Capitulo 53

1.4K 227 17

                            Luiza

Vanessa: aai estou tão enjoada - passou a mão na barriga.

Luiza: cala a boca um pouco que eu estou azeda - bufei

Vanessa: iih menina que foi? - me encarou

Luiza: 2n me ligou hoje - suspirei – me obrigou a ir visitar ele cara vou te que fazer carteirinha - neguei.

Vanessa: eita, mais tu não estava com o cara? Vai irmã e bom que você continua ganhando moral dele.

Luiza: Tava com ele pelo dinheiro né Vanessa pela vida boa - neguei – minha intenção era arrumar uma barriga aí sim eu estava com meu futuro garantido - ri

Vanessa: vai nessa - prendeu o cabelo – ter filho de Bandido e assim não Luiza Lc já deixou claro que o dinheiro que está me dando e para as coisas da criança.

Luiza: pq você e trouxa né

Vanessa: trouxa  o que cara? Nem ficando estamos mais ele ainda tá puto cmg to forçando também não vou dar tempo ao tempo.

Luiza: o que mais me deixa bolada e saber que vou ter que pegar o dinheiro com a outra lá - levantei – vou pra casa que eu vou conversar com minha avó ainda.

Vanessa: boa sorte - riu e eu sai

Fui andando pra casa tava puta por mim não ia visitar ninguém não mais 2n já ligou me ameaçando disse que eu estava com ele quando rodou então eu vou ter que segurar cadeia sim.

Inventei mil desculpas mais nenhuma colou ou eu vou ou eu fico careca prefiro me humilhar pra outra me dar o dinheiro e ir do que ficar sem meus cachos.

Cheguei em casa minha avó tava lá vendo a novela dela sentei no sofá suspirando.

Luiza: vó? - ela me olhou – 2n me ligou hoje - fiquei muda

Vó: o que ele queria? - me encarando

Luiza: que eu vou visitar ele - suspirei – ou então vou ficar careca

Vó: e você vai ganhar o que com isso? - riu negando

Luiza: nada né- falei óbvia

Vó: larga de ser otaria fala que você só vai se ele te der dinheiro todo mês - levantou – amanhã vamos ver pra tu fazer a carteirinha logo - assenti

Até que minha vó e esperta vou falar mesmo que quero dinheiro todo mês na minha mão ou então ele que fique por lá sozinho eu hein sou nem otaria quem deu mole foi ele não eu.

O preço dessa vida (M)Leia esta história GRATUITAMENTE!