Capitulo 94

1.1K 137 4

Maratona 1/10

Nanda

Nanda: vai logo lá Alana sua avó quer fazer o negócio cara - falei

Alana: aaai mãe que coisa chata vc sabe que não gosto de ficar andando aqui nesse lugar - falou alto

2n: coe o problema Alana?- encarou ela – porra vai compra a parada logo mano obedece sua mãe porra - ela Saiu do quarto batendo à porta – quebra esse crlh sua fdp - gritou

nanda: não me xinga não em - belisquei ele

Celia: aí Erick se for pra ficar estressando aqui vai pra rua em - falou alto da cozinha e eu ri

2n: como tá meu garotão? - riu alisando minha barriga

Nanda: enjoado que só - sorri – me leva lá no salão? - encarei ele

2n: deixa só eu jogar uma água no corpo tá maior calorzão - levantou me dando um selinho e foi pro quarto

Nos viemos pro jaca a ceia vai ser aqui em casa mesmo família toda reunida vai ter queima de fogos e aquele baile de lei ne.

Minha mãe e minha sogra tão adiantando as coisas Karine tava aqui dando uma moral foi em casa tomar um banho que vai pro salão também Ellen só vem mais tarde está trabalhando numa loja Valentina tá aqui veio com minha sogra cedo tocando o terror com o irmão.

Alana e yara só ficam enfurnada naquele quarto pode ajudar em nada a princesa, já me estresso logo. Menina fdp cara muito nojenta nem parece que foi criada em favela tem um bode daqui que nunca vi ela vem obrigada kkk.

Esperei o Erick tomar o banho dele quando ele veio peguei minha carteira e meu celular e sai com ele sentei na moto e fomos em direção ao salão.

{...}

Porra salão cheio as mulher tudo fofocando maior correria fiz minhas garrinhas, fiz as patinhas dos pés também dei uma hidratação no cabelo e escovei paguei tudinho e sai com minha ami.

Favela maior movimento os bar tudo com som alto povo já embrazando de cedo aqueles pique de final de ano.

Fui pra casa Alana e yara estava lá na área da piscina enfeitando deixando em clima de natal tava ficando a coisinha mais linda.

Nanda: cheguei - sorri

Yara: nossa tia tá gatona em - me olhou

Alana: minha mãe e linda né meu amor - gargalhou

Nanda: obg meus amores - rindo

Alana: tava esperando tu chegar pq vc não atende esse celular né - revirou os olhos – vou no shopping com a yara rapidinho tá - encarei ela

Nanda: fazer o que? - olhando

Alana: comprar uma sandália - falou normalzinha essa fdp

Nanda: outra Alana? - neguei

Alana: sim mãe, provei aquela com a roupa e não ficou legal - chamou a yara e saiu

Garota fdp só pra bater perna e gastar tá pensando que não estou ligada na dela não.

Entrei as veia tava lá chapando na cozinha no maior papo fazendo as comida falaram que não queriam ajuda então subi pro meu quarto liguei o ar deixando naquele pique e deitei pra da uma descansada.

{...}

Alana: nossa vc esta linda mãe - sorriu

Nanda: obg amor agora pode ir la terminar de se arrumar - sorri e ela saiu

O preço dessa vida (M)Leia esta história GRATUITAMENTE!