Capitulo 85

1.3K 192 37

Nanda

Acordei com o neném falando no telefone suspirei e olhei pra tv vendo passando do jaca.

Nanda: tava falando com quem? - olhei pra e assim que ele desligou

2n: sua mãe- suspirou – cirurgia acabou agr mlk tá em coma polícia já está lá deram ordem de prisão só pica mano - negou

Nanda: Deus sabe de tudo - suspirei – vamos ver se agora ele toma um jeito na vida dele - neguei – Ellen já está sabendo?

2n: já foi lá se estressou lá com a Vanessa aí meteu o pé - neguei

Nanda: eu nem se meto nisso mais - dei de ombro

Parei real mesmo da última vez ela me bloqueou eu não fui atrás também não que se foder que se foda sozinha quando se arrepender espero que não venha atrás pq agora quem não quer sou eu.

Fiquei namorando um pouco com meu love aquele sexo maravilhoso que só ele faz né.

2n: amo muito vcs - beijou minha barriga alisando a mesma

Nanda: sai amor para de doideira - ri negando

2n: tu não quer mais Deus quer parceiro, meu mlk já tá aí dentro - gargalhei

Nanda: Erick por favor cara depois de 15 anos tu quer outro filho pra que? - suspirei

2n: parceiro eu quero ué, não posso ter outro filho com vc não? - neguei

Nanda: eu não estou no pique de ter um bebê agora tá bom? - levantei – vc me estressa com esses seus papos chatos - fui pro banheiro

Graças a Deus tomo minha injeção todo mês certinho pra não ter esse risco cara maluco do nada com essa de filho agora que Alana está criada o bonito vem querer filho Deus me livre.

Tomei um banho sai enrolada na toalha ele tava mexendo no celular coloquei um biquíni pus uma saída de praia passei um protetor no rosto.

Nanda: vou descer na praia um pouco tá - ele assentiu

2n: suave, vou brotar lá na mangueira pra resolver umas paradas mais tarde eu volto - encarei ele – que foi?

Nanda: nada nao - neguei

2n: manda Alana vir embora que eu não quero me estressar com ela não em - revirei os olhos

Nanda: manda vc erick euhein - sai do quarto

Chamei Karine pra ir na praia emprestei um biquíni a ela e descemos com o João aluguei dias cadeiras e um Guarda sol pedimos uma bebidinha e ficamos ali so de resenha.

{...}

Passamos a tarde na praia subimos pra casa já estava caindo a noite Carla me mandou uma msg perguntando pq não foi pro pagode com o Erick já fiquei revoltada fdp lá de sucesso já comecei a ligar mesmo e o viado atendia não.

📱marido📱

2n: ooi amor - falou normal

Nanda: oi amor o crlh Erick - suspirei – tá no pagode né fdp - ele riu - vai vir embora agr ou quer que eu vou aí te buscar?- respirei fundo

2n: aaah tá maluca mano to em pagode oq parceiro? - falou sério

Nanda: to falando sério em Erick eu não to brincando com vc não tá - desliguei

📱marido📱

Já fui tomar um banho pq sei que ele não vai vir então vai passar vergonha pq eu vou ir lá buscar ele.

Karine: amiga vai ir mesmo? - riu

Nanda: eu vou mesmo ele vai ver só - bufei – Alana deve tá chegando aí tá fica a vontade já estou voltando - dei um beijo nela e sai.

Uber já estava lá em baixo desci sai do prédio entrei no Uber dando boa noite e fui o caminho todo conversando com o moço que que nem demorou muito.

Quando ele me deixou na subida da favela peguei um moto táxi e fui lá pro pagode assim que desci paguei o menino e fiquei parada dando uma olhada pra achar o bonito.

Avistei ele lá no meio de um pessoal lá com o vt uns homens lá e umas mulher já fui virada quando ele me viu arregalou os olhos.

Nanda: bora pra casa Erick - falei seria

2n: tá fazendo o que aqui mano? - me encarou

Nanda: vim te buscar po, já resolveu suas parada? Bora pra casa ué - cruzei os braços povinho que tava ali só olhando

2n: nada haver essa palhaçada em mano - negou – tomar logo um se liga pra ficar esperta

Nanda: tá bom machão tá bom - ri irônica – bora logo antes que eu comece fazer a louca aqui pra tu passar vergonha - falei alto e dei as costas fui lá pro meio da rua esperar ele

Veio todo boladinho mais veio tem que vim mesmo não sou palhaça não. Ele destravou o carro eu entrei batendo à porta

2n: quebra essa porra mesmo - me olhou

Nanda: quebra tu arruma não é o homem do dinheiro - sorri irônica ele negou

2n: tá toda mandada aí né - ligou o carro dando partida – aí pega a visão conversei com o mano aqui hj nos vai tentar lavar a mão no cana pra soltar o parceiro

Nanda: aaai erick vcs estão inventando ideia em - suspirei

2n: ideia nada parceiro vou da o papo naquela mina dele lá po, ela vai desenrolar essa parada nos vai trazer o meno pra casa.

Nanda: espero que de tudo certo - suspirei – só quero meu irmão bem - encostei a cabeça no banco

Fomos conversando Erick quis ir pra um motel cara bofe doido já chegamos também numa putaria nos fodemos abeça.

Fomos pra banheira relaxar um pouco bebendo um champanhe e voltamos ao combate só pau sem massagem pra fechar a noite com chave de ouro.

O preço dessa vida (M)Leia esta história GRATUITAMENTE!