☀48☀

13.5K 3.1K 2.4K

Deem suporte a fanfic, votem e comentem! E boa leitura!

- Bate direito! - o cara rosnou e eu vi Jimin olhá-lo com nojo. - Mandei bater direito! Vamos, não aja como se não soubesse como fazer isso...

- Me deixe sair! - Park pediu, a voz em uma mistura de medo e raiva. - Me deixe ir embora.

- Jimin - o cara riu debochado. - Isso é só o início... Ainda vamos para minha casa, e você vai me dar até o dia clarear, babe.

- Primeiro: eu não vou a lugar algum - Jimin conseguiu tirar as mãos de dentro da calça dele. - Segundo: até o dia clarear? Você não aguenta nem uma fodinha de dez minutos!

- É melhor medir as palavras - o cara segurou o rosto de Jimin e lambeu sua bochecha.

- É melhor você medir as suas palavras - explodi e entrei na viela, assustando-os. - E atos.

- O herói ataca novamente - o cara se afastou de Jimin e me encarou. - Você é um idiota mesmo, garoto.

- Jungkook - Jimin tentou vir ao meu encontro, mas o rapaz segurou-o pela camisa. - Me solte!

- Jungkook é o nome do trouxa? - o cara gargalhou e eu vi Jimin começar a chorar. - Garoto, me desculpe destruir seus sonhos sobre a princesa Park...

- Cala a boca - Jimin pediu e o cara o segurou mais perto e forte.

Meus punhos estavam cerrados e meu maxilar trincado, eu estava à ponto de partir pra cima daquele desgraçado.

- Jungkook, meu filho - ele continuava a rir. - Perdão, mas sua princesa é sim uma vadia. Uma puta. - Jimin pareceu fraco. - Mas uma puta profissional.

- Chega, por favor - Jimin pediu, quase desesperado.

- Ele é garoto de programa, Jungkook - o cara gargalhou e Jimin abaixou a cabeça, chorando alto. - Uma puta! Faz sexo por dinheiro!

- Eu sei - foi tudo o que eu disse e Jimin me olhou surpreso, apenas linhas de tristeza em seu rosto. - Sei que ele era garoto de programa.

- E aí? - o cara esperava alguma reação.

- E aí, o quê? - eu ri. - Solta ele.

- Garoto - oh, ele ficou tão irritado. - Vai ficar com um cara que vendia o próprio o corpo?

- Solta ele - repeti.

- Você não está entendendo - ele bateu o pé no chão. - Essa vadia - agarrou o cabelo de Jimin. - Essa vadiazinha já fodeu com todo tipo de homem, com adolescentes, com velhos, com caras casados, com drogados, com bandidos e até com padres e pastores!

- E o pior de todos esses caras foi provavelmente você, não é? - me aproximei rápido. - Eu mandei soltar ele, porra!

E acertei um chute alto em seu ombro, fazendo-o soltar Jimin, e então dei uma joelhada em seu estômago, um soco em seu queixo e ele caiu desacordado.

Acho que nunca fiquei com tanta raiva de alguém!

- Você está bem? - abracei Jimin com força e deitei sua cabeça em meu peito, ele se agarrou a minha camisa, soluçando contra minha pele. - Vamos sair daqui.

□ Jin, está tudo bem com a gente. Mas estamos indo embora... Eu ligo pra vocês amanhã. - JK







//ALL MY LADIES, PUT YOUR HANDS UP, SUNBOY TA CHEGANDO A 4k DE VOTOS! DANCINHA DO JUNGKOOK AQUI
EU AMO VOCÊS AAAAAAA

◆ segundo meus cálculos, aproximadamente 100 pessoas estão lendo sunboy, então eu peço com meu coração, de joelhos, juntando as mãos, que TODOS votem e se possível que TODOS deixem ao menos um comentário dizendo o que ta achando. comentar é daora gente, é uma das melhores coisas do wattpad, poder comentar em cada coisinha que quiser <333 eu deixo uma porrada de comentários nas fics que eu leio kkjkjkjk e amo receber comentários E VOTOS

!!!!mas tenho que falar de uma coisinha meio chata: semana que vem eu vou começar a postar dia sim e dia não. porque? porque assim eu consigo organizar melhor os capítulos E a fic não acaba tão rápido... serio, não quero me despedir de vocês tão cedo. vocês entendem né? ou querem que acabe logo? :(

VOTEM E COMENTEM!//

Sunboy {jikook}Leia esta história GRATUITAMENTE!