Capitulo 81

1.2K 196 22

Nanda

Acordei cedo deu uma arrumada na casa fiz almoço chamei as meninas que já estavam arrumadas comemos na maior paz neném tava bolado que Alana queria ir pra avó ele tá cada dia mais surtado com essa garota.

Depois do almoço dei uma arrumada na cozinha e partimos primeiro fomos na minha sogra deixar elas lá depois fomos pro jaca.

Nanda: vou na Karine - falei assim que ele parou o carro no portão

2n: já vai começar a bater perna Fernanda? - me encarou

Nanda: ué bofe de fosse pra ficar dentro de casa eu não teria vindo pra cá - sorri de lado

2n: bofe e meu pau se manca porra - falou serin me fazendo gargalhar

Nanda: te amo coisa chata - dei um selinho nele que agarrou minha nuca mordendo meus lábios iniciando um beijo lento.

Neném e muito safado gosta de se aproveitar de tudo me atiçou e mandou eu vazar viadinho peguei um dinheiro dele e fui pra Karine.

Nanda: amiiii to invadindo em - falei entrando – nossa que zona - gargalhei

Karine: já falei pra esse fdp arrumar isso - gritou com o João Pedro que estava rindo

João Pedro: ooi tia - me abraçou

Nanda: ooi meu amor - abracei ele dando um beijinho no mesmo – e tu está estressada pq? - fui pra cozinha atrás da Karine

Karine: pq eles acham que eu sou a escrava dessa casa - bufou – eu arrumo eles bagunça tudo mano - eu ri

Nanda: aaai tá muito nervosa mona, bora no salão da um trato bora - ela riu

Karine: estou precisando mesmo - desligou a bica e secou as mãos – vou ligar pro vt vir pegar esse menino e vou me trocar - assenti e ela subiu.

Fiquei sentada no sofá futucando algumas coisas no tt logo a Karine veio pegou a chave da moto dela eu fui em casa rapidinho pegar a minha o bonito tava lá? Tava nada fala de mim mais já pegou o beco dele também.

Peguei a pcx sai fechando o portão Karine já tava na rua com o João nos partimos fomos lá na praça deixar ele tava geral lá neném também já tava bebendo cheio de homem e e.

Deixamos o garoto e fomos pro salão chegamos lá tinha umas mina falei com a mona que faz unha e sentei pra esperar minha vez.

Tinha uma doidona falando abeça desde a hora que chegamos tava só palmeando ela é a amiga.

Xxx: passei ali na praça pra vir pra cá eles estavam tudo lá mona mecharam até cmg - riu – porra aquele 2n e muito gostoso quero ele- Karine me olhou eu ri negando

Xxx2: ele é casado mana, chegou na favela agora já vai querer treta menina - negou

Xxx: nem ligo mona casado e ele eu sou solteira se ele respeitasse a mulher não ficava me dando moral - suspirei fundo

Nanda: ele te da mole mona? - ela abriu os olhos me encarando pelo espelho – tem certeza que ele te dar mole?

Xxx: da menina to falando passei ali quase agora é o bofe tava mechendo comigo- assenti pegando meu celular disquei o número do Erick e liguei.

📱Marido📱

2n: colfoi?

Nanda: vem aqui no salão rapidinho

2n: pra que cara?- suspirou

Nanda: porra Erick vem aqui logo - me estressei logo

2n: tnc em parceiro fala direito po- falou sério – aonde e essa porra de salão?

Nanda: na rua da padaria aqui perto do campo

2n: Jae, marca aí

📱Marido📱

Karine: tu fez isso mesmo amiga- me olhou rindo e a menina tava olhando

Ninha: crlh ela é foda cara

Nanda: vamos esperar po.

Fiquei bem plena esperando o bonito demorou uns 10 minutos ele apareceu quando a mona viu ele já arregalou os olhos.

2n: colfoi? - me encarou

Nanda: quero saber que papo é esse de tu está mechendo com piranha po- a menina já arregalou os olhos – aí o tá aqui falando que passou na praça e tu mexeu com ela - apontei pra mona

2n: iiiiih crlh tá maluca porra - negou – tá mandada o fdp – encarou ela – fala aí porra quando mexi com vc, nunca te vi grt se orienta - falou serin

Xxx: e... eu... tava... brincando - começou a gaguejar

Nanda: tava brincando nada não po, disse que ia te pegar Erick - encarei ela

2n: pega sua visão em mina quero fofoquinha com meu não é não em porra, da próxima vou amassar parceiro - falou sério – me chama mais aqui nessa porra não Fernanda da logo porrada nessa fdp e depois eu resolvo - saiu puto

Tu disse alguma coisa? Nem ela! Ficou caladinha olhava nem na minha cara terminou o cabelo dela e saiu voada agora tu ver.

Sentei pra fazer minha unha depois esperei Karine saímos do salão já era mais de 17:00 fomos da um role no morro passamos pela praça não estavam mais lá não.

Paramos pra tomar um açaí depois fui pra casa tirar um descanso pra mais tarde.

O preço dessa vida (M)Leia esta história GRATUITAMENTE!