☀️97☀️

8.3K 1.4K 4.1K

Deem suporte a fanfic, votem e comentem. Boa leitura!

demorei, mas cheguei, pra infelicidade de muitos. próximo capítulo é o último, então, (de novo), fiquem firmes! vamos lá, comentem se puderem, eu amo ler os comentários... e perdão por todas as demoras. :(


ー É um casamento, Jungkook, não pode ir de qualquer jeito ー Jimin me dizia, na verdade, insistia nessa ideia.

ー Mas eu acho que tô ótimo ー respondi, me olhando no espelho mais uma vez. ー Esse all star é clássico, tenho ele desde os 16 anos, e ele foi do meu pai. Meu pai o usava com 16 anos.

Jimin se olhou no espelho, vestido em um conjunto de azul profundo, o cabelo impecável. ー Ah, não, Jungkook... eu não vou com você se for vestido assim.

ー Por Deus, Jimin ー reclamei. ー É o casamento do Jin e do NamJoon, e nem é oficial, é uma cerimônia só...

E ele me olhou, daquele jeito feio, que mesmo feio, não o deixava menos lindo. ー Nós nunca vamos a lugares bonitos, essa é a única oportunidade que eu tenho de me vestir bem.

ー Mas ninguém tá te proibindo de ir vestido assim, babe ー lhe disse.

ー Mas somos um casal ー cruzou os braços. ー Se formos vestidos assim, vai parecer que eu fui obrigado a levar meu irmão de 16 anos junto comigo.

Sem resposta, eu somente o olhei, tentando entender. ー Qual o problema, Jimin?

ー O problema, é que esse é provavelmente o único casamento em que vamos na vida, e você nem se esforça pra se arrumar ー me disse, e eu só pude coçar a nuca, ainda sem entender. ー Eu ia te perguntar se também se vestiria assim no nosso casamento... mas nós nem vamos nos casar, não é?

Oh, meu Deus.

ー É melhor eu me contentar apenas com o casamento dos seus amigos, e ainda ir com você vestido assim. Nem dá pra tirar uma foto bonita... ー e seguiu resmungando, enquanto andava pelo quarto, arrumando coisas que já estavam arrumadas.

Porra, é complicado lidar com ele, ah. Todo dia algo novo, todo dia um enigma, um problema que só existe na mente dele, mas eu preciso resolver. Sem escolhas, lhe disse: ー Eu vou me trocar.

ー Não dá mais tempo! ー me disse, e puta que pariu viu. ー E tanto faz também. Vamos.

Demorei, mas aprendi com o tempo que quando ele diz que "tanto faz", faz sim, faz muito, faz pra caralho. Mas de fato, agora já era tarde, e Jin disse que não podiamos nos atrasar de jeito nenhum. Então, preso num beco sem saída, peguei minhas coisas e o segui pela casa, até passarmos pela porta e descermos as escadas do prédio. Mesmo durante o tempo que esperamos o táxi, ele também não disse nada. Eu que não ia arriscar dizer nada, e ainda tomar no meu cu.

Mas quando entramos no carro, e ele partiu para o endereço dado, eu comecei a pensar comigo. Pensar sobre o porquê de ele estar tão estressado, e ter se irritado tanto com minhas roupas, digo, eu estava usando camisa de time de baseball, jeans e um all star pretinho. Como eu deveria ir á um casamento?

Arriscando olhá-lo, pelo cantinho dos olhos, eu falei meio baixo, quase na esperança de que ele nem ouvisse: ー Babe...

ー Hm? ー soltou, ainda com seus braços cruzados e cara fechada.

Meu Deus do céu, eu vou morrer. ー Tá tudo bem?

De repente, ele riu. Ele riu. E porra, eu até fiquei aliviado, antes de perceber que não era um tipo de risada boa. ー Tá tudo ótimo, Jungkook.

Sunboy {jikook}Leia esta história GRATUITAMENTE!