Sorte Minha Te Encontrar

5.3K 337 213

Depois de termos passado um bom tempo jogando,Natsu resolveu ir dar uma olhada na janela para ver se a chuva já tinha parado.Quando ele voltou,fez um biquinho triste dizendo que já tinha parado.

-Por que essa carinha triste?-perguntei.

Ele me respondeu meio envergonhado dizendo:

-Ah,é que eu gostei de você e geralmente fico só, pois moro sozinho.-

Eu dei um sorriso amarelo e disse que poderíamos conversar por celular e nos encontrar para que eu pudesse entregar suas roupas.Passei meu número para ele e disse que já estava indo.Peguei minha sacola com as roupas e calcei meus chinelos.Abri a porta e disse um "Adeus" meio tristonho.Quando eu já estava com um pé para fora senti uma mão puxando meu braço.Me virei para ver o que se passava e vi que ele tinha me puxado e estava com chaves de carro na mão.Ele me deu um sorriso sapeca e disse que me levaria até minha casa.Olhei para ele com um sorriso e aceitei.Fomos até sua garagem,onde encontramos seu carro.O carro era vermelho cujo marca não sabia qual era.Não sei muito sobre carros...Ele destravou as portas com a chave e pediu para que eu entrasse,fiz o que ele pediu,mas quando eu ía fechar a porta ele segura minha mão e diz:

-Nananão,os cavalheiros que fecham as portas para as suas damas!-

Olhei meio séria para ele,que piscou para mim dando um sorriso torto.Acabou que eu fechei a porta e logo depois nos pomos a caminho.Chegamos muito rápido, afinal não era tão longe.Toquei a campainha e esperei minha mãe abrir a porta.Enquanto esperávamos, um silêncio constrangedor tomou conta, fazendo com que ele ficasse embaraçado. Finalmente minha mãe abre a porta.Fazendo isso,ela logo faz uma cara de surpresa ao ver ele.Os dois se cumprimentam e começam a falar sobre mim.Revirei os olhos.O Natsu percebeu e acabou por tentar por um fim na conversa se despedindo de nós duas.Quando ele vira a esquina,minha mãe me cutuca me olhando meio perversa.Bufo com sua expressão mas não deixo de dar um sorriso bobo.Entramos em casa e explico à ela tudo que tinha acontecido. No final da explicação ela me olha meio cansada dizendo para que eu no mínimo mandasse uma mensagem à ele dizendo que estava bem.Não concordei de primeira,mas logo fiz o que ela mandou.Depois da nossa conversa ela me encara por um tempo,logo pergunto:

-Que foi!?Tem algo no meu rosto?-faço uma expressão debochada.

-Hm...Tem certeza de que não se interessou nem um pouquinho por aquele rapaz?-Ela me pergunta levantando uma das suas sombrancelhas.

-Mãe,para.Não viaja!Eu conheci ele hoje!Você me conhece, não sou assim tão fácil...-Respondo estressada,indo direto para o meu quarto.

Quando chego lá, deito em minha cama e só aí percebo que eu ainda estava com as roupas dele.O cheiro dele ainda estava nelas,um cheiro doce que me fez rapidamente adormecer com um sorriso.Quando acordei já se passava das 22:00 horas.Nossa,dormi bastante. Fui logo tomar um banho para despertar.Botei minha camisola e deixei as roupas dele guardadas no meu armário. Eu ainda estava com sono.Fui olhar meu celular e vi que meu pai já havia respondido. Bufei.Nossa,que ódio.Comecei a ler o que estava escrito:

Ele:Oh,finalmente me mandou uma sms!A queridinha da mamãe não precisa mais voltar na minha casa!Agora vc vai se virar!

Ele escreveu apenas isso.Senti minhas bochechas úmidas e meus olhos arderem.Ele não tem pegado leve.Desligue o celular e deixei que as lágrimas rolassem.Acabei perdendo o sono e não consegui dormir.Me sentia vazia.Fui até o meu armário e peguei o casaco do Natsu.Me agarrei à ele,e logo adormeci...

Acordei com o Sol batendo em meu rosto.Levantei com uma certa disposição e botei uma roupa qualquer.Fui direto à cozinha e para a minha sorte minha mãe já estava acordada.Ela preparou a mesa do café toda sozinha.Me senti meio inútil,mas ignorei esse sentimento.Comi as panquecas que ela preparou com bastante mel. Adoro suas panquecas. E bebi um suco de melancia.Não tem nada a ver,mas eu só queria comer algo.Agradeci e como pagamento lavei a louça. Depois de terminar minha tarefa,tomei um banho e me arrumei para sair.Eu vou fazer as compras do meu material escolar,afinal faltavam apenas 2 semanas para as aulas começarem.Adoro estudar e por isso estava muito ansiosa para começar.Estou no último ano escolar finalmente.Estou adiantada 1 ano e por isso com 16 já vou me formar.Estou louca para receber meu diploma.Amo história e coisas antigas,não sei se isso vai me ajudar em algo na hora da escolha do emprego.Chamei minha mãe para ir comigo e rapidamente ela se aprontou.Fomos no carro dela.Almoçamos na rua.Essas compras duraram quase a tarde inteira.Nossa,foi muito cansativo.Quando chegamos em casa,caímos no sofá,e ficamos lá vendo filmes até a hora da janta.Depois do jantar,cada uma foi para o seu quarto.Dei uma checada em meu celular e vi que alguém tinha me mandado uma mensagem.Fui ver quem era e tive uma surpresa.Era aquele que eu mais queria ver no momento...

Meu rosado - Fairy TailLeia esta história GRATUITAMENTE!