☀40☀

15.4K 2.8K 5.4K

Deem suporte à fanfic, votem e comentem!

Jimin passou o dia todo com outro professor, me deixando sozinho nas mãos vorazes dos nanicos. Me despedi dos garotos e fui para o vestiário, estava molhado de suor. Aah, eu preciso da sua ajuda, Jimin!

- O Park é o melhor, cara - ouvi assim que entrei no vestiário, era um dos professores dizendo. - Nunca dei uma aula tão tranquila.

- Ele emana paz - outro professor suspirou.

- E é um gato - a faxineira disse enquanto trocava os sacos de lixo.

Oh. É mesmo?

- Parece que a filha do Jihyun tá de olho nele - o primeiro professor disse.

OH! É MESMO?

- Eu acho que ele namora - me intrometi. E talvez inventei uma mentirinha.

- Tá namorando mas não tá morto - o outro disse e eles começaram a rir.

- Traições acontecem todo dia - a faxineira disse. - Todo santo dia tem alguém virando corno.

Senti o impacto.

Os ignoro então, já que o papo está bastante irritante, e entro no box para me lavar.

- Hey, Park - ouço dizerem após alguém entrar no vestiário. - Estávamos falando de você agora mesmo.

- Coisas boas ou ruins? - ouço sua risada gostosa.

Jimin, venha aqui, enlace seu corpo ao meu e vamos fugir nus em um cavalo branco, para nos amarmos em um cama de folha de bananeira.

- Boas é claro - um dos professores disse. - Estávamos falando que a filha do Jihyun está interessada em você.

Grande bosta.

- Oh - Jimin riu simples. - E ela é bonita?

- Não! - gritei. - É feia como o cão! E fede!

Não era uma mentira.

- Porém, é filha do patrão - um deles disse. - Mas o Jungkook disse que você namora.

- Ah, ele disse? - ouvi Jimin dizer, um tom divertido na voz.

- Foi o que ele disse - afirmaram. - Bem, estamos indo. Até mais tarde.

Eu ouvi uns três passos diferentes deixando o vestiário e captei o ranger de um armário.

- Quem eu estou namorando? - Jimin perguntou e eu o avistei perto de meu box, de cueca e com uma toalha na mão.

- Ai - cocei minha nuca. - Era só pra evitar constrangimento pra você... Vai que eles inventam de te apresentar àquela garota?

- Era só isso? - ele se encosta no vidro, um sorrisinho vitorioso.

Ah, Jimin!

- Talvez eu não queira você com ela - assumi e ele abriu a porta do box. - Os outros chuveiros estão estragados?

- Nem testei - Jimin sorriu e entrou, ficando perto de mim. Eu senti o ar ficar mais pesado, droga, eu estava nu! - Quer que eu saia?

- Jimin - disse manhoso, e me encostei na parede fria, ele tirou a boxer e entrou debaixo da ducha.

A lateral de seu corpo encostou generosamente em mim, e eu senti sua bunda em minha virilha, em meu membro.

Dessa vez eu faleci.

Ele fechou os olhos e esfregou o couro cabeludo, seu corpo sendo bem iluminado pela lâmpada, eu pude estudar suas curvas tão bonitas.

Jimin é um pecado.

E eu sou um pecador.

- Porque você faz isso comigo? - agarrei sua cintura, o virei para mim, e uni nossos corpos. - Está me deixando doente.

- E tem cura? - ele passou os braços por meus ombros, seus dedos pousaram delicadamente em meu pescoço. - Uh, Jungkook?

- Acho que a única cura é ter você - disse com meus olhos quase fechados por conta da água, a sua pele gostosa em minhas mãos e nossos sexos se tocando lá em baixo.

Seus lábios inchadinhos tocaram os meus, com simplicidade, e desceram para o meu queixo, em seguida, para meu pescoço, onde começou a chupar minha pele sensível, sugando até arder, e repetiu o ato em vários pontos, até em minha clavícula, enquanto minhas mãos apertavam sua bunda com vontade.

- Porque está me marcando? - perguntei com minha voz fraca.

- Pra saberem - Jimin voltou a me beijar, seus dedos se infiltrando em meu cabelo, puxando. - Pra saberem que por pelo menos um momento, você foi meu. Só meu.

Eu quase me deixei levar, meu corpo inebriado enquanto ele me beijava e a água causava arrepios em nossas peles, mas eu acordei. Me espertei.

Jin, olha o que você está me obrigando a fazer!

- Vou continuar doente - interrompi os beijos e me afastei de Jimin, que me olhou confuso. - Não vou ser seu por só um momento.

Eu peguei minha toalha e deixei o box, com uma ereção muito dura no meio das pernas, prestes a chorar de tesão, eu me afastei.

Não, Jimin, não vou ser só uma foda no chuveiro. Jin tem razão.

//OMMA JIN OLHA O QUE VC FEZ
talvez eu não poste amanhã, talvez
COMENTEM FEITO LOUCOS!! E VOTEM!! AMO VOCÊS!!//

Sunboy {jikook}Leia esta história GRATUITAMENTE!