Capitulo 16

2.2K 213 6

                           Ellen

Depois que a nanda foi embora com o neném fiquei com a Karine arrochando todas bebi muito quando deu 5 e pouca o Lc chamou pra ir embora disse que ia me levar em casa. Vt e Karine meteram o pé também.

Fomos pro carro que ele tinha pedido pro mlk trazer pra ele pq o neném foi com o outro ele deu partida liguei o som colocando um funk e fiquei me remexendo tava na ondinha mesmo.

Lc: aí te levar lá pra casa mais tarde tu vai pra sua tá - me encarou

Ellen: so se Eu for dormir com você - mordi os lábios

Lc: tá chapadona mina fica suave aí - negou com a cabeça

Tava bebada mais tava consciente do que eu queria so quero esse gostoso dentro de mim.

Ele parou o carro no portão eu desci arrumando minha roupa fiquei esperando ele abrir o mesmo e fui entrando atrás dele.

Fomos direto pro quarto dele eu sentei na cama e comecei a tirar a sandália.

Lc: que tomar um banho? - me encarou

Ellen: preciso né - sorri e olhei pra ele

Ele foi no armário pegou uma toalha e uma blusa e me entregou fui pro banheiro tirei minha roupa deixei dobrada no canto e entrei no box.

Tomei um banho relaxante pra tirar o álcool da mente lavei o rosto com sabão tirando a Make lavei minha calcinha e deixei secando ali, quando acabei me enrolei na toalha me sequei estendi ela coloquei a blusa e fui pro quarto ele tava sentado na cama no celular quando me viu deixou de lado levantou e foi pro banheiro.

{...}

Ellen: aaaaah isso vai Lc me fode - gemia rebolando sentindo as estocadas dele aumentando cada vez mais

Lc: isso que tu queria fdp toma - deu um tapa na minha bunda e socou tudo me fazendo gritar mais na hora ele tampou minha boca - geme baixo cachorra fdp - deu outro tapa e foi metendo cada vez mais.

Eu tentava de todas as formas me controlar mais era cada vez mais difícil meus gemidos queriam sair em gritos e ele tampava sempre minha boca.

Senti meu virou ficando cada vez mais mole logo comecei a gozar na pica dele gemendo tão gostoso demorou nada ele saiu rápido de dentro de mim me virei pra ele já fui chupando aquele cassete e logo recebi jatos e mais jatos de leite quentinho na boca após engolir tudo comecei a mamar ele tão gostoso que quando fui ver já estava sentando na neca do bofe mais uma vez.

Fomos dormir já era 7 e pouca depois de tomar muita pirocada dormi feliz e leve.

{...}

Lc: coe Ellen levanta aí borá rala que seu irmão tá surtando - bufei e sentei na cama

Ellen: são que horas? - encarei ele

Lc: duas e pouca, vou te esperar lá embaixo - saiu do quarto

Levantei e fui pro banheiro joguei uma água no corpo peguei minha roupa coloquei a mesma. Passei pasta no dedo esfreguei no dente só pra tirar o bafo fiz um coque e sai pegando minha bolsa.

Lc tava na sala com a mãe dele ela quando me viu arregalou maior os olhos e começou a rir.

Ruth: ue menina você estava aí - me abraçou – que almoçar - me olhando

Ellen: tava tia - sorri sem graça – quero não deixa pra próxima eu preciso ir embora - olhei por Lucas.

Lc: mais tarde tô aí coroa - beijou a testa dela

Ruth: se cuida meu filho juízo vocês dois em - sorriu

Fui em direção ao carro entrei no mesmo ele deu partida peguei meu celular tava cheio de ligação da minha mãe, Fernanda e do neném.

Fui no whats e não tava diferente muita msg.

📲 Cunhada💕📲

Cunhada: ta aonde?
Cunhada: Ellen crlh morreu?
Cunhada: pqp você e Lucas tão fodidos
Cunhada: seu irmão tá aqui surtado
Cunhada: vem embora preparada

Ellen: já estou chegando nanda, o que esse cara tem? Eu hein manda ele parar de graça. ▶️

Mandei um áudio pra ela e bloqueei o celular.

Ellen: neném sabe que dormi com você - olhei pra ele.

Lc: sabe, cara tá surtado desde cedo quero nem muito papo com ele pra não ter estresse - falou tranquilo.

Bufei fechando os olhos já imaginando o inferno que vai ser quando chegar.

Demorou uns 10 minutos ele entrou no condomínio e foi até a porta de casa carro do neném tava lá estacionado Lc estacionou o dele atras eu desci e logo ele travou o carro e veio atrás. Abri o portão e entrei fui em direção à porta abri a mesma o outro tava sentado de frente pra porta de braços cruzados.

2n: tô gostando de ver Ellen tô adorando - me encarou e logo olhou pro Lucas – e você otario tô pagando tu pra dormir com minha irmã não hein.

Lc: meu parceiro vai se foder vai, nem de tu eu gosto po- virou as costas e saiu

2n: namoral tudo um bando de falso vocês agem tudo pela minhas costas vai se foder - levantou puto e foi pro escritório

Nanda: não pense que acabou que daqui a pouco ele volta falando mais - apareceu na porta da cozinha – tá de tpm hoje - riu

Ellen: nossa ele não tá normal mesmo - neguei – Ooi mãezinha tem o que de bom aí- abracei ela

Celia: mãezinha e o crlh sua fdp sai de perto de mim- me empurrou e eu ri

Ellen: nossa mãe e assim que me trata - fiz drama.

Fui até as panelas tinha carne assada nem gosto né coloquei minha comida esquentei no microondas e sentei pra comer enquanto elas estavam fazendo um bolo lá.

Terminei que comer lavei meu prato e fui pro quarto trocar de roupa ia descer mais minha cama me chamou que eu deitei um pouco pra descansar o almoço.

O preço dessa vida (M)Leia esta história GRATUITAMENTE!