☀55☀

15.8K 2.5K 4.4K

Deem suporte à fanfic, votem e comente. Boa leitura!



Eu parei em frente ao tal bar que Yoongi indicou e esperei. Muita gente mal encarada passava por ali, e eu não estava nem um pouco confortável ou me sentindo seguro.

- O que eu estou fazendo aqui? - perguntei à mim mesmo, segurando minha mochila com mais força.

Eu só me meto em encrenca.

- Hey, bonitinho - vi uma mulher vir em minha direção. Ela usava uma plataforma altíssima, uma minisaia e uma blusa que parecia ser parte de uma lingerie. - Que tal uma rapidinha aqui perto? São só dezessete mil wons.

- Desculpa, eu sou gay - evitei encará-la.

- Eu tenho um dildo, posso te comer - ele sorriu e piscou. - Vamos lá.

- Usa o dildo em si mesma, flor - ouvi a voz e virei para ver quem era. Yoongi.

- Vai à merda, Suga - a mulher mostrou o dedo do meio e bateu em retirada.

- Suga? - olhei para ele.

- Ou Agust D. O que você preferir. - ele sorriu mas logo fechou a cara. - Vamos, gostosinho.

- E onde vamos exatamente? - comecei a segui-lo.

- Fazer justiça - ele me olhou de forma maligna.

- Não to entendendo um pouco - deixei claro, ele deu de ombros e nós viramos a rua.

- Você fugiu da escola, Jungkook? - perguntou e eu ignorei, por que não o compreendi.

- Você anda muito por aqui?

- As vezes - andamos mais um pouco e paramos em frente à um prédio/pulgueiro pequeno. - É aqui.

- E que porra vamos fazer? - perguntei e ele tirou a mochila das costas.

- Vamos dar férias à ele - Yoongi tirou um pé de cabra de dentro da mochila.

- Eita - olhei assustado para o objeto. - Tem certeza de que não pretende mesmo matá-lo?

- Ainda não - tirou também uma lata spray de tinta da bolsa. - Aquele ali é o carro dele.

Eu olhei para onde ele apontava, era um carro antigo, bastante amassado, com a lataria descascada.

- Destrói - me entregou o pé de cabra.

- E se ele aparecer? - eu não queria destruir nada.

- Ele não vai - Yoongi rolou os olhos. - Essas horas ele deve estar chapado de tanta droga no quarto dele.

- Como sabe? - desconfiei.

- Eu mandei uma amiga minha levar umas paradas pra ele - sorriu. - Vai logo. Eu não tenho a vida toda!

Eu poderia estar em casa assistindo minha EXID na televisão, mas estava ali, com uma barra de ferro na mão em um bairro perigoso.

- É pra hoje, karate kid - Yoongi me empurrou pra rua e eu a atravessei, indo em direção ao carro. - Mostra sua força, garota! Você é linda, forte e guerreira, ninguém pode de derrubar!

Dei o dedo do meio à Yoongi e cheguei no carro, olhei em volta para ver se não havia ninguém olhando, até tinha, mas não pareciam interessados, e acertei o vidro do carro. Não foi suficiente para quebrá-lo, ou rachar.

- Você só tem tamanho, gostosinho? - Yoongi gritou, sem paciência. - Seus braços são mesmo fortes ou essas veias são de tanto bater punheta?

Argh! Eu me irritei e acertei o vidro com força, fazendo o pé de cabra atravessá-lo, o arranquei dali e golpeei novamente o vidro.

Sunboy {jikook}Leia esta história GRATUITAMENTE!