Capitulo 20

2.6K 253 23

                        Nanda
                               1 mês depois

Mês passou voando tava quase ficando maluca. Tava me redobrando na alto escola pra não ficar estendendo muito fiz minha prova graças a Deus passei agora mamãe tá habilitada carro e moto.

Neném mandou vim um carro zerado nem gostei né, ele acha que não tô ligada na dele não mais estou e muito já descobri quem é a putinha dela tô só aguardando a melhor hora.

E a mapoa que joguei por cima da moto dele na outra vez que vi eles conversando, aí o cara vem me dizer que sou maluca que não era nada meu CU que não era nada.

So to aguardando a melhor hora vou desce o barraco não vou me sujeitar a esse papel ridículo não mais agora ele vai tomar no cu dele sozinho.

Tá pensando que sou otaria vai se foder vai morrer sozinho por isso não me esquentei quando tava com a perna fodida pq nos e otaria ajuda e quando melhora o fdp vai atrás de buceta na rua.

Então se depender de mim vai morrer ele que vai pedir ajuda as bct da rua trouxa do crlh vontade de meter chifre ali não falta, sei que vou morrer mais vai ser com prazer de dizer " VOCÊ FOI CORNO NENÉM".

Mês que vem a aniversário da Alana ela quer festa ela vai ter festa com tudo do bom e do melhor vamos gastar o dinheiro do pai dela.

estou fazendo meu curso de Adm na paz de Cristo louca pra acabar logo né mais estamos na luta.

📲 best 💕📲

Ooi amiga tô chegando aqui agora tô estacionando.

– borá logo Fernanda tô aqui na fila do BK.

Rlx a xana vadia, tô chegando

📲 best 💕📲

Marquei de encontrar Karine aqui no shopping saindo curso e vim direto, estacionei o carro fui pro elevador apertei o andar tirei até umas fotinhas no espelho.

Sai indo em direção a praça de alimentação aviste a vaca lá na fila sorri fui devagarinho por trás dela.

Nanda: nossa que isso novinha - apertei a bunda dela que virou rindo.

Karine: aaah sua idiota - me abraçou

Nanda: tava com saudadinhas mozão - ri

Karine: poxa miga nem fala - me abraçou

Nanda: breve vou tá mais perto - suspirei

Karine: tá arrumando oq Fernanda? - me encarou mais logo chegou nossa vez.

Fizemos os pedidos ficamos no aguarde quando pegamos caçamos uma mesa pra sentar já comi uma batatinha.

Nanda: vou pra minha mãe ami, vou ficar aturando calada os chifre não - neguei.

Karine: sabe que isso é foda né fico bolada que o cara sabe o que tu passou por ele ainda retribui assim - negou

Nanda: pois é, e eu não dependo do neném não eu vou arrumar um trabalho vou viver minha vida ele que se foda com quem ele quiser- bebi meu guaraná e comecei a comer meu lanche.

Ficamos conversando diversos assuntos aleatórios depois de lanchar fomos da uma volta passamos na loja da Melissa comprei umas sandalinhas pq estava precisando né, fomos na loja de multi-marcas comprei uns look babado da lança e da labella.

Comprei umas roupas lindinha de mocinha pra Alana passamos no mec depois pegamos um milk e fomos pro estacionamento.

Nanda: ooh Karine e pra me avisar em cara vou esperar só o seu ok pra brotar vou está na minha mãe- encarei ela.

O preço dessa vida (M)Leia esta história GRATUITAMENTE!