Detalhes

1.8K 192 7

Natsu on:

Não acredito que a Lucy veio me falar mais uma vez da Lissana.Que merda!Ela podia falar sobre qualquer coisa menos isso.Por que me lembrar da Lissana?Estávamos em um momento em que eu nem lembrava que a Lissana existia,mas a Lucy não satisfeita,me lembrou dela novamente.

-Desculpe,Natsu.Mas...Por que tanto ódio dela?- Lucy parecia preocupada.

-Eu não tenho ódio dela.Ela é legal.Só não queria falar dela agora.Esse era um momento nosso.Por que ficar falando das minhas ex-namoradas?-Falei demais.

-Como assim?Natsu,que problema tem?Eu não sou sua namorada!Isso não é um encontro!Não tem razão para você estar com raiva!-Ela ficou irritada.

-Ok.-Suspiro pesadamente.-É que eu queria que hoje fosse um dia especial para você...-

Ela não respondeu nada.Só ficava olhando para o lado contrário do meu.Tento amenizar o clima:

-Lucy...Por que?Por que você quer saber tanto dela?- Pergunto calmamente.

-Não teve aquela comemoração que fizemos para o Jellal?Eu tinha ido ao banheiro e pensei ter visto seu reflexo no espelho...Mas quando virei para vê-la,ela não estava mais lá.-Ela falava baixo.

-Você pode ter imaginado.A Lissana é uma pessoa boa.Ela não faria mal à você.Ela só é muito ciumenta.Conversamos depois daquele dia em que terminamos pelo telefone.Ela não tinha me traído, ela falou aquilo pois achava que eu tinha a traído com você.Então para não ficar por baixo ela disse isso.Mas ainda somos amigos.-Nossa,depois de falar isso senti um imenso alívio.

-Então...Por que não quer falar dela?-Ela me encara.

-Não sei...Acho que ela me lembra à muitas coisas que eu não quero relembrar.-Digo olhando para baixo.

-Ah...Desculpe.E desculpa também por ter estragado o seu namoro...-Ela diz cabisbaixa.

-Não foi sua culpa,ela deveria confiar em mim.Fora que já não estava mais dando certo...-Eu não culpava ela nem um pouco,sei que não era essa a sua intenção.

-Hum...Ok...Natsu,quem são seus pais?-Não acredito que ela perguntou isso.Eu fiquei paralisado.Isso foi como um golpe em meu coração.

-Minha mãe me abandonou com meu pai quando nasci.Nunca soube o motivo...Meu pai sumiu quando fiz 7 anos.Mas um moço que era seu amigo percebeu e cuidou de mim.Sabe quem era?O diretor Makarov.Ele é como um segundo pai para mim.Também não sei o motivo do desaparecimento de meu pai...-Respondo.

-Oh...Desculpe perguntar... Percebi que não queria entrar no assunto...Mas como conseguiu sua casa e seu carro sem o dinheiro dos pais e sem trabalho?-Lucy é muito curiosa.

-Eu ganhei a casa de presente do Makarov.O resto fui conquistando aos poucos.Eu trabalhei como aprendiz ano passado.-Respondi orgulhoso.

-Por que saiu de seu trabalho?-Ela diz segurando a minha mão.

-Bom eu estava de férias.Aí você chegou e eu fui economizando para sair do trabalho e procurar outro emprego com você.- Tento não olhar para seus olhos.

-Hum...Então está combinado!Mas amanhã não dá! Precisamos de um dia inteiro.Que tal Sábado?Não... Sábado tem prova...E amanhã também!Eu não acredito !Não estudei nada!-Lucy estava aflita.

-Calma,a prova é só nos últimos tempos,falte aos primeiros tempos para estudar.Tem uma sala de estudo na escola.Se você for para lá, não irá levar falta e poderá fazer a prova.- Ela suspira aliviada.

-Uufaaa.Obrigada Natsu.-Ela sorri.Um belo sorriso.Fico meio envergonhado.

-Nada!-Sorrio de volta.

Continuamos conversamos até às 23:00 da noite,quando resolvemos voltar para casa.Lucy queria dormir com sua mãe mas Plue estava atrapalhando.Falei com ela que poderíamos ir para a casa dela e buscar o Plue e depois voltar para a casa de sua mãe.Ela concordou.Um silêncio constrangedor tomava conta da viagem.Percebo que ela não está querendo conversar.Chegamos em sua casa.Espero no carro enquanto ela entra.Ela demora um pouco mas logo volta com Plue na coleira e uma mala.Deve estar levando algumas coisas à mais.Ela abre a porta de trás do carro e joga sua mala lá. Depois abre a porta da frente com Plue e se senta com o bicho em seu colo.Plue faz uma festa quando me vê. Retribui fazendo cócegas em sua barriguinha.Logo vamos em direção à casa de sua mãe. Não demora muito para chegarmos.Plue pula pela janela do carro e corre em direção à porta da casa da mãe da Lucy.Começo a rir do desespero da Lucy.Ela abre a porta e deixa Plue entrar.Depois volta e vem se despedir de mim.Saio do carro e ela me abraça.Dei um beijo em sua testa e retribui o abraço.Ela tem o cabelo cheiroso e macio.Sua pele é branca e sedosa.Ela é linda.Fora seu corpo que chama a atenção se todos.Ela é perfeita.Quebramos o abraço.

-Tchau!-Falo e aceno logo depois.

-Tchau!E...Amanhã,venha estudar comigo!?Não quero ficar sozinha na sala de estudos!Ok?Me encontre lá!-

-Ok!-Respondo.

Ela entra.Fico um tempo parado em pé apenas olhando para a porta.Já sinto saudades.Entro em meu carro e vou finalmente para casa...

Postei mais um cap para deixar vcs felizes e para avisar que não irei postar tão cedo pois além de eu ter provas,estou de castigo (ToT)
Espero que gostem!!! XD E obg a todos os comentários e curtidas!!!!Estou adorando postar!!!

Meu rosado - Fairy TailLeia esta história GRATUITAMENTE!