Capitulo 36

1.9K 204 19

Nanda

Alana foi pro pai dela hoje eu parti lá pro Lins caique tava perturbando então eu fui bem mesmo curtir de lá já que as piranha ia curtir no jaca.

Aí gente até queria ir mais e aniversário do outro não quero assunto pro meu lado depois deixa ele na dele com o baile lá.

Sabe quando o satanás faz de tudo pra te atentar? Então a piranhazinha do neném tava no tt jogando várias indiretas geral dando rt apareceu pra mim.

Fez surpresa e tudo pro vagabundo tão de casalzinho, neném e rápido até ontem tava com a ruivinha dele, ainda que ficar me ameaçando cara maluco.

Tô ligando pra eles juntos não só não quero ela com essas indireta pra mim sou mulher de resolver na mão tenho disposição pra isso.

Não satisfeita Karine e Ellen começou a mandar msg pra mim falando que a outra tava se sentindo lá mandando eu ir não queria ir de jeito nenhum mais o povo aqui tudo ia.

Baile aqui só amanhã fiquei puta Caique perturbou pra vir pra cá pra agora ir pro jacaré falei abeça no ouvido dele vim no carro com um bico enorme até aqui.

Caíque: vai ficar assim mesmo doida - me abraçou pela cintura assim que desci do carro.

Nanda: vou, te avisei que não queria vir pra cá - bufei

Caíque: vai deixar de curtir por causa do cara lá Fernanda? - me olhou sério – vamos querer né borá logo - segurou minha mão

Tava bolada mesmo ue, nos entramos no campo tava muito cheio fomos andando até o reservado. SIM gente eles foram pra lá.

Pessoal foi lá cumprimentar a tropa do jaca fiquei do meu canto com o caíque já tinha avistado geral mesmo, Karine e Ellen que vieram feito bala pro meu lado.

Ellen: cunhadaaa - falou alto me abraçando

Nanda: iiiiiih, começa não em - bufei

Karine: graças a Deus você chegou - olhou pro caíque sorriu e me puxou pra frente – a vadiazinha tá se achando a primeira dama - gargalhou

Nanda: gente vocês param de coisa tá, deixa ela se achar o que quiser só não quero deboche pro meu lado que a coisa é mais embaixo.

Ellen: hoje eu to pro crime - dançou

Karine: lc também tá doido pra te socar - gargalhou

Elas alopra cr já tava com álcool na mente tá mais pra frente deixa elas. Preparei meu copão peguei um lança e fiquei suave curtindo com minhas cats so jogando a raba.

{...}

Tava na onda já dançando abeça caíque tava mais atrás com o pessoal a outra tava fazendo de tudo pra chamar atenção coitada chega da pena.

Neném toda hora encarava na cara de pau mesmo ela queria ficar agarrada nele mais o mesmo só saía de perto tava fugindo igual capeta foge da Cruz.

Nanda: bora no banheiro - falei alto

Karina: vou avisar o vt rapidinho pera aí - falou

Ellen: avisa o Lucas por favor - ela assentiu

Fui no caíque falei com ele fiquei esperando Karine e logo saímos os bar a fila tava cheia pra crlh eu sem paciência me enfiei no beco mesmo pra mijar e elas fizeram o mesmo.

Fiz meu xixi rapidinho tava saindo pra esperar elas na frente quando dei de cara com o neném.

2n: coe, quero trocar um papo com você - me olhou

O preço dessa vida (M)Leia esta história GRATUITAMENTE!