xiaojie, Nubi e Zi Yan entraram juntos na residência. Claro, nosso relacionamento era mais próximo que os outros. Mesmo que ela trouxe para si mesma, ela morreu tão miseravelmente. Nubi realmente sente..."

Li Wei Yang assentiu. Quando San Furen enviou alguém para lhe dizer que Da Shaoye puniu Zi Yan e até a torturaram até que ela morresse, ela imediatamente pensou nessa ideia. Conhecia Li Xiao Ran bem; quando havia alguém que ameaçava comprometer sua reputação e status, não havia como perdoar isso!

Os olhos de Li Wei Yang olharam em volta e de repente ela franziu o cenho: - Min De e San furen foram embora?

O rosto de Bai Zhi estava em branco, ela disse: "San furen voltou, mas San Shaoye não foi visto".

Desde o início do banquete, essa criança estava agindo de maneira estranha. Li Wei Yang pensou nisso e ainda achava que havia algo errado, ela disse: "Venha comigo e procurar por ele."

Elas voltaram enquanto procuravam por ele. Por fim, viram uma figura familiar em um degrau do pavilhão no jardim tranquilo.

Li Wei Yang ficou atordoada, ela rapidamente se aproximou.

"Sanjie". Li Min De estava sentado no degrau enquanto falava em voz baixa.

A luz da lua brilhava em seu rosto, fazendo parecer que seus lábios estavam fracamente clareados.

"Por que você está sentado aqui sozinho?" Li Wei Yang estendeu a mão para ele. A mão dela acabara de alcançá-lo quando se assustou com a temperatura fria do corpo dele. Ela disse a Bai Zhi para trazer sua capa.

Bai Zhi virou-se e depois se afastou, deixando os dois sozinhos no pavilhão.

Li Min De não levantou a cabeça, seus longos cílios estavam caídos: "Sanjie, o que aconteceu hoje, você planejou isso com a mãe, não é?"

Li Wei Yang olhou sem expressão, não sabia como responder. Da fang pensou abertamente e secretamente em assumir os ativos da San fang. Antes, San furen não estava bem e isso era tudo o que Da furen estava fazendo. Agora San Furen estava simplesmente devolvendo o favor. Não havia nada de errado nisso, mas Min De ainda era criança, afinal, ele seria capaz de entender?

"Min De, você não deve se preocupar com essas coisas, volte rapidamente para casa, não fique resfriado." Ela puxou o braço dele novamente.

Ele ainda não se mexeu e apenas franziu as sobrancelhas, disse: "Quero ficar aqui mais um pouco".

"O que está acontecendo com você hoje à noite?" O rosto dela revelou uma camada de raiva leve: "Você vai voltar ou não!"

"Eu não vou voltar!" Li Min De de repente falou com uma voz alta e os olhos de Li Wei Yang estavam ficando frios. Ela não seria de bom coração em relação a ninguém sem qualquer motivo. Se ela e Li Min De não estabelecessem um relacionamento em bons termos, ela nem se importaria se ele congelasse até a morte.

"Tudo bem, se você não estiver saindo, então eu irei." Li Wei Yang se virou.

Um sussurro relutante foi ouvido por trás: "Você esconde tudo de mim......"

Li Wei Yang de repente virou a cabeça e olhou para Li Min De. Ela estava pensando que essa criança ainda era jovem, mas sua mente estava madura.

"Não pretendíamos esconder isso de você. É só que é melhor para você saber menos uma dessas ações usadas para enquadrar outros1." Também não podíamos deixar uma criança se envolver nisso ".

The Princess Wei Yang ( The Concubine's Daughter is Poisonous )Onde histórias criam vida. Descubra agora