Capítulo 52: Ventos subindo dentro de casa

860 181 81
                                    

À noite, Li Wei Yang estava prestes a dizer aos seus servos para prepararem o banho quando ouviu gritos no quintal, franziu o cenho e perguntou: "O que há com o barulho lá fora?"

Mo Zhu respondeu imediatamente: "Irei dar uma olhada."

Li Wei Yang pensou e disse: "Traga a pessoa para dentro".

"Sim."

"Os servos de Da Xiaojie estavam me intimidando ......" Mo Zhu trouxe uma pequena yatou que estava chorando e tinha a marca vermelha de uma marca de mão na bochecha.

"O que está acontecendo?"

"Xiaojie, huumm, huumm, huumm, estava quase na hora do banho de Xiaojie, então eu fui buscar um pouco de água. Quando terminei de buscar água quente, alguém me empurrou e me fez largar a chaleira. Eu vi que era serva de Da Xiaojie, então segurei minha frustração e enchi novamente a chaleira. Mas quem saberia que ela tiraria com força de mim e me daria dois tapas; Nubi não aguentou mais, então discuti com ela. Então, ela me segurou no chão e me bateu, exclamando que San Xiaojie não é ninguém. Da Xiaojie precisa tomar banho, quem ousa brigar com ela!

"Sério?" Li Wei Yang viu os ferimentos no corpo da pequena yatou, não parecia mentira.

O pequeno yatou gritou alto: "Da Xiaojie sempre usou leite para tomar banho, ela nunca usa água quente; na verdade, eles simplesmente queriam nos intimidar..."

Li Wei Yang olhou para ela, suspirou e disse a Bai Zhi: "Dê a ela lanches e pratas".

Bai Zhi rapidamente seguiu suas instruções. Uma vez que a pequena yatou recebeu consolo, ela enxugou os olhos e depois se afastou. Quando saiu, seus ombros estavam tremendo.

Li Wei Yang calmamente balançou a cabeça, ela disse: "A partir deste dia, sem minhas instruções, ninguém aqui poderá sair."

"Xiaojie! Como você pode tolerar tudo ?! Bai Zhi voltou, com o rosto ainda irritado.

Li Wei Yang estava sentada perto da janela com a bochecha apoiada na mão direita, ela balançou a cabeça enquanto olhava para o outro yuanzi onde os artistas estavam cantando. Li Chang Le adorava assistir apresentações. Originalmente, Da Furen a conteve, mas agora ela cumpria todos os seus desejos. Aparentemente, esse par de mãe e filha era muito alegre. O par de olhos justos de Li Wei Yang tinha uma camada de sombra sob a luz das velas, seu tom disse levemente: "Bai Zhi, vamos assistir em silêncio"
O progresso do desenvolvimento foi contrário às expectativas de todos.

Disseram que a imperatriz viúva poderia convocar Li Chang Le. Da Furen e sua filha pensaram que era hora de serem recompensadas ​​e imediatamente costuraram novas roupas. Procuraram o alfaiate da melhor loja de tecidos para lhes trazer pessoalmente tecidos de qualidade superior e rapidamente fizeram as roupas para o dia em que foram convocadas para o palácio. Todo mundo pensou que seria recompensado em seguida, mas quem teria pensado em meio mês, as coisas mudaram de repente para pior.

A família Li não recebeu nenhuma recompensa. Pelo contrário, o primeiro ministro Li foi convocado no palácio pelo imperador. O primeiro-ministro ficou de cabeça baixa enquanto foi repreendido pelo imperador. Ele voltou de mau humor, a primeira coisa que fez foi correr para o yuanzi de Li Wei Yang, disse exasperadamente: "Wei Yang, saia!"

Li Wei Yang ouviu a voz dele na sala, mas ela não estava perturbada. Sorriu agradavelmente ao sair e disse: "Pai, o que aconteceu?"

Li Xiao Ran reprimiu com força sua raiva: "Que ideia você teve?! Você sabe que algo sério aconteceu nas regiões de desastre ?!

Li Wei Yang piscou os olhos e disse inocentemente: "Pai, que ideia Wei Yang teve?"

Li Xiao Ran ficou surpreso, ele disse depois: "Esta política de desastres em cinco etapas..."

Os olhos de Li Wei Yang brilharam, seu rosto ainda tinha uma expressão inocente: "Pai, você deve ter se lembrado errado, esse plano foi inventado por Da jie".

Li Xiao Ran abriu os olhos grandes, suprimiu a raiva e disse: "Qual é o significado por trás de suas palavras?"

Li Wei Yang sorriu calmamente: "Pai, você disse isso. A excelente ideia de Da jie é incomparável. Ela é uma mulher Zhuge Liang. Se surgirem problemas, você não deveria perguntar a Da jie?

Li Xiao Ran enfureceu-se: "Wei Yang! Você veio com esse plano! Agora que os problemas surgiram, você deve assumir a responsabilidade por isso! "

Li Wei Yang sorriu brilhantemente: "E por que isso?"

Li Xiao Ran estava muito zangado por não poder pronunciar mais palavras.

"É porque eu não cresci ao lado do pai, então os créditos por meus méritos devem ser dados a amada Da jie do pai. Mas quando surgem problemas, tenho que sair e resolvê-los? Ela eloquentemente falou cada palavra e cada frase.

"Wei Yang! Como você pode dizer essas palavras! Eu sou seu pai!" Li Xiao Ran expressou ironicamente.

Li Wei Yang olhou para ele, sua expressão não mostrava um traço de inimizade: "Então, pai, o que você quer que eu faça?"

Li Xiao Ran involuntariamente subiu um degrau: "Claro, é inventar uma contra medida!"

"Pai, eu sou apenas uma yatou que cresceu no campo, que tipo de ideia eu poderia ter?" A voz de Li Wei Yang era suave e gentil, parecia que ela era uma garota adorável apenas dizendo que não gostava de pérolas, mas gostava mais de jade. No entanto, as palavras que saíram de sua boca deixaram Li Xiao Ran ainda mais irritado. Ele disse a si mesmo para não ficar frustrado, precisava de um favor dela, e olhou fixamente nos olhos dela: "Wei Yang, pai sabe que você está fazendo isso por despeito, mas não pode fazer isso agora. É porque usamos a sua ideia de que houve tumultos nas regiões. Mesmo que soldados sejam enviados para lá, mas a opressão não é uma solução. Você deve ter uma ideia, certo? Li Wei Yang sorriu: "Pai, você tem muita fé em mim, vou dizer mais uma vez, não tenho solução."

Li Xiao Ran bateu com força o pé: "Wei Yang!"

Li Wei Yang olhou atentamente para os olhos dele, ela disse friamente: "Pai! É porque você é minha pessoa mais respeitada, é por isso que estou falando com você aqui. Embora tenha tido essa ideia, mas sou apenas uma garota de 13 anos, que tipo de ideia você acha que eu posso ter? Em vez de confiar em mim, por que não perguntar aos outros hóspedes da residência! Ou pergunte a Da ge, um homem de grandes talentos! Ou mesmo Da jie, uma mulher de beleza atraente! Papai investiu muito tempo nessas pessoas, agora é hora de retribuir a você! "

Li Xiao Ran foi impedido por sua maneira imponente, a boca aberta, a língua torcida enquanto olhava para a filha.

Como ele poderia ser intimidado por uma garota de treze anos? Por que ele sentiu que ela tinha algo que o fez se sentir aterrorizado? Por que ele teve uma premonição de recorrer a medidas leves e severas, Li Wei Yang não lhe deu uma resposta? Talvez ela realmente não soubesse? Na verdade, ela era apenas uma criança, mesmo que ela apresentasse o plano, era pura sorte. Agora que surgem problemas, ela definitivamente não admitiria... Li Xiao Ran não emitia mais um som, toda vez que ele encarava essa filha dele, se sentia um pouco culpado e arrependido. Embora esses sentimentos fossem mínimos, não podia admitir que, comparado a Li Chang Le, as coisas que dava a essa criança eram muito pequenas.

Depois de um tempo, ele disse: "Você realmente não tem ideias?"

Os olhos de Li Wei Yang se iluminaram, seu tom cordial: "Pai, Wei Yang não tem solução."

Li Xiao Ran desabafou sua raiva. Ele olhou para Li Wei Yang para ver o que mais ele queria dizer. Ele ponderou, finalmente suspirou e depois saiu rapidamente.

Ouvindo de lado, Bai Zhi estava assustada ao ponto de suas costas estarem encharcadas de suor. Ela realmente não sabia, quando sua Xiaojie se tornou tão ousada. Ela se atreveu a falar contra Laoye. Ela ficou perplexa enquanto continuava assistindo Laoye sair agressivamente. Mesmo que ele tenha desistido, foi definitivamente...

Mo Zhu aproximou-se cuidadosamente e disse: "Xiaojie, os ventos estão começando a soprar do lado de fora".

Li Wei Yang sorriu: "Sim, os ventos estão soprando mais forte."

Tradução: JJ
Revisão: Momoi

*Lembrem-se de comentar para apoiar a Staff*

The Princess Wei Yang ( The Concubine's Daughter is Poisonous )Onde as histórias ganham vida. Descobre agora