Gerard Way

498 51 45
                                    


Yoo!!!!!


Como vocês estão?? Esperamos que bem...

E então? Sentiram nossa falta?? Hemmm??


Foram duas semaninhas longe daqui, mas como prometido voltamos...

Bem, para quem não acompanha aqui o perfil, e nem está no grupo de waths da fic vou dar uma breve explicação... O fato de termos sumido  um pouco e que a Mika passou por uma perda significativa na vida dela na semana retrasada, e na semana passada e Jh, fiquei doente....


Então acabamos tendo que parar um pouco e nós recuperarmos, mas, o que importa e que voltamos... 


E bem, não vamos enrolar mais... Boa leitura a todos.

_

_

_

Frank estava esquisito...

Agindo esquisito...

Sendo esquisito...

E toda a situação estava começando a me deixar totalmente paranoico... E eu não podia ficar paranoico... Sabia como as coisas terminavam quando eu ficava paranoico e era justamente por isso que passei a manhã inteira ensaiando em frente ao espelho como iria confronta-lo...

Obviamente todo meu treino não deu certo... Já que eu continuava ali, com a barriga enorme sem saber o que falar quando ele abriu a porta e entrou.

- Oi amor. - nossos lábios se encostaram em uma saudação típica nossa e respirei fundo...

- Onde você estava Frank? - tentei não parecer um maluco controlador, mas na minha mente eu estava agindo como um namorado louco e possessivo... E não queria ser um namorado louco e possessivo... Só queria saber o que estava acontecendo.

Droga por que conversar era tão difícil?

- Hm, é esse o problema? – ele me questionou erguendo a sobrancelha.

- Quê? – me senti realmente aflito – Problema? Hã?

- Você parece... Sabe... Preocupado, aflito, tenso... Senti pelo vínculo...

- Ah... – é verdade, o vínculo... Dele só me vinha paz e tranquilidade, mas mesmo assim, ele estava estranho... Como poderia explicar?

Saídas sem me dizer pra onde, sensações sendo disfarçadas quando estava nesses lugares que eu não sabia aonde era... Será que era o Andy? Quer dizer, foi o irmão dele que conseguiu coloca-lo atrás das grades... Mas por que me esconder? E qual motivo de ir semana sim, semana não?

Algo parecia... Errado...

- Você voltou a ficar tenso. – ele tirou o casaco e pôs sobre o sofá, sentando em seguida – Senta, vamos conversar...

Por um momento não soube o que fazer, certamente eu sabia o que fazer. Deveria me sentar naquele sofá e esclarecer tudo que estava me incomodando. Eu e Frank tínhamos um belo histórico de maus entendidos e desencontros, e sabíamos que qualquer deslize para nós era quase que fatal.

Porque nos amávamos, e pensar em perder o outro doía ao ponto de nos destruirmos.

E graças a esse pensamento me ví incapaz de dar um passo sequer....

Ele queria ter uma DR comigo... E Frank não gostava de DR's...

Meus olhos marejaram...

- Gee, não vamos ter uma DR. - falou calmamente e me passou toda tranquilidade do mundo pelo vínculo - Só tenho que explicar algumas coisas a você, que nem tem muito a ver com nós, mas ainda assim nos envolve.

You Are Not AloneOnde as histórias ganham vida. Descobre agora