Frank Iero

555 83 95
                                    


Olhá...bora direto ao assunto que eu quero mais e assistir The Umbrella Academy...


Então...Espero que gostem do cap, agradeçam a Mika que ama vocês e não quis deixar vocês sem cap por que por mim só tinha capitulo depois que eu assistisse TUA...U_u


Boa leitura aee... Espero que gostem.
_
_
_

- Mas é um completo imbecil... Acorda idiota... Que foi... Parece que viu um fantasma, seu babaca.

Pisquei algumas vezes... Só poderia ser uma miragem, não era possível.- Você...?

- Sabia que você era burro, mas às vezes exagera, é sério que tentou se matar?

Meus olhos não acreditavam no que estavam vendo, ou melhor, em quem eu estava vendo.

- Ja... Jamia? - aquilo era impossível... A não ser que... Olhei para meus dedos depois para ela novamente - Estou morto?

- Praticamente. – foi à resposta dela enquanto cruzava os braços – É o que quer? Morrer?

Engoli o seco – Sim...

Ela me deu um tapão na cabeça, no que exclamei de dor... Pelo visto, ali – seja lá onde 'ali' fosse – ela era forte pra cacete...

- Resposta errada anão de jardim!

Passei a mão na cabeça e a olhei sério.

- Se eu tô morto, por que doeu?

Ela revirou os olhos e se sentou ao meu lado.

- Essa é realmente a questão que quer saber?

- É uma questão interessante... – dei de ombros.

Jamia suspirou – Porque eu quis que doesse. Conheço esse lugar melhor que você... – me fitou seriamente – Você quer terminar sua vida assim?

-... Percebi que não consigo viver do jeito que estou... – fitei minhas mãos e depois ao redor. O lugar parecia uma estrada com flores, contudo, não havia nada após elas, apenas o vazio. Olhei para cima, não havia um 'céu', apenas uma escuridão... Mas estava iluminado ao meu redor... E os dois pontos da estrada não tinham um final e seguiam até onde minha vista alcançava, sem chegar a lugar nenhum.

-... Isso não significa que ela tem que acabar. – Jamia disse seriamente. Ela se ajeitou ao meu lado, no chão da estrada... - Você tem certeza que quer esse fim?

A olhei, sequer acreditava que estava ali, em um movimento desesperado me joguei sobre ela, a abraçando.

- Senti tanto sua falta...

Jamia riu, correspondendo meu abraço – Também senti a sua...

- Por que... Você não me contou?

- Porque eu era teimosa. – ela comentou alisando meu cabelo – E você não ia aceitar minha decisão... De qualquer forma, isso é algo que já superou, não? – me fitou seriamente – Está desviando do assunto, Frank Iero?

Me afastei de seus braços a olhando.

Ela era tão linda... E eu sentia tanto sua falta.

- Não sei fazer as coisas, perdi você e perdi o Gerard. Eu só... Não quero ficar sozinho.

Jamia se ajeitou mais uma vez posicionando as pernas como quando fazia yoga e suspirou.

- Você não me perdeu e nem perdeu o Gerard, Frank, mas... - olhou para o horizonte e continuou falando - Se seguir essa estrada não poderá voltar e então o Gerard e o filho de vocês estarão sozinhos... Eles ficarão bem, Iero?

You Are Not AloneOnde as histórias ganham vida. Descobre agora