Capitulo 48

1.7K 212 8

Nanda

Alana: já to pronta mãe - apareceu na sala

Nanda: agora espera Alana que afobação em - bufei

Caique: deixa a menina po - riu – tá bonitona em pequena

Alana: obg tio - sentou no sofá e começou a futucar o celular.

Caique tá de férias veio pro rio tá ficando aqui comigo direto gosto da companhia desse cachorro me faz um bem que só.

Pai da Alana que fica azedo inventou de pegar ela só pra querer fazer cena mandei ela se arrumar tava toda gatinha esperando o pai dela.

Alana: meu pai disse que está aí fora já- levantou e eu fui levantei saindo com ela

2n: que isso tá gatona em - falou assim que viu Alana

Alana: obrigado senhor - riu abraçando ele

2n: o cara tá aí ainda?- me encarou

Nanda: iih vai tomar conta da sua vida vai - neguei

2n: vacilona mesmo - negou e ligou a moto esperando Alana sentar.

Dei tchau pra ela e eles foram embora entrei fechando o portão entrei Caique tava no celular demorou nada ele desligou deitei do lado dele e ficamos vendo tv a tarde toda agarradinhos.

Caique: borá pro baile hoje lá na favela - me olhou

Nanda: aaai to com preguiça - ri e ele negou

Caique: que preguiça o que vai se arrumar que nos vamos pra la - me encheu de beijos

Levantei indo pro banheiro fui tomar um banho lavei meu cabelo me depilei tudo direitinho sai enrolada na toalha escovei meus dentes fui pro quarto o celular tava tocando.

📲2n 📲

- Ooi erick - revirei os olhos

2n: to indo levar a Alana aí

- Eu vou sair erick fica com ela hoje

2n: po cara da não, to de missão aí

- tá bom po, pode trazer

📲2n📲

Desliguei na cara dele a pra porra ele gosta de testar custa nada ficar com a menina e filha dele também ue. Tá achando que fazendo isso eu vou ficar em casa ele tá enganado.

Fui pro armário separei minha roupa deixei na cama coloquei minha calcinha e uma roupa de dormir peguei o secador e fui pro banheiro secar o cabelo.

Quando acabei vi meu celular tocando olhei era o embuste desci Caique tava vendo tv mandei ele ir tomar banho e sai pra pegar a Alana.

2n: vai deixar ela com quem? - me encarou

Nanda: entra Alana - esperei ela entrar – não te interessa não que saber pra que se você não pode ficar com ela?

2n: quero saber pq a filha e minha também ue

Nanda: não parece né, e sua filha só a hora que você quer - neguei e fechei o portão

Entrei ouvi o barulho da moto dele saindo Alana tava no sofá mandei ela falar com a avó dela que ia pra lá e ir tomar um banho.

Voltei pro meu quarto me arrumei fiz a make arrumei meu cabelo sentei na cama pra colocar a sandália quando o Caique saiu do banheiro já todo arrumado.

Nanda: nossa que gato - sorri

Caique: daqui a pouco eu vou desistir de ir tá gostosona - sentou pegando o sapato

Neguei rindo coloquei meus acessórios peguei minha bolsa coloquei dinheiro e documento e sai do quarto indo ver Alana.

Tava arrumadinha bonitinha Caique veio peguei a chave do carro e saímos fechei tudo Alana entrou atrás dei a chave pro Caique e entrei no carona com ele.

Fomos conversando até a mangueira cheguei lá entrei pra falar com minha mãe.

Nanda: to invadindo em - falei entrando

Alana: vooooooo - correu pra abraçar ela

Caique: boa noite dona Ruth - sorriu e abraçou ela

Ruth: que dona o que menino - riu com a Alana no colo

Nanda: Cade a Ellen? - ela suspirou

Ruth: ta trancada naquele quarto lá, ela é Lucas já brigaram aí ela se trancou lá - sentou – não estou aguentando isso Fernanda essa menina precisa de ajuda eu vou conversar com a mãe dela não está dando certo tenho medo dela fazer algo.

Nanda: e complicado mãe eu já tentei conversar com ela a Ellen e nova tá cega pelo Lucas o culpado de tudo e ele vou lá tentar falar com ela rapidinho.

Subi em direção ao quarto tentei entrar mais a porta estava trancada bati na mesma e chamei ela mais não obtive resposta tentei de todas as formas e nada então deixa ela na dela.

Desci me despedi da minha mãe e da Alana e sai com Caique fomos pro Lins mandei msg pra Lili quando chegamos já fomos pra um bar encontrei ela tava com o marido sentamos lá já tinha umas bebidas pedimos umas paradas pra comer e ficamos dali curtindo de leve só observando o movimento.

{...}

Esse hit e chiclete na sua mente vai ficar Colômbia 🎶

Viemos pro baile já era quase 2 muito cheio fomos lá pra barraca do pessoal daqui montei um copão e fiquei mec com a Lili.

Tava animada já dançando abeça cabelo tava preso queria nem saber quem tava bolado era o Caique toda hora chegava alguém ele já vinha me agarrando kkk.

Caique: borá vazar Fernanda - me olhou e eu neguei

Nanda: me tirou de casa pra agora ficar nessa? - dei uma golada na bebida

Caique: hãm parceiro olha como tu está - dei de ombro e voltei a dançar

Vai encher a mente de outro chatinho abeça fui no banheiro com a Lili quando voltei comprei um trident e uma água tomei a metade da garrafa e coloquei um chiclete na boca.

Caique: vou vazar - se aproximou

Nanda: tchau Caique - encarei ele que negou e saiu.

Palhaçada não tenho paciência ele saiu pelo baile dei nem tchum fiquei bem mesmo curtindo meu baile deixa ele vim de amorzinho depois pro meu lado vai pra casa do crlh.

Fui embora já de manhã parei ate de beber pra voltar dirigindo liguei o som e fui tranquilona até o jaca ainda passei na padaria pra comprar pão.

Encontrei neném no caminho o satanás veio atrás de moto até meu portão.

2n: isso é hora? - parou do meu lado

Nanda: me erra cão, vai atrás da sua mulher - revirei os olhos e abri a bolsa pra pegar a chave.

2n: ue minha mulher e tu rapa - riu

Nanda: aaai erick você me cansa essa hora - abri o portão – bom dia meu bem - fechei o mesmo e entrei.

Fui direto pra cozinha comer tava com a fome fiz um Nescau joguei pra dentro com o pão logo fui pro quarto tomei um banho me joguei na cama peladinha atualizei minhas redes e logo apaguei.

O preço dessa vida (M)Leia esta história GRATUITAMENTE!