Capitulo 34

1.6K 224 29

                               2n

Graças a Deus já to andando sem aquelas porra de amuleta to novin pronto pra outra. Maior tempão que não vejo a mandada mas to so palmeando ela de longe.

Mandei os mlk da um susto mesmo naquele dia que ela chegou só pra ver quem é o controle mas ela achou que era assalto melhor assim.

Paizao tá fazendo aniversário 26 anos muito bem vivido graças a Deus vai ter baile final de semana todo parceiro e isso quero nem saber.

Passei o dia hoje com minha filha coroa fez um almoço da hora pra nós sobremesa bolo a porra toda.

Alana: pai você já tá ficando velho e não vai me da outro irmão? - riu

2n: Iala, coe filha to ficando velho oq, papai ta novin ainda po - ri abraçando ela – depois nos ver essa parada aí de um irmão pra tu - alisei o cabelo dela

{...}

Churrascada rolando aqui no jaca os mano fortaleceu muito gelo so sucesso parceiro.

📲?📲

?: feliz aniversário neném ❤️

- Vlw, tá por onde?

?: to em casa, vem aqui tenho uma surpresa pra você

- ih, qu surpresa e essa Luiza?

?:vem pra você ver

📲?📲

Nem entendi essa agora da Luiza tem um tempo que não fico com ela po, a mina sempre manda msg mas passa batido.

Apertei um baseado e fumei sozinho mesmo comi pra crlh e depois parti lá nela pra ver coe dessa parada aí.

Luiza: Hmm, achei que não ia vir - sorriu assim que me viu

2n: não ia mesmo não, mais fiquei curioso - olhei ela de cima a baixo.

safada tava com um vestidinho curtinho pau já deu aquela acordada né maior tempão que não ajo aqui.

Luíza: vem ca- segurou minha mão e foi andando até à porta do quarto dela – vai entra - sorriu

2n: iiih tá de marola tu né - ri e abri a porta entrando.

Dei de cara com umas parada lá na cama, pétalas no chão bglh na parede neguei com a cabeça rindo.

Luiza: feliz aniversário - me abraçou pela cintura– sei que você não quer me levar a sério mas eu quero te provar que eu te amo, que eu quero está com você me da essa chance neném - me olhou

2n: depois nos ver essa parada aí Jae- segurei a nuca dela – vlw aí pela surpresa - mordi o lábio dela de leve.

Me aproximei da cama sentei pra ver as parada ela partiu o bolo lá pra nós comemos conversando depois peguei ela de jeito ali mesmo.

Luiza: isso vai vou gozar - gemeu fechando os olhos e eu estoquei mais rápido logo senti meu pau todo melado.

2n: vem cachorra safada - puxei ela pelo cabelo botei ela de joelho e fiz mamar.

Ela chupou pra crlh até eu encher a boca dela de porra depois de engolir coloquei de quatro e taquei no cuzinho.

{...}

2n: pega a visão mas tarde vou passar aqui pra te pegar JAe - encarei ela – vai pro baile cmg hoje

Luiza: sério? - animada – mano to nem acreditando - me abraçou

2n: se liga mano, e pra ficar na postura - ela assentiu

Luiza: posso postar nossa foto? - suspirei

2n: só tampar minha cara po – levantei - vou me adiantar - dei um selinho nela e vazei.

Sai da casa dela com as parada lá que ela me deu passei na base que peguei aqui deixei lá joguei uma água no corpo e fui em direção a tropa.

Vt: apareceu né arrombado - riu quando me viu

Lc: a cara dele, tava comendo alguém aí - eles riram

2n: queria mesmo era tá comendo sua irmã vacilao mas ela tá de jogo duro- neguei sentando

Lc: ali tu não vai agir mais não cunhado agora é minha vez de comer sua irmã - eles começaram a gastar.

Ficamos ali na maior zoeira um gastando o outro parti pra casa já era dez e pouca deitei na cama e apaguei.

O preço dessa vida (M)Leia esta história GRATUITAMENTE!