☀49☀

13.2K 2.5K 1.6K

Deem suporte à fanfic, votem e comente. Boa leitura!

- Venha - o abracei de lado, praticamente sustentando todo o seu peso enquanto ele chorava, mais baixo agora.

Nós caminhamos em silêncio até uma lanchonete próxima dali, quase cheia de pessoas que deixavam a boate. Jimin foi ao banheiro, me olhando triste, e eu pedi dois sanduíches pra a gente no balcão. Me sentei em uma mesa perto da parede com janelas grandes, e esfreguei o rosto com minhas duas mãos, frustrado.

Droga. Que merda estava acontecendo?

Eu vi Jimin deixar o banheiro, o rosto vermelho, mas sem lágrimas, secando as mãos na própria calça, esfregando um pouco mais a mão direita... qual o cara o obrigou a usar para masturbá-lo.

Ele se sentou em minha frente, os ombros caídos e as cabeça baixa.

A garçonete veio ao nosso encontro, desviando de pessoas bêbadas pelo caminho e nos entregou os sanduíches com uma garrafa de refrigerante.

- O-obrigado - Jimin tocou desanimado em seu lanche.

- Deve estar com fome - eu disse e servi refrigerante para nós dois. - Eu estou.

Ele ameaçou morder o pão, mas voltou a choramingar.

- Jimin... - pedi.

- Desculpa - ele enxugou as lágrimas que desciam. - Desculpa por tudo.

- Desculpa por qual "tudo"? - o encarei. - O único que deve desculpas é aquele nojento lá no beco. - ele fungou e secou o rosto com um guardanapo. - Apenas coma.

E ele comeu, em silêncio, encolhido na cadeira, o olhar caído.

Naquele momento ele não me lembrava nem um pouco o sol, ele, aliás, era como uma representação humana de uma nuvem escura carregada de chuva, prestes a desabar.

Chuva e Jimin não combinavam.

Nós terminamos de comer,  deixamos a lanchonete, e começamos uma caminhada em direção ao ponto de ônibus, ainda em silêncio.

Nós nos sentamos no banco do ponto, Jimin longe de mim, ele em uma ponta e eu no meio. Me aproximei a encostei nossas coxas, minhas mãos pousando sobre as sua mãos unidas acima de seu colo.

Ele me olhou de baixo, o rostinho triste e sem cor. Eu beijei seus lábios, demoradamente, sem língua.

Sinceramente, o que Jimin fez no passado não me importa. Ele continua sendo um ser humano e continua merecendo respeito.

- Você disse que já sabia... - ele disse baixinho quando terminamos o beijo.

- Uma garota de cabelo rosa me contou na boate - disse no mesmo volume que ele. - Podia ter me contado antes.

- Jungkook - ele sorriu tristonho. - Damos aulas pra crianças... E bem, não é todo mundo que age normalmente ao saber que você era uma puta. Aliás... Quase ninguém leva isso numa boa.

Eu escutava tudo atentamente enquanto acariciava as costas de sua mão com meus dedos.

- Ele tem razão - Jimin abaixou o queixo. - Não deve ficar com alguém como eu. Você é um cara bacana, Jungkook... Devia se envolver com caras corretos, não com um ex-garoto de programa.

- Isso não me importa - levei minha mão livre ao seu cabelo louro, acariciando o couro cabeludo.

- Não importa mesmo? - me olhou intensamente. - Mesmo, mesmo? Jungkook, você ouviu... Eu já transei com todo tipo de gente.

- Eu não vou julgar nada que você tenha feito - beijei sua testa. - Não vou julgar uma história que não conheço, e mesmo que conhecesse... Não o faria. - beijei de novo. - Não sou melhor que ninguém para dizer o que é certo ou errado.

Ele em fim, me abraçou, afundando o rosto em meu pescoço.

Era tão boa a sensação de tê-lo próximo a mim, de ter suas mãos me tocando, que caramba, jamais aquela informação sobre ele me impediria de adorá-lo.

É, foi um choque, porque eu não esperava, mas eu não ia deixá-lo.

Mas sim, ele ter sido garoto de programa explicava bastante coisa, como toda a sua experiência, charme e encanto.

O ônibus chegou uns dez minutos depois e nós entramos, e nos sentamos no fundo, mesmo que estivesse vazio.

Ele voltou a se acomodar em mim, usando meu peito como travesseiro, uma perna sobre minhas coxas, eu mergulhei a nariz em seu cabelo e as pirei o cheiro bom.

Jimin era precioso demais para ser tratado tão mal.



//jungkook quer o precioso
voltei. quase meia noite, EU ESQUECI COMPLETAMENTE ????
Então... eu vou mesmo começar a postar dia sim e dia não, a partir de segunda. e não gente, a fic não esta acabando, ainda tem muita lenha pra queimar. eu só falei que se eu continuar postando todos os dias, a fic vai mais rápido. to certo ou to errado? não respondam.
Vamos falar de namjin, com jin agarrado no nam, na fotinha que bts postou hoje e de jikook na fotinha de ontem, jungkook com cara de safrado com jimin no colo... ta difícil pra quem shippa
enfim, VOTEM E COMENTEM MUITO MUITO!
pra quem vai no meu perfil ou aqui deixar mensagem fofa: vocês estão no meu coração, sério, paezinhos mais cheirosos que já vi na vida.
OBRIGADA
sem melhores comentários hoje, porque vai sair domingo
Ps: minhas notas são MUITO grandes//

Sunboy {jikook}Leia esta história GRATUITAMENTE!