Rival no Amor

1.6K 145 40

Natsu on:

Hoje eu estava feliz. Mais do que o normal.E tinha uma explicativa, Lucy iria voltar hoje para o colégio depois de mais um menos 1 mês de repouso. Acordei mais cedo que o normal,eu estava super animado e ansioso para vê-la.Dei um grande salto da minha cama indo direto para o banheiro para tomar um banho rápido. Fiz minha higiene matinal e quando saio do banheiro,ouço o meu celular tocar.Não atendo,porém ele toca mais 3 vezes em seguida.A curiosidade já estava me consumindo quando finalmente decidi ver quem era.Hum.Era Gray.Que raro ele me ligar esse horário, afinal,ele sempre acorda mais tarde que eu, e por isso se atrasa constantemente,apesar de morar mais perto da escola.Vejo que ele também me mandou mensagens avisando que quer muito falar comigo no colégio. Que doido.Nem respondo, finjo que não vi e continuo fazendo as minhas coisas.Vou para a cozinha,e diferente da Lucy,eu não sei cozinhar.No máximo um miojo e um ovo frito.E graças à isso,sempre compro tudo instantâneo, já semi-pronto.Vou na geladeira e pego uma caixa de leite,depois vou no armário e pego o meu cereal predileto que como desde criança. Até hoje,a coisa que mais gosto nele são os brindes.Sim,eu coleciono esses brinquedinhos.Pego depois uma tigela e colo o leite e o cereal nela. Misturo tudo.Tem gente que prefere o leite por baixo e o cereal por cima,eu não, gosto de tudo misturado. Levo a tigela até a sala e ligo em uma canal de esportes.Não sou muito fã, mas tem algumas coisas que me interessam.Happy rapidamente se senta ao meu lado e fica me encarando com aquele olhar pidão,deve estar com fome.Esse gato come basicamente de tudo.Fico jogando no chão algumas bolinhas de cereal para ele,que primeiro as lambe para depois comê-las.Desligo a TV e termino de comer rapidamente o meu cereal.Depois que termino,vou tentar achar o meu uniforme.Sim,achar.Por que na muvuca dessa casa eu não acho nada.Acho a minha calça, os meus tênis,o meu casaco e a minha gravata.Agora,cadê a minha blusa!?!Reviro tudo dentro de casa,e quando vou ver,Happy estava deitado em cima dela.

-HAPPY!-Dou um berro, fazendo ele sair varado de cima dela.

Não acredito!Minha blusa está cheia de pelo e as outras estão lavando ;-;.Aff.Dane-se.Vou assim mesmo.Me visto e pego a minha mochila,levando a blusa em minha mão .Durante o percurso,vou batendo a blusa para sair o excesso de pelo.E infelizmente encontro com um grupo de meninas pelo caminho.Elas ficam todas assanhadas e eu finjo que estou dando alguma confiança, quando na verdade elas não têm a menor chance.Depois que passo por elas,visto a blusa rapidamente e discretamente. Ouço uma delas gritar:

-Me liga!- Apontando para a minha mochila que tinha um papel preso com seu número.

Tiro o papel rapidamente para que Lucy não visse quando chegasse à escola.

Vou fazendo o meu percurso normal e quando chego na escola,todos me encaram.Me sinto estranho e me pergunto se tem algo a ver com aquelas meninas.Vou caminhando em direção ao Gray quando percebo que ele foge de mim.O que está acontecendo?Dou um empurrão nele de brincadeira.

-Hey,cara.O que houve?-Ele me olha um pouco assustado. -Gray?-

-Eu tenho que te falar uma coisa.- Ele estava sério e bem sinistro.Acho que ele não está bêbado.

-Ah...Okay.-Sigo ele por toda escola,parando na biblioteca atrás de algumas estantes de livros.QUEM CONVERSA NA BIBLIOTECA!?É IMPOSSÍVEL.-Fala logo,Gray.- Começo a ficar um pouco irritado.

-É... Por onde eu começo? Bom,eu sei que você e a Lucy se pegam.-

-E?-

-Cara,eu afim da Lucy.- Depois dessas palavras eu me desesperei.

-COMO ASSIM!?- Seguro sua camisa pela gola.

-Calma,Natsu!O que eu posso fazer?- Ele me empurra.

-E a Juvia!?Ela não estava dando em cima de você!?-Eu grito o máximo que posso, chamando a atenção de todos dentro da biblioteca.

-Estava! Mas eu não quero ela!-Ele diz sério.

-Seu idiota!- Empurro ele,que me devolve com um outro empurrão, me fazendo bater em uma estante de livros.Depois disso,me joguei em sua direção lhe dando um soco no meio do queixo.

-PAREEEM!Venham comigo agora!-PUTZ.Era a inspetora que cuidava da biblioteca.Ferrou.

Ela nos leva à coordenação,onde Gray se salva como a vítima e vai para a enfermaria e eu levo suspensão de 3 dias.Que legal.Acabo levando uma grande bronca do diretor e vejo Lucy acenando para mim.No momento eu não estava muito bem e acabei ignorando ela.Sei que ela não tem culpa.Mas...Hoje não quero falar com ela.

Lucy on:

Eu ainda tentava assimilar tudo aquilo na minha cabeça. Será esse o motivo de Natsu ser grosso comigo? Tem algo a ver com sua presença na coordenação? Minhas perguntas foram respondidas em um curto tempo.Logo,todos do Ensino Médio receberam uma foto de Natsu e Gray brigando e com uma legenda dizendo que eu era a culpada de tudo isso.O que eu fiz!?! Me tranco no banheiro e converso com Levy por mensagem,que avisa estar chegando. Logo ela entra e vai correndo até a porta da minha cabine.

-Hey,Lu...Quer conversar?-Ela parecia tão preocupada comigo que acabei não resistindo e abri a porta.-Eu não sei o que te dizer...-Ela logo me abraça apertado,me soltando em seguida.

-Não precisa dizer nada.Na verdade,nem eu mesma entendi.-

-Vamos para a sala. vai bater o sinal.-Ela me arrasta praticamente até a sala.E o pior é que os dois (Natsu e Gray) são da minha sala.Que ódio.

Quando chegamos lá, vejo Gray envolvido por várias pessoas.E acabo descobrindo o motivo.Ele estava com o maxilar inchado e roxo.Isso com certeza foi o Natsu.Passo por ele reto,fingindo que nem o vi.Mas ele deixa?Não, claro que não.

-Lucy!Preciso conversar com você!-Ele se levanta e vem em minha direção.Aff.

-Hum?-Olho meio sem paciência para ele.

-Desculpe...-Ele fica meio cabisbaixo.

-Olha,hoje eu não quero conversar. Talvez outro dia.- Acabo me saindo um pouco grossa com ele.Espero que ele não leve muito para o lado pessoal. Ele fica lá plantado e eu caminho até a minha mesa e lá vejo a última pessoa,sem ser o Gray ,que eu queria ver.

-Rival.-Juvia me olha com os olhos vermelhos ,praticamente, de tanta raiva.

-Hum!?Eu!?Como assim!?Eu nem estou com Gray!- Confesso que tive medo dela.Ela parecia um monstro.

Ela simplesmente se taca em cima de mim,dando vários tapas e arranhões. A única coisa que faço é me defender.Porém, assim que posso,pucho o seu cabelo o mais forte possível até o chão.Vamos ver se ela gosta.Ela dá um pequeno gritinho e me belisca,me fazendo sangrar.Sinto um pouco de dor e tento revidar, dando-lhe um chute no meio de seu estômago. Ela para e parece se sentir meio mal.Logo vejo ela botando a mão na boca e saindo correndo da sala.Provavelmente vai vomitar.

Nesse momento,o professor entra.Estou muito ferrada.

Meu rosado - Fairy TailLeia esta história GRATUITAMENTE!