Capítulo 28: Mulherengo

1.5K 240 34
                                    


Li Wei Yang gostava de verdade do Li Min De porque nos olhos dele, ela conseguia sentir um tipo de anseio que não queria se separar. Embora a San furen fosse a mãe adotiva dele e trate-o como um filho verdadeiro, a personalidade dela era indiferente e reservada. Então na maior parte do tempo, isso fez o Min De sentir-se extremamente solitário.

No jardim do pavilhão, Li Wei Yang contou silenciosamente de novo as histórias da vida dela na vila. Ela falou para ele sobre a época que dobrava a calça dela e percorria a água apenas para recolher ovos selvagens de pato.

Depois ela criaria fogo na margem do rio e cobria os ovos com areia quente para cozinhar. Então, ela iria devorar cada um deles até que não sobrasse nenhum.

Li Min De escutou atentamente com os olhos cheios de anseio.

Ao viver na mansão do primeiro ministro, ele nunca experimentou algo desse tipo. Não apenas ele sentia que era um novo tipo de vida, Min De poderia também experimentar a liberdade na descrição da Wei Yang.

Ele piscou e disse, "San jiejie, um dia desses, eu quero visitar esse lugar onde você viveu antes."

Li Wei Yang encarou aqueles olhos que revelavam o quanto ele queria bater as asas e voar para longe, riu e disse, "Criança boba, não é um lugar em que você possa brincar."

Li Min De levantou a cabeça e encarou a Li Wei Yang. Sob o sol, o rosto dela revelava juventude, como o céu de primavera límpido. Mas naqueles olhos pretos, era difícil de dizer se ela estava feliz ou triste. Era um par de olhos complicado demais para se ler. Essa San jie, ela realmente era diferente de todo mundo, Li Min De pensou consigo mesmo.

No outro lado do jardim, Li Zhang Le tinha acabado de passar pelos jardins ornamentais quando de repente, ela se assustou com uma figura pulando do nada.

Nota: **biao ge/biao mei – forma de se referir ao primo(a)

"Biao mei!" Quando estas palavras foram ditas, um rapaz vestido com uma túnica longa de seda pulou de trás dos jardins ornamentais aparecendo e bloqueando o caminho dela.

Li Zhang Le reconheceu quem era essa pessoa e sorriu.

A tia biológica da Li Zhang Le se casou com o general Zhong Yong. Depois, Zhong Yong herdou a posição de nobreza como marquês de Boas Chang. O filho mais velho deles, Gao Yuan, entrou no palácio e se tornou o parceiro de leitura do príncipe herdeiro. Durante o atentado de assassinato do príncipe herdeiro, ele levou a flecha pelo príncipe herdeiro e morreu jovem. O príncipe herdeiro estava extremamente triste sobre a morte de Gao Yuan e suplicou ao imperador para recompensar a mãe dele com o glorioso título de Wei Guo furen.

Desde que o filho mais velho morreu, Wei Guo furen começou a mimar o outro filho, Gao Jin. E esse filho era atraente, embora ele parecesse uma boa pessoa, foi criado para ser um mulherengo. O comportamento dele atraiu a atenção do marquês Bo Chang e diversas vezes, o marquês tinha ficado tão bravo que ele queria ensinar ao Gao Jin uma lição toda vez, mas a Wei Guo furen iria intervir para protegê-lo. Era por isso que daquela vez, Gao Jin foi o aluno preferido do primeiro ministro Li. O marquês ia visitar regularmente a mansão do primeiro ministro com o Gao Jin por duas razões. A primeira era que, o marquês esperava que os estudos do Gao Jin trariam bons resultados para satisfazer a ganância dele e a segunda, ele queria se apoiar na fama da reputação do primeiro ministro.

Embora o Gao Yuan e o Gao Jin fossem de fato irmãos de sangue, eles não pareciam ter nascido da mesma mãe. Gao Yuan foi jovem, talentoso e educado. Por outro lado, Gao Jin não passava de um mulherengo. O primeiro ministro tentou ensinar ao Gao Jin diversas vezes, mas ao ver que ele não levava os estudos dele a sério, o primeiro ministro desistiu.

The Princess Wei Yang ( The Concubine's Daughter is Poisonous )Onde as histórias ganham vida. Descobre agora