Capitulo 5

3.4K 332 7

                             Nanda

2n: aí filhona vai lá com sua vó pra mim trocar uma ideia com sua mãe - colocou ela no chão

Alana: não vão começar a brigar não né pai - bufou

2n: que isso filha vamos não rlx po - beijou a testa  dela e ela saiu com minha mãe– a sua e essa né agir nas minhas costas - sentou no sofá me encarando

Nanda: que agir nas sua costa oq po, já te falei maior tempão que não queria mais - fiz um coque no cabelo encarando ele

2n: pega sua visão Fernanda já deixei claro desde sempre que não e assim mermão tem essa de tu nao querer não - riu irônico

Nanda: agora você vai me forçar a ficar com você? Vai me obrigar a morar com você erick - neguei

2n: vou forçar não po vou te deixar achando que tá soltinha vou te deixar achando que tá passando batida mas qualquer vacilo a porrada que nunca te dei nesses anos tu vai levar firme - levantou e veio andando na minha direção – acho bom você andar na linha como uma mulher casada hein Fernanda quero sair da pureza com você não po - era incrível como ele falava tudo na maior naturalidade eu chegava me arrepiar erick e muito frio.

Lc: tudo certo por aqui - entrou com a cara fechada encarando o 2n

2n: abraça o papo vacilona, depois eu volto pra ver minha filha - ele deu nem ideia pro Lc só se encararam mesmo e ele saiu.

Sentei no sofá suspirando passei a mão no rosto abaixando a cabeça pensando no que fazer da vida pq viver nessa não dá.

Lc: cara tá te ameaçando Fernanda - me encarou

Nanda: não não - respirei olhando pra ele – só estávamos conversando - suspirei fundo.

Lc: sei bem que tipo de conversa - negou e subiu.

Fui pro meu quarto mandei msg pra minha amiga contando tudo que aconteceu ela conversou bastante comigo e depois fui tirar um cochilo espairecer um pouco a mente que está a milhão.

{...}

Alana: mãe minha vó tá chamando pra jantar - me sacudiu e eu já abri os olhos agarrando minha filha.

Tá enorme cara paro pra olhar minha menina e a coisa mas linda, no começo nego falou abeça que não era filha do 2n só pelo fato dela ser loira de olhos claro acredita kkk, mais nego tem língua muito grande minha sogra e loirinha olho claro minha cunhada loira do olho claro só esse puto que não salvou ficou encardido kkkk.

Mas com o passar do tempo ela foi parecendo cada vez mas com o pai só pra calar a boca de todo mundo Alana me puxou em nada não diz minha mãe que só nos abusos que eu era igualzinha quando pequena de resto é cagada e cuspida na família do traste.

Levantei e desci com ela minha mãe tinha representado na comida comemos ali abeça depois ficamos na sala conversando.

Alana: mãe meu pai me ligou disse que vamos viajar - sorriu e eu arqueei a sobrancelha

Nanda: aaai filha seu pai e doido fica dando ideia a maluco não.

Tô falando que esse cara é psicopata cara inventa cada coisa pra mim ficar perto dele me ligou tarde da noite pra falar que a favela ia lombrar que ele tava metendo e pé que eu e Alana iríamos juntos.

Quero e prova minha filha estuda ele é maluco né discutimos babado vou não euhein nem lá na favela tô ficando ue tem necessidades deu sair daqui pq deu ruim lá.

Ellen mandou msg falando que ela é minha sogra já tinham saído de lá foram pra Angra o bonito vai agora na madrugada. Gente fiquei preocupada real parada parecia ser seria passou na tv e tudo roubaram a carga de celular no aeroporto rastrearam lá na favela.

Cara perturbei foi muito a Karine pra vir pra cá vai ficar lá sozinha nada e e, veio tarde da noite tadinha mas veio.

Fizemos uma maratona de filme pipoca e brigadeiro meu quarto escurinho ar estalando foi só sucesso 4 horas da manhã o outro tava mandando msg.

📲2n📲

Cheguei aqui agr mano
Colfoi Fernanda
Responde porra

Quie bofe?

Fala direito porra
Da mole aí não hein mano
Se vacilar vai vir pra cá

Tá bom, pai 😂

📲2n📲

Parei logo de render assunto cara chato terminando de ver o filme é fomos dormir quase 5 da manhã já.

O preço dessa vida (M)Leia esta história GRATUITAMENTE!