Capítulo 12: As habilidades de preparo de chá

1.7K 246 22
                                    


Ela estava envolvida em escuridão, quando o sangue escoou das pernas quebradas, sendo torturada dia após dias...

Li Wei Yang acordou do pesadelo, molhada de suores frios. Mesmo as roupas e lençóis estavam molhados de suores frios.

Ela estava pintando até que o Bai Zhi levantou as cortinas azul-piscina e perguntou em uma voz baixa: "San xiaojie, você está bem?"

Li Wei Yang instintivamente encarou a cama com um design estampado. Ela estava apenas sonhando. Ela ainda estava viva. Cega na escuridão, Li Wei Yang tinha uma vaga expressão no rosto dela. Algumas mechas do cabelo dela molhadas de suor, tinham emaranhado na testa dela.

"San xiaojie, você teve pesadelos de novo?", Bai Zhi perguntou cautelosamente. "Você quer beber alguma água?"

Li Wei Yang balançou a cabeça dela.

Logo depois, Mo Zhu entrou e perguntou em uma voz gentil: "Você não está sentindo-se bem, San xiaojie?"

Mo Zhu e Bai Zhi estavam na vigia noturna hoje. Li Wei Yang rapidamente encarou Bai Zhi.

Bai Zhi era uma serva esperta. Li Wei Yang pensou que, esse ano, os Li em Ping Chen tinham presenteado Bai Zhi e Zi Yan para ela.

Infelizmente, ela tinha pena das duas sentindo-se mal por elas terem que sofrer junto com ela, então nunca se aproximou das duas. Ela tinha escutado que o conselho da Da furen permitia que elas fossem embora e começassem a própria família delas. Agora, ela precisava de alguma ajuda e estas duas servas também precisavam serem testadas mais uma vez.

Mo Zhu, era a servente Meng Shi de segundo rank do Lao furen. Depois, ela foi promovida para o primeiro rank de servente, quando ela foi ordenada para servir a San xiaojie.

Depois de escutar a explicação de Bai Zhi, Mo Zhu se virou e saiu para recolher a água quente que estava sendo fervida no fogo. Retornando com a água quente, ela disse:"Nubi ajudará xiaojie a banhar-se".

Li Wei Yang concordou.

Mo Zhu foi rápida. Ela derramou a água quente em uma banheira e pegou um pano feito de serapilheira, perfumado com uma fragrância. Depois, ela mergulhou isso na água e auxiliou Bai Zhi em banhar e trocar as roupas de Li Wei Yang.

Depois de trocar as roupas úmidas, o humor de Wei Yang estava melhor e deixou-a mais calma. Ela olhou para as duas servas e sorriu. "Não há mais nada para ser feito. Vocês duas deveriam ir descansar. Se eu precisar de alguma coisa, irei chamar vocês."

Ao longo da tarde, Zi Yan trouxe uma cumbuca verde de cerâmica.

Ela disse, "San xiaojie, isso foi entregue pela cozinha. Eles disseram que o Laoye convidou alguns convidados hoje, então eles não foram capaz de preparar o almoço. Você deveria tomar a sopa de galinha primeiro."

Wei Yang não era como Zhang Le, que tinha a própria cozinha privada, em vez de comer com todos. Ouvindo Li Yan, Li Wei Yang simplesmente sorriu e disse, "Ok". Ela abriu a pálpebra e com um breve olhar, percebeu que a sopa de galinha estava fria. Haviam apenas quatro peças de frango na sopa, a cabeça, o pescoço, a bunda e o peito. No entanto, eles eram mais ossos. Nada era comestível.

Li Wei Yang pôde apenas sorrir.

Haviam regras para serem seguidas em Li jia. Na superfície, o jeito que eles tratavam os filhos de concubinas parecia justo e anula o favoritismo. As decorações eram todos caros e luxuosos itens. Pela aparência, parecia como se Da furen era uma pessoa extremamente justa. No entanto, todos esse itens caros registrados e localizados. Não poderiam ser jogados fora ou danificados, do contrário alguém teria que compensar por isso. No total, ela tem apenas duas dois conjuntos de roupas que eram apresentáveis na frente dos convidados. Ela já esteve aqui por um mês. Apesar da Da furen frequentemente mandar pessoas para tirar medidas para novas roupas sob medida, na verdade aquelas roupas não foram feitas.

The Princess Wei Yang ( The Concubine's Daughter is Poisonous )Onde as histórias ganham vida. Descobre agora