Noite

2.2K 213 18

Lucy on:

Natsu continuava a brincar com Plue e o imitava.Depois que tomei banho,chamei Natsu para fazer o mesmo.

-Lucy,eu não quero tomar banho...-Ele faz uma voz manhosa.

-Por que?-Pergunto.

-Quero dormir!-Ele fez uma pequena birra,imitando uma criança.

Respirei fundo,contando de 1 à 10.Eu mereço. Já são 04:00 da manhã. Preciso dormir,amanhã tenho que ir visitar meu pai no xadrez.

-Tabom,mas você vai dormir no sofá.-Digo indo em direção ao meu quarto.

-Não. Eu quero deitar na cama.-Ignorei seu pedido,levando um travesseiro e uma coberta para a sala.

-Vai dormir.-Mando.

-Não. Quero dormir na cama.-Ele diz convencido.

-Não!- Que saco..

Ele me olha e semi-serra os olhos.Quando dou conta do que estava acontecendo,ele sai correndo ,entra em meu quarto e se joga na cama.

-Natsu!-Grito e vou correndo atrás dele.

Já era tarde.Ele era pesado.Não conseguia tirá-lo da cama.Resolvi dormir na sala.

-Okay...Vou dormir na sala.-Estava com muito sono...

Ele ainda estava um pouco bêbado.

-Lucy.Dorme comigo?-Natsu vai até a sala e pede igual a uma criança

-Não.-Respondo.

-Por favor.-Ele implora.

-Por quê?-Pergunto.

-Porque tenho medo.- Ah...Que criança...

-Medo de quê?-Que raiva.

-De te perder.-Ele responde.

Congelei.Minhas bochechas coraram instantaneamente.Ele é muito fofo.Logo me derreti toda.

-Vou pensar...-

Saí do sofá e percebi que ele era bem desconfortável. Plue faz uma festinha quando me levantando. Retribuí fazendo carinho em sua barriga e dando um ossinho que comprei semana passada, para cães.
Faço um chá e bebo rapidamente.Volto para o quarto e vejo que ele estava lá ainda acordado.

-Por que ainda não dormiu?-Pergunto me encostando na borda da porta.

-Estou te esperando.-Ele diz todo sorridente.

-Eu vou dormir na sala.-Corto o seu barato.

-Não vai.-Ele sorri.

-E como você vai me deter?-Por que fiz essa pergunta?;-;

Ele sorri e pula da cama,me deixando sem reação.

-Apenas sair da cama?O que isso vai adiantar?-Provoco.

Ele sorri mais uma vez e vem correndo em minha direção. Quando me viro para correr,já era tarde.Ele me agarra e me faz cócegas. Começo a rir,sem nenhum controle sobre meu corpo.Ele continua fazendo cócegas em minha barriga e me derruba na cama.Tento sair mas não consigo,ele é muito forte.Ele acaba por ficar em cima de mim (͡° ͜ʖ ͡°),me prendendo com suas pernas e segurando os meus pulsos para cima.Estava rendida.

-E aí? Eu falei que ía te pôr na cama.-Ele diz todo orgulhoso.

Viro me rosto de lado,não queria encará-lo.Ele percebendo minha raiva por ser contrariada,me solta e deita ao meu lado.

Meu rosado - Fairy TailLeia esta história GRATUITAMENTE!