Gerard Way

733 94 120
                                    


Yoooo!!!! como vocês estão?

Esperamos que bem.


Então...Esse capitulo tem muitas coisa, ele se passa na véspera de natal... E bem...não sei o que dizer aqui...só espero que gostem...

Boa leitura a todos...

_

_

_



Eu e Michael tivemos nossa primeira briga como irmãos... Quer dizer, não fora bem uma briga... Era mais um breve desentendimento.

Certo... A quem queria enganar? Fiquei bem bravo com ele e fiz birra como uma criança mimada, o acusando de estar do lado de Frank e não do meu.

O que era uma grande mentira, já que meu irmão, sendo uma pessoa de boa índole não tomava lados, mas o fato de falar coisas que eram óbvias e certas me irritava.

Foi o que aconteceu quando ele me chamou três dias antes da Véspera do Natal e me deu uma bela bronca pela forma como eu vinha tratando Frank.

O que, diga-se de passagem, era inadmissível. Eu era o mais velho, eu que devia dar broncas.

Contudo naquela ocasião, Mikey estava certo.

Talvez fosse minha cabeça dura ou até um pouco de birra, entretanto graças a isso estávamos há três dias sem nos falarmos e o clima enquanto preparávamos a ceia de Natal estava absurdamente...

Engraçado.

Porque nunca em minha vida pensei que viveria aquele tipo de situação.

Estar zangado com meu irmão por ele ter razão...

- Krist, pede pro Mikey pegar as azeitonas na geladeira, por favor? - falei para minha cunhada que se encontrava sentada em uma cadeira amamentando minha sobrinha enquanto observava toda nossa criancice.

Ela revirou os olhos e suspirou.

- Michael, pegue as azeitonas pro Gee... - meu irmão abriu a geladeira pegando o pote em questão e o colocando sobre a pia ao meu lado.

- Gerard, você realmente não vai falar comigo? – me questionou com a mão ainda emc ima do vidro de azeitonas.

- Krist, pode falar para o seu marido que não falo com traidores?

Krist acabou rindo dessa vez e olhando para Michael – Acho que não, amor.

Michael suspirou e deixou enfim o pote livre ao que o peguei antes que ele voltasse a por as patinhas nas minhas azeitonas – Pode ao menos me dizer se convidou Frank para a ceia e se ele virá?

Fiquei calado por um instante. Não queria tocar naquele assunto... Quando pensei em seguir o que Michael dissera e convidar aquele baixinho dos infernos – Ele tem um compromisso. – falei mais irritado do que gostaria.

- Oh, voltou a falar comigo, que bom. – Michael comeu uma das azeitonas e bati na mão dele.

- Não. Não voltei, foi uma breve distração. – disse sério.

- Falou de novo. - me respondeu dando língua e revirei meus olhos.

- Não falei não.

- Falou outra vez. - bufei de raiva e fitei Krist que se acabava de rir.

- Krist quer dizer pro pai da sua filha ser minimamente adulto.

Ela olhou em meus olhos e voltou a rir de forma descontrolada.

You Are Not AloneOnde as histórias ganham vida. Descobre agora