Plue?!

2.9K 262 27

A aula já estava terminando e nada daqueles dois.Acho que eles foram suspensos.Iiiihh...Finalmente o sinal toca,guardo minhas coisas e vou em direção à secretaria.Quando chego lá vejo um rosado.Sabia.Entrei e perguntei o que ele fazia alí.Ele não me respondeu,apenas continuou fuchicando nas fichas escolares dos alunos.Chego por trás dele e piso em seu pé.Ele sai pulando igual a o Saci e diz que tá doendo como uma criancinha.Começo a rir da sua situação. Pergunto mais uma vez à ele o que faz alí. Ele olha para os lados e cochicha em meu ouvido:
-Estou procurando a ficha da Lisanna.- Olho para ele sem entender nada e ele faz um sinal avisando que me explica tudo depois.

Quando ele finalmente acha grita -EURECA!- Olho para ele como se ele fosse um monte de lixo.

Ao ver minha cara ela retribui mandando um beijinho.Mereço. Ele começa a ler e quando termina faz uma cara meio triste.Pergunto o que houve,ele resolve me explicar tudo logo:

-Bom,é que hoje,quando eu estava na enfermaria,umas moças comentaram sobre uma aluna que faltou no primeiro dia de aula,que era no caso a Lisanna.Aí percebi que ela mentiu para mim.Ela não está fazendo intercâmbio nenhum,só fez aquilo para que eu não à procurasse mais.Nossa essa mina é mó estranha.E é por isso que falta ainda um aluno em nossa sala.E se ela voltar, ficará conosco.-

Finaliza ele com a mão no rosto tampando os olhos.Pergunto o porquê de tanto desespero.Ele só diz que está magoado por ela ter mentido para ele.Suspiro e o abraço por trás. Ele tira meus braços que estavam envolta dele e vira,me dando um longo e apertado abraço. Sorrimos um para o outro e saímos do colégio.Só aí me toco,o que ele e o Gray estavam fazendo fora da sala nos últimos tempos?Quando fui perguntar, um cachorrinho branco vem correndo em nossa direção e pula em cima de mim.Caio sentada com ele em cima de mim me lambendo, todo feliz.O Natsu me olha com uma cara de leso e só depois me ajuda a levantar.Começo a brincar com o cachorrinho e procuro seu dono com os olhos.Não vejo ninguém por perto,e pelo que vi,o mesmo estava sem coleira. Faço uma cara tristonha e olho para o Natsu que estava "olhando para ontem".Dou uma cotovelada em sua barriga fazendo o mesmo acordar e digo que quero levar esse cãozinho para minha casa.Ele estranha mas logo concorda.Fomos direto à minha casa,ela não era muito grande nem muito pequena,tinha 1 quarto,1 sala,1 cozinha e 1 banheiro.Meu quarto era espaçoso e toda a mobília era branca ou de madeira.Deixei as chaves em minha escrivaninha e forrei meu quarto com jornal para que ele dormisse comigo essa noite.Peço a Natsu que me ajude a deixar tudo organizado.Quando terminamos,decido fazer um jantar.Eu e o Natsu começamos a cozinhar,fazendo uma bela guerra de comida.Nos divertimos muito e quando menos esperávamos o cãozinho veio e começou a lamber tudo.Hahaha.Preciso dar um nome à ele.Fiquei um tempinho pensando e o Natsu logo estranhou.

-O que tanto pensa!? Eu acho que você deveria dar um nome a ele!Eu gosto de Plue!O que acha!?- Digo à ele que achei esse nome ridículo e que ainda estou pensando.

Depois de jantarmos,arrumamos tudo e me despedi do Natsu.Quando ele foi embora,tomei um longo banho e fui em direção ao meu quarto.O Plue já estava dormindo.Pera.Plue!?Ah não! Esse nome é estranho!Mas é bonitinho ao mesmo tempo.Quer saber?Vou chamar ele de Plue!Grande Natsu,dessa vez você venceu!

Meu rosado - Fairy TailLeia esta história GRATUITAMENTE!